Família > Comer > Comer bem

A fruta é um bom lanche?

fruta lanches

Já comeram fruta hoje?

Isoladamente a fruta não é um bom lanche! Quem o diz é o Pediatra Hugo Rodrigues, o rosto por detrás do projeto Pediatria para Todos, que nos vai explicar como completar o lanche dos miúdos.


A fruta é fundamental na alimentação das crianças, mas tem algumas particularidades que é importante conhecer. Uma dessas características é o facto do açúcar que existe na fruta ser de absorção rápida, o que faz com atinja um pico também rápido no sangue quando se come.

Quando isso acontece, a resposta do organismo é produzir insulina para baixar o nível de açúcar, o que faz com que possa haver uma baixa de açúcar significativa depois de comer uma peça de fruta e, consequentemente, um aumento da fome com essa resposta.

Posto isto, é fácil perceber o porquê de não ser aconselhável comer fruta isoladamente. Não é, realmente, a melhor opção, mas isso pode se ultrapassado juntando outro tipo de alimento ao lanche.

As duas principais opções são as seguintes:

  • Pão ou outra fonte de cereais: contêm hidratos de carbono (açúcares) de absorção lenta, o que contraria o pico descrito anteriormente
  • Leite ou iogurte: os produtos lácteos atrasam o esvaziamento do estômago, o que também contraria o pico rápido de açúcar quando se come fruta; de um modo geral, é está a melhor opção para as crianças, principalmente aquelas que consomem poucos laticínios
Sendo assim, volto a reforçar a ideia de que a fruta é um óptimo alimento, cujo consumo deve ser incentivado em todas as crianças, mas que tem mais benefícios quando utilizado para complementar outra refeição, seja o pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *