Família > Crescer > Aprender

5 Dicas para um Bom Regresso às Aulas

5 Dicas Bom Regresso às Aulas

Conheça as 5 Dicas da Oficina de Psicologia para um Bom Regresso às Aulas.

As férias já lá vão e um novo ano lectivo, repleto de muitos desafios e exigências para as crianças e jovens já está em andamento. O regresso à escola requer uma série de ajustes, que se vão fazendo nas primeiras semanas de aulas e que nem sempre são fáceis de colocar em prática. Mas não é impossível!

Para facilitar procure ter em mente estes 5 alvos centrais:

Organização: regresso às aulas requer mudar o chip. É importante que, antes das férias terminarem se comecem a retomar alguns hábitos essenciais que facilitarão e muito o regresso às aulas, nomeadamente os horários de deitar e levantar que necessitam ser reprogramados com tempo e de forma gradual, de forma a que não seja tão difícil na altura do inicio das aulas. Neste momento, já temos esta rotina bem estruturada?

Motivação: sair do modo férias para entrar no modo aulas, repleto de horários a cumprir e compromissos pode ser altamente desmotivante, o que pode dificultar os primeiros tempos de escola. Procure motivar o seu filho para esta rotina que agora regressa. Poderá fazê-lo através de forma muito simples. Caso haja familiares que já tenham passado pelo ano lectivo questão, poderão trocar impressões sobre as matérias interessantes, folheando os novos manuais escolares.

Método: um ano lectivo bem-sucedido exige método. Procure conversar com o seu filho sobre os horários de estudo, que métodos de estudo costuma utilizar e que têm mais resultado para ele e procure orienta-lo nesses métodos (realização de esquemas, resumos, praticar fazendo exercícios, etc). No método está ainda englobado o local habitual de estudo, que é importante que tenha todas as condições necessários para o estudo tranquilo, desde as condições do espaço físico, até às condições de luminosidade e ruído.

Reforço: neste regresso às aulas, fale com o seu filho sobre aquelas que considera serem as suas melhores competências enquanto aluno. Não se iniba der valorizar o seu filho pela sua assiduidade, pelas suas técnicas de estudo, etc. desta forma estará a transmitir ao seu filho segurança e confiança para enfrentar o novo ano lectivo que agora começa.

Rotina: o ano lectivo está repleto de rotina: horários fixos, datas de exames a cumprir, trabalhos a realizar dentro de um período definido. Esta rotina é importante pois é organizadora, pois os desafios que a ano lectivo representa, assim o exigem. É importante que estas rotinas também existam fora do horário das aulas. É essencial haver horários para o estudo, com definição dos tempos de estudo para cada disciplina diariamente, bem como os horário e tempo dos intervalos, que são tão importantes como o período de estudo em si.

Lembre-se ainda que nestas rotinas devem estar contemplados os tempos de lazer. É importante que, após um dia de aulas e de estudo, haja espaço diário para a descontracção e para que os mais novos possam ter algum tempo a realizar as actividades que mais gostam. Procure estar disponível nestes momentos, especialmente aos fins-de-semana em que é importante dedicar tempo a actividades de lazer em família.

O regresso às aulas não deve representar o fim dos tempos livres e das actividades de lazer, pois estas são imprescindíveis para manter uma atitude motivante e empenhada face às exigências do ano lectivo.

 

 

Sandra Azevedo

Psicóloga Clínica da Equipa Mindkiddo da Oficina de Psicologia