Família > Crescer > Desenvolvimento

Como evitar que o banho se torne uma batalha em casa?

Como evitar banho se torne uma batalha casa?

Como evitar que o banho se torne uma batalha em casa? E que fazer do banho um momento divertido?

Muitas crianças à medida que vão crescendo, vão exibindo algumas resistências à hora do banho. Sentindo que já cuidam do seu corpo sozinhos, saboreiam o poder da autonomia contrariando a “autoridade”.

Assim, é importante começar por explicar que a falta de banho é na realidade um problema que lhe causará mal a ele mesmo – quando andamos na rua o nosso corpo sua e suja-se, pelo que é conveniente tomar banho para lavar bactérias e germes, evitar doenças e ficarmos perfumados! Para além do mais, o banho deixa-nos mais relaxados e ajuda-nos a dormir melhor.

No outro dia vi um relógio feito por um pai, verdadeiramente interessante e estimulante na regulação horária das tarefas das crianças. Uma ideia tão simples como a colocação de desenhos de tarefas no local das horas, pelo que ao invés de se regularem por números, as crianças sabiam o que tinha de fazer em cada intervalo de tempo. E para enraizar o hábito de tomar banho.. faça com que a criança se lave sempre (quanto possível) às mesmas horas. Algumas rotinas podem tornar-se verdadeiramente milagrosas!

Faça também da hora do banho um momento divertido… coloque as músicas preferidas do seu filho na casa de banho, permita que ele leve brinquedos e conte histórias engraçadas. Muitas vezes, as crianças só não gostam mesmo de ficar sozinhas depois de terem estado a brincar ou simplesmente na companhia do resto da família. Outras vezes a hora do banho colide com uma actividade animada (como estar a ver os seus desenhos animados preferidos, ou no meio de jogo com os irmãos), pelo que é dificil para uma criança abandonar facilmente a sua tarefa e ir pacificamente para o banho. Tenha um bocadinho de paciência, espere e avise-a com antecedência que dentro de X tempo chega a hora do banho.

Quando o seu filho não quiser tomar banho recorra a histórias e brincadeiras, porque as crianças só farão o que não querem se forem persuadidas..

Seja também o exemplo do seu filho e sempre que sair do  banho, mostre-se feliz, aliviada e animada. Exibirmos a nossa boa disposição ao tomar banho estimula também a vontade nos nossos mais pequenos aprendizes.

 

Vera Lisa Barroso

Psicóloga Clínica da área MindKiddo, área infanto-juvenil e familiar da Oficina de Psicologia