Família > Crescer > Aprender

Como motivar um(a) aluno(a)?

Como motivar um(a) aluno(a)?

Um dia, tinha eu terminado mais uma sessão do Clube de Vencedores para jovens a partir do 9º ano, quando uma das participantes chegou ao pé de mim, já depois de todos os outros terem saído, e fez-me a seguinte pergunta:

– Professor, o que eu posso fazer para me sentir mais motivada a estudar e obter melhores resultados a matemática?

É uma pergunta bastante pertinente e muito atual nos dias de hoje.

Procurei saber mais sobre as suas razões e descubro que ela tem tido algumas dificuldades em conseguir manter a positiva. Ao longo daquela pequena conversa em que procurei contextualizar-me sobre as suas dificuldades decido fazer-lhe uma pergunta para romper com o seu padrão de pensamento negativo:

– Qual é o teu sonho? O que gostarias de fazer quando terminares o teu percurso escolar? O que adoras fazer e nem dás pelo tempo passar?

Naquele momento fez-se um silêncio ensurdecedor, ela baixa a cara e cai com os olhos para o chão. Nesse momento tudo ficou mais claro para mim.

Ela tem um sonho, ela adora fotografia, quer seguir aquela área mas, em casa, a opinião sobre o seu futuro não é consensual, dizem-lhe que isso não é para ela e que não dá dinheiro, tem de seguir uma profissão a sério e com saída.

“A motivação vem do sonho e não do resultado”

Quando o sonho que ela tem está bloqueado por um obstáculo chamado família, o esforço que ela terá de fazer para continuar o seu caminho, é bem maior.

Pense nisto.

Ela quer ser fotógrafa, o sonho onde ela é a atriz principal nos seus filmes mentais é como fotógrafa e é aqui que reside a sua fonte de motivação, o combustível inesgotável da sua persistência. A partir daqui tudo fica mais claro porque ela sabe o que terá de fazer (completar o ensino obrigatório, fazer um curso de fotografia, comprar uma máquina, tirar muitas fotos) para ter as competências necessárias para exercer o seu sonho.

Por mais difícil que seja o caminho, por mais obstáculos que possa ter, enquanto mantiver o seu sonho vivo, as dificuldades em alguma disciplina serão apenas pequenas contrariedades que com maior ou menor esforço, ela conseguirá ultrapassar e não irão gerar frustrações ou pensamentos de desistência porque o foco está noutro local, está no sonho.

“Quando souberes o que queres SER, será mais fácil descobrir o que FAZER para conseguires obTER o que um dia sonhaste”

E o que acontece quando o sonho não está claro ou está barrado?

Vão dizer-te que tens de FAZER coisas (por exemplo, estudar e ir à escola) para TER boas notas e entrar na faculdade para um curso com saída. No entanto, quando as boas notas não chegam a pressão normalmente aumenta e a frustração também. Se o teu sonho não está claro o foco estará apenas nas coisas que fazes e isso poderá gerar desinteresse e recusa porque se não houver sucesso tu irás continuar num estado de dor (insucesso) e quererás fugir (parar de estudar).

A sugestão que dei àquela jovem foi seguir o seu sonho, mostrar a todos como ela pode ser a melhor fotógrafa, a mais criativa, a mais irreverente, a mais apaixonada, em suma, seguir o que a torna única e, com toda a certeza, ela obterá melhores resultados escolares e triunfará.

 

Este artigo foi escrito por Nelson Ramos, Consultor Solfut & Coach IHTP e Manager da Academia de Educação “I Have the Power”.