Família > Fazer com os miúdos > TV, Filmes e Musica

Curiosidades do Filme Lenda do Dragão

Curiosidades Filme Lenda Dragão

O mais recente filme da Disney estreia já amanhã e quiseram partilhar connosco estas curiosidades, que dizem como é que foi criado Elliot 🙂

Porque os dragões são muitas vezes descritos como escamosos, criaturas ferozes, com aspeto de lagarto e muito pouco acessíveis, amigáveis ou heróicos, a aparência e personalidade de Elliot foram o foco de inúmeras reuniões entre os realizadores e a Weta Digital, que duraram ao longo de boa parte de um ano.

Embora Elliot seja criado na sua totalidade por computador, é ainda assim uma personagem fundamental na história e com uma importância crescente para Pete. A presença de Elliot permite a Pete ser capaz de descobrir o que falta na sua vida e onde realmente pertence.

Um dos principais objetivos desde o primeiro dia foi conseguir passar a ideia de uma amizade entre uma criança e um dragão e mostrar o quão especial o vínculo entre eles pode ser. Mas o argumentista/realizador David Lowery queria que o público inicialmente tivesse algumas incertezas quanto a Elliot e às suas intenções.

Bryce Dallas Howard diz, “Elliot não é como outros dragões. É brincalhão, inocente, o melhor amigo e tudo o que realmente quer é uma família. É enorme e tem uma presença algo sinistra, com a capacidade de ser feroz, cuspir fogo e voar, mas também consegue ser querido, afável, carinhoso e protetor.”

Para o supervisor de efeitos visuais do filme, nomeado para o Óscar®, Eric Saindon da Weta Digital (“O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”), este foi um grande desafio. Explica: “É fácil criar dragões com um olhar assustador e em animação, mas não queria nenhuma destas catacterísticas para este dragão. Queríamos que ele tivesse muita personalidade e que todos no cinema se apaixonassem por ele.”

“Elliot tem uma personalidade única em relação aos dragões que temos visto no grande ecrã”, acrescenta o produtor Jim Whitaker. “Por vezes vemo-lo como potencialmente perigoso mas também consegue ser absolutamente adorável.”

Eric e a equipa da Weta começaram o processo criativo, revendo muitas espécies diferentes no reino animal para analisar os seus movimentos. “Baseamos a nossa animação, com base em referências a animais como cães, gatos, leões e macacos”, diz, “mas também havia uma certa obrigação de honrar a animação de Elliot do filme de1977 em alguns aspectos”.

“Elliot tem um aspeto muito distinto do filme original, incluindo uma enorme mandíbula”, diz David, “E havia algo no seu desenho e nessa característica específica, de que realmente gostei. E queria que fosse peludo… muito peludo.”

No final, Elliot tornou-se num dragão verde peludo com cerca de 7 metros de altura, que pode respirar fogo, ficar invisível e derreter um coração. “Elliot é um dragão grande, brincalhão e turbulento, mas também tem um lado muito calmo e sensível que é possível de se ver através do grande ecrã”, diz David.

Trabalhar com uma criatura feita em computação gráfica apresentou vários desafios ao elenco e à equipa durante a produção. Os realizadores tinham de garantir que as filmagens se misturavam na perfeição com o dragão criado em computação gráfica, colocado em pós-produção. A Weta usou um dragão insuflável com as dimensões de Elliot para dar uma sensação mais real em relação à escala e ao volume dele.

Um desafio adicional era assegurar que existia contato visual suficiente entre as personagens humanas e o dragão e que as linhas do olhar estavam em sintonia e pareciam credíveis, especialmente nas cenas com Pete e Elliot ou nas cenas que ajudavam a impulsionar os elementos emocionais da história. Para facilitar, a produção criou uma cabeça de dragão que podia ser controlada como uma marionete.