Família > Crescer > Desenvolvimento

10 ideias para passar tempo de qualidade com as crianças

10 ideias para passar tempo de qualidade com os seus filhos

Confira as nossas ideias para rentabilizar minutos com abobrinhas de todas as idades.

É natural termos a vida preenchida pelas responsabilidades de todos os dias. É natural que, nessa luta diária por mudarmos o mundo, passemos menos tempo do que pretendemos com os nossos filhos. É natural ter vontade de passar mais tempo (de qualidade!) com eles. Também é natural, por isso, que, se o fizermos, a pilha da louça se acumule e a casa não esteja impecavelmente limpa. É natural nem sempre sabermos ou conseguirmos equilibrar a responsabilidade e o lazer. Não faz mal. Confira as nossas ideias para rentabilizar minutos com as abobrinhas.

1. Dia da Família.

passar-tempo-filhos-1

Esqueçam os telemóveis, a roupa na tulha, os TPC’s: chegou o dia dos abraços, das gargalhadas e da vossa comida favorita! Instituam o Dia da Família na vossa rotina semanal, e criem as vossas próprias regras! O Dia da Família pode ser realmente um dia inteiro – o Sábado, por exemplo, aproveitado na praia ou a fazer uma atividade divertida para todos – ou algumas horas no final de 4ª feira. O importante é que exista o compromisso comum de, durante esse tempo, se dedicarem a aproveitar simplesmente a companhia uns dos outros.

2. O carro como ponte.

As deslocações pressupõem tempos mortos. Entre a escola e o futebol apanham trânsito e ficam frustrados, a caminho das aulas estão ainda cheios de sono, e as viagens passam-se em silêncio? Nada mais errado! Aproveitem estes minutos preciosos em que estão na companhia uns dos outros para conversar, saber do dia uns dos outros, cantar em conjunto. Há muitas memórias a criar, e as mais marcantes são aquelas que nasceram de momentos simples, do dia-a-dia, nas quais a felicidade e cumplicidade viram rotina.

3. Tem um bebé?

passar-tempo-filhos-2

A praticidade é muito importante, principalmente quando existe um bebé em casa, que exige toda a nossa atenção e grande parte do tempo que (não) temos. Com organização e alguma flexibilidade é possível encontrar mais espaço para poder brincar com a sua abobrinha. Pequenas mudanças, grandes resultados, um exemplo prático: se poupar no tempo de preparação de uma das refeições do bebé, terá 20 minutos extra de abraços e colinho para lhe dedicar.

Cada brinquedo, volta ou passeio é o impulso para um mundo de descobertas e novos estímulos.

4. It’s a date!

Cumpre religiosamente os seus deadlines laborais, não falta a uma reunião, é pontual nos horários das aulas no ginásio? Ótimo! Não se esqueça contudo do compromisso mais importante que assumiu na vida: o da parentalidade. Encontre espaço na agenda para um encontro semanal com cada um dos seus filhos – um tempo só para vocês, onde pode conhecer melhor a sua criança. Para ser perfeito, deixe nas mãos da criança a escolha do programa. Às vezes pode ser simplesmente verem televisão juntos, mas de certeza que lhe parecerá impossível existir um programa melhor.

5. Faça do tempo que já partilham um tempo melhor partilhado.

passar-tempo-filhos

Pense bem: de certeza que passa mais tempo do que imagina com os seus filhos. Jantam todos os dias juntos, não é? Vocês como família e também o apresentador do telejornal, provavelmente. Nada contra o pivot, mas mantenha-o mudo por alguns minutos. Com certeza já teve oportunidade de ouvir todas as notícias durante o dia. Ainda que este não seja o caso, dispense-as enquanto saboreia uma refeição na companhia dos seus filhos. Faça perguntas genuinamente interessadas (e interessantes!) sobre o dia deles. Já sabe que se lhes perguntar “como é que correu a escola?”, esta “correu (sempre) bem”. Vá além.

6. Pequenas viagens também são viagens.

Tem que ir ao supermercado? Vai buscar flores? Esqueceu-se de comprar a prenda de aniversário do coleguinha do seu filho? Pode envolver a criança em todos estes programas. Acredite, não lhe vai importar se são muito ou pouco divertidos. Estar consigo já fará o “passeio” valer a pena. Peça-lhe opinião, deixe-o empurrar o carrinho, atribua-lhe responsabilidade.

7. Brinque.

passar-tempo-crianças

Tente, seriamente! Crie espaço na sua agenda para entrar no mundo dos seus filhos! Aproxime-se deles e veja-os brincar sozinhos. Depois, peça-lhes para brincar também. Coloque-se ao nível deles, deixe que lhe digam o que fazer, conheça de cor os nomes dos seus personagens favoritos e descubra quais as brincadeiras de que mais gosta. Ah, e leia-lhes umas páginas todas as noites, antes de dormir. Crie um momento exclusivo e só vosso, para embalar as abobrinhas antes do sono chegar.

8. Envolva-os nas tarefas.

Quando eles já são mais crescidos, não vai precisar de escolher entre aspirar e dedicar tempo às suas abobrinhas, faça ambas! É provável que precise de aspirar uma segunda vez a seguir, mas será extremamente divertido envolver as crianças nas tarefas diárias. Podem preparar juntos o jantar, as lancheiras do dia seguinte, escolher a roupa da escola (liberdade criativa!)… façam de cada tarefa do dia-a-dia mais um momento partilhado em harmonia.

9. Atividades culturais.

passar-tempo-filhos

Estão sempre a acontecer atividades giríssimas para famílias! Consulte a nossa agenda e fique a par dos planos mais giros para fazer com os miúdos – de certeza que mesmo que com alguma ginástica, conseguirão encaixar uma ida ao teatro ou um espetáculo musical, concerto para bebés, nas vossas ideias para o fim-de-semana.

10. Durmam juntos.

Já sabemos que há teorias que defendem a independência das crianças, mas a verdade é que é delicioso tê-los na nossa cama quando eles são pequeninos! E…os mais crescidos adoram fugir para a nossa cama de vez em quando, não é?

Teorias à parte, se lhe parecer bem, mais vale adormecerem logo juntos, com direito a miminhos extra e a alguma conversa para embalar. Mas façam-no em grande: almofadas e mantas no chão de sala e tudo ao molho e fé em Deus!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.