Família > Comer > Receitas deliciosas

Palmito Scampi

palmito-scampi

Uma receita fácil, deliciosa e super rápida!

Espreitem esta receita deliciosa – e vegana! – que vai encantar toda a família. É muito prática e o nome faz um vistaço! A ideia é da querida Susana do blog A Espuma dos Dias


Para mim a televisão tem duas finalidades: pôr o Simão a ver a Patrulha Pata e ver o Food Network. O resto da minha devoção televisiva foi transferida para o Netflix. Mas de facto o Food Network (ou vá, o 24 Kitchen, que também tem os seus méritos) tem apenas o Pinterest como rival para inspiração culinária. Não, não há programas de comida vegana, mas adoro o desafio de pegar em pratos omnívoros e torná-los veganos, mantendo o espírito da coisa.

Gosto especialmente do Barefoot Contessa porque a Ina Garten cozinha comida fresca e bastante simples, com resultados espetaculares, e já consegui veganizar receitas dela com bastante sucesso. Neste caso, Camarão Scampi, onde os pobres bichinhos são substituídos por rodelas de palmito. Nunca tinha comido palmito, mas tinha uma lata na despensa há imenso tempo que comprei para fazer já não sei quê.

É perfeito para os dias mais cheios porque se faz num instante e com ingredientes que facilmente temos sempre na despensa e frigorífico. Aliás, enquanto analisava a receita, apercebi-me que é muito semelhante a Bulhão Pato, mas com salsa em vez de coentros.

Para duas pessoas e meia (o Simão fez fita e não quis comer as rodelas que palmito que eu carinhosamente separei para ele antes de juntar ao molho; miúdo parvo):

  1. Cortar em rodelas uma lata de palmito; dourar ligeiramente numa frigideira com azeite e temperar com sal (não pimenta, porque vamos usar flocos de chilli). Retirar as rodelas de palmito para um prato e reservar.
  2. Juntar ao azeite 2 dentes de alho esmigalhados, flocos de chilli a gosto (eu usei 1/4 de colher de chá), 1/2 chávena de vinho branco, o sumo de meio limão e um molho de salsa picada. Cozinhar apenas até estar fragrante (ou seja, não queimem o alho nem a salsa).
  3. Voltar a pôr o palmito na frigideira e deixar o molho cozinhar e ser absorvido pelo palmito. Lume brando, não queremos queimar!
  4. Cozer esparguete (ou linguini, se quiserem ser hipsters), escorrer e juntar ao molho. Misturar bem, salpicar com salsa fresca e servir!

Do início ao fim são 20 minutos, no máximo, portanto é a receita ideal para um dia de semana ou para molengar ao Sábado.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *