Família > Comer > Receitas deliciosas

Bolo de Chocolate: vamos para a cozinha aprender ciência!

Bolo Chocolate: vamos cozinha aprender ciência

A marca de brinquedos Science4You preparou uma fantástica receita de bolo de chocolate, para que aprender ciência seja não só divertido como delicioso.

Um simples bolo de chocolate pode ser um ótimo pretexto para transformar um lanche numa oportunidade para explorar o mundo. Faça esta receita com os seus filhos e deixe que levem uma fatia deste delicioso bolo de chocolate para a aula de ciências. Será sucesso garantido!

Sabe responder a estas questões?

– Porque é que o fermento faz crescer o bolo?

– Como é que as claras em castelo não caem da tigela?

– Qual é a função dos ovos?

Explicamos já de seguida. Podem também fazer o download de um poster super giro com o passo a passo da receita para colocarem na vossa cozinha. 

Ingredientes indispensáveis para fazer o bolo de chocolate

– 100 g farinha de trigo com fermento,

– 6 ovos,

– 80 g gordura (como óleo ou manteiga),

– 2 c. sopa de água morna

– 150 g chocolate

– 100 g açúcar

Cda um destes ingredientes tem uma função específica e essencial para a concretização do delicioso objetivo final.

O primeiro passo da receita

O processo de cozedura de todos os ingredientes tem de ser uniforme e simultâneo, por isso, é importante ligar o forno assim que se dá início à tarefa. Será necessário que tenha atingido uma temperatura estável e homogénea quando a massa do bolo é colocada para cozer.

Pode aproveitar-se para preparar a forma que vai ao forno, untando com manteiga e polvilhando com farinha.

6 ovos

Separar as gemas das claras em dois recipientes.

As proteínas presentes no ovo – clara e gema – solidificam quando são aquecidas e ajudam a segurar as bolhas dentro do bolo, fazendo com que fique mais fofo.

Açúcar e chocolate

Juntar o açúcar às gemas e misturar bem.

Derreter o chocolate no micro-ondas (ou em banho-maria) e deitá-lo nas gemas batidas com o açúcar.

Adicionar a farinha

A farinha de trigo que vai ser usada contém proteínas que vão ajudar a dar forma ao bolo.

Deitar a água morna devagar nesta massa

Quando se junta a água (ou leite) à farinha, as suas proteínas ligam-se entre si e formam uma rede forte e elástica – o glúten – dando origem a uma massa densa.

O fermento

Para que a massa não fique, então, demasiado densa (mais semelhante a pastilha elástica), o fermento presente na farinha, ajuda a libertar dióxido de carbono, na forma de milhões de pequenas bolhas, tornando o bolo mais leve e fofo.

Derreter a manteiga e juntar ao preparado

A gordura vai segurar as bolhas formadas pelo fermento, funcionando como o plástico de um balão.

E, por fim, as claras batidas em castelo

Ajudam a que o bolo fique ainda mais fofo, porque:            

– 88% da composição da clara do ovo é água e proteínas;

– Estas proteínas sofrem uma mudança quando as claras são batidas: deixam de estar enroladas sobre si e esticam-se, permitindo a entrada de ar que fica aprisionado num ambiente viscoso.

Vão ficar tão seguras que pode virar-se a tigela ao contrário sem que elas escorreguem!

Juntam-se as claras em castelo aos restantes ingredientes, deita-se o preparado numa forma e leva-se ao forno para, através da ação do calor, solidificar a massa.

No final desta verdadeira experiência científica, não só poderá comer um fantástico bolo de chocolate, como terão sido trabalhadas competências tão diversas como a leitura e compreensão de um texto, motricidade, noção de química e de nutrição, entre muitas outras coisas.

As crianças vão ainda desenvolver o espírito científico, ferramenta essencial para aprenderem a fazer escolhas equilibradas. Além disso, estarão a explorar a sua curiosidade natural, enquanto se divertem consigo!

Há outras receitas disponíveis no kit Cozinha com Ciência da Science4You. Experimentem e bom apetite!