Família > Crescer > Desenvolvimento

Dicas para estimular Amor e Limites

Dicas estimular Amor Limites

A passagem de carinho e afeto para os mais pequenos é fundamental para o seu crescimento, saiba como promover o amor e de que forma deverá impor alguns limites. 

Sandra Pinho e Rita Soares, Psicólogas do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (CADIn) sugerem 10 dicas para estimular o amor e 10 dicas para estimular os limites.

Não percam a Conferência e workshops no dia 7 de fevereiro em Cascais CRESCER NA FAMÍLIA.

 

10 dicas para estimular o amor

  • Reserve pelo menos 10 minutos por dia para ouvir o seu filho, sem estar a fazer outras coisas.

  • Acompanhe uma iniciativa espontâneo do seu filho para brincar.

  • Mostre frequentemente ao seu filho que o ama incondicionalmente.

  • Respeite um limite sugerido pelo seu filho e que reconheça como importante para ele.

  • Esteja presente nas ocasiões especiais na vida do seu filho.

  • Valorize e elogie as qualidades do seu filho, aquilo que ele tem de melhor.

  • Planeie um momento especial com o seu filho, só para os dois. Se tiver mais do que um filho, assegure-se de que cada um tem o seu momento especial.

  • Retribua as manifestações de carinho do seu filho.

  • Conte ao seu filho histórias da infância dele. Recorde-o dos momentos especiais que ele lhe proporcionou.

  • Mostre ao seu filho de que maneira gosta de ser confortado(a) e ajude-o a conhecer-se melhor também

 

10 dicas para estimular os limites

  • Mantenha desde cedo rotinas de alimentação, higiene e sono.

  • Não dê ao seu filho tudo o que pede, mesmo que economicamente não seja um problema.

  • Diga “não” de forma positiva.

  • Repita um não quantas vezes for necessário.

  • Contribua para a assiduidade e pontualidade do seu filho na escola.

  • Seja consistente nas regras que estabelece. Não as faça depender do seu humor.

  • As regras devem ser as mesmas na casa da mãe, do pai, da tia ou dos avós.

  • Atribua responsabilidades ao seu filho nas tarefas domésticas .

  • Diga claramente ao seu filho o que é esperado dele em cada situação.

  • Felicite o seu filho quando corresponde às expetativas. Ajude-o a compreender quando erra e dê-lhe soluções alternativas.

 

 

Fonte: Cadin