Família > Comer

5 dicas para lanches da escola variados e divertidos

dicas para lanches variados e divertidos

Variar é a palavra-chave para um lanchinho bom!

Na altura do regresso às aulas, muitos pais preparam os lanchinhos dos filhos. Este processo é um desafio, porque não é fácil oferecer um conjunto saudável, equilibrado e variado, e que os miúdos gostem. Mas, calma pais!

Para reduzir o stress que a tarefa implica, podem sempre planear os lanches escolares semanalmente. Assim, conseguem variar a lancheira mantendo um conjunto saudável e equilibrar os alimentos essenciais para o crescimento com os mimos que os miúdos tanto gostam. Para tornar o processo mais divertido, a Pumpkin tem  dicas de como preparar a lancheira em conjunto com as abobrinhas, e receitas de lanches saudaveis para levar para a escola.

Envolvê-los nesse processo, vai mostrar-lhes a importância do lanche e ajudá-los a perceber que não podem saltar refeições, além de que eles vão querer mostrá-los aos amigos.

Há, no entanto, há elementos que não podem faltar na lancheira. É importante que nela exista um pouco de tudo:

  • Alimentos com proteína – como leite, iogurte ou queijo;
  • Fruta para repor as vitaminas, fibra e minerais que a criança já gastou entre brincadeiras e aulas;
  • Alimentos com hidratos de carbono para que não falte energia ao pequeno – um pão, por exemplo;
  • Além destes, é essencial que a criança se hidrate, preferencialmente com água.

Para vos inspirar pensámos em cinco dicas para tornar os lanches da escola em momentos saudáveis e diferentes.

1. Cada dia, uma fruta  diferente!

lanches variados - varie a fruta

A maioria das crianças gosta de fruta, e esta é uma excelente forma de ingerirem vitaminas. Portanto, de forma a garantirem lanches apetitosos, podem incluir sempre uma peça de fruta que não seja sempre a mesma (ou acabam com filhos que nunca mais querem ver uma maçã à frente). Se à 2ª feira enviarem maçã, na 3ª feira incluam uvas, 4ª feira mandem uma banana, 5ª feira uns gomos de laranja e 6ª feira morangos, pêssegos ou umas uvas ou outra qualquer fruta saborosa e de fácil consumo.

Sempre que possível enviem as peças de fruta inteiras numa caixa plástica para que não fiquem amassadas. Se descascarem uma maçã, por exemplo, e colocarem-na num recipiente, ela vai perder as suas propriedades vitamínicas e oxida (quando isso acontece é visível através da sua aparência, que fica mais escura).

No entanto, existem frutas que podem ser enviadas já cortadas e sem casca, como as uvas, a manga e o quivi.

Além disso, é importante que as frutas sejam lavadas e secas, de forma a que os seus filho não tenham ainda que as ir lavar e secar – o que, como sabemos, raramente acontece.

Prefiram as frutas que possam ser consumidas com casca ou fáceis de descascar, como as bananas e tangerinas.

2. Coloquem um iogurte ou um leitinho na lancheira.

lanches variados - varie as fontes de proteína

Para além de ser fresquinho, é também uma ótima fonte de cálcio e constitui também uma boa fonte de energia. Se num dia colocarem um iogurte, no dia seguinte coloquem um leitinho. Variar é muito importante para que as crianças não se fartem da ementa e comecem, consequentemente, a rejeitá-la.

Se variarem, os pequeninos terão sempre vontade de descobrir e comer o seu lanchinho.

Uma boa opção é a linha Leite Mimosa Bem Essencial Sabores e a de iogurtes Mimosa Aroma, com vários sabores que os miúdos adoram.

Os três sabores da Gama Mimosa Bem Essencial Sabores – cereais, morango e chocolate– têm agora uma solução ajustada, com menos 40% de açúcares do que o leite com chocolate normal, com verdadeira polpa de fruta e menos cacau, permitindo aos mais novos reeducar o seu paladar e ter lanches mais equilibrados.

Também a linha de iogurtes Mimosa Aroma tem várias opções de escolha – morango, morango e quivi, banana, coco, manga e tutti-fruti – e tem uma nova receita com menos açúcares adicionados do que os da receita anterior.

3. Hidratos de carbono: vários e de diferentes sabores.

lanches variados - varie os hidratos de carbono

Variem as fontes de hidratos de carbono – as sandes são a aposta mais frequente mas não têm de ser sempre iguais.

Os pais de crianças com intolerâncias têm aqui um maior desafio, mas a chave é tentar variar a base e o recheio.

Tentem fazer uma sandes diferente todos os dias, evitando, nos dias de calor, sandes de fiambre, porque se estraga com muita facilidade. Contudo, nas outras estações de ano, brinquem com os ingredientes.

Escolham uma bola de pão de trigo, noutro dia pão de centeio, noutro dia pão com beterraba ou alfarroba e por aí fora.

O recheio também deve ser mudado a troco de uma criança mega feliz – se num dia é queijo, no outro coloque fiambre ou chourição ou até uma mega sandes saudável com húmus, abacate, tomate cherry, entre outros ingredientes.

4. Vegetais camuflados: SIM!

lanches variados - vegetais camuflados

Sendo os vegetais fulcrais para o bom funcionamento do organismo, tentem incluir sempre no lanchinho um vegetal.

Que tal incluir uma folha de alface crocante e fresquinha na sandes? E para acompanhar, que tal uma cenourinha ou um pepino descascado e cortado em palitos? E que tal um Muffin de ovo e legumes? Opções são o que não falta. Só precisa de um pouco de criatividade!

Assim, além de ter cores atrativas, o lanchinho será super saboroso e saudável!

5. O dia do “miminho”. Nhami!

lanches variados - miminhos no lanche

Estabeleçam um dia da semana para enviar um docinho, umas bolachinhas, um chocolate, umas pipocas (feitas com óleo de coco se a pipoquinha aí de casa for fã) ou algo deste género.

Caso este dia seja à sexta-feira, os pequenitos vão ficar muito felizes e vão sentir-se recompensados por terem comido bem e de forma saudável durante a semana que passou. Se o dia do miminho não for à sexta-feira, servirá como um incentivo para o menu semanal que aí vem!

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

3 comentários em “5 dicas para lanches da escola variados e divertidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *