Família > Crescer > Aprender

Regresso à escola é mais stressante do que mudar de casa

Regresso à escola é mais stressante mudar casa

O período de regresso às aulas pode ser um dos mais stressantes do ano para os pais, com um em cada três a referir que é pior do que mudar de casa, segundo um novo estudo. No que toca a enviar os filhos para a escola depois das férias de verão, 76% dos pais consideram que é um momento stressante, com maior incidência nas mulheres.

Normalmente os pais gastam em média 262€ na preparação para o regresso à escola dos seus filhos, com um em oito (13%) a subir aos 450€ em material escolar, numa proporção maior para o 2º e 3º ciclos comparativamente com o 1º ciclo.

Relativamente à preparação do grande dia, um em oito (13%) deixam-na para depois do arranque escolar enquanto que 16% preparam com menos de uma semana de antecedência.

O estudo também revelou as preocupações dos pais neste período: no topo está o receio das crianças estarem desmotivadas com a escola (54%), seguida de mau comportamento (38%), irem mal preparados (31%) e estarem stressados (23%).

Também foi questionado aos pais quais eram as principais fontes de ansiedade dos filhos, citando stress como a principal (44%), seguido de não fazer amigos 38%) e temendo a aula menos favorita (37%).

Muitos pais referiram técnicas para entusiasmar os filhos relativamente ao regresso às aulas, com dois quintos (41%) a planear a visita de amigos dos filhos a casa durante as férias e mais de um terço (38%) a permitir aos filhos que decorem o material escolar.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.