Família > Fazer com os miúdos > Tecnologia

Programação para crianças? Sim!

Programação para crianças

Entenda quais os benefícios para os miúdos aprenderem programação desde cedo!

Defende-se muito hoje na educação a aprendizagem da lógica da programação para ajudar as crianças e adolescentes a resolver problemas e a trabalhar em equipa.

Em Portugal, o programa “Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico” arrancou no ano letivo 2015/2016 abrangendo mais de 34 mil alunos portugueses dos primeiros anos de escolaridade.

624 escolas inscreveram-se no programa com o objetivo de lecionar o modo de funcionamento das plataformas Scratch e Kodu.

Qual o benefício de aprender programação

A programação exige pensar na comparação de variantes e obriga a aceitar múltiplas respostas como válidas. Ao evitar a memorização de uma única resposta correta, ajuda as crianças a aprimorarem sua capacidade de resolver problemas, lidar com erros e colaborar com os colegas.

Existem cursos e escolas de programação e robótica para crianças em Portugal. Mas, se o desejo é proporcionar aos mais pequenos uma aprendizagem mais informal, lúdica e intuitiva. Além do programa desenvolvido pelo Ministério da Educação, há várias outras formas de o fazer, que vão de brinquedos a aplicativos, passando por livros.

Selecionamos algumas ideias

Lagarta Aprender a Programar

Lagarta Aprender a Programar

A Lagarta Aprender a Programar, que chega às lojas através da Fisher-Price este outono, expõe as crianças às bases da programação através da estimulação intelectual, da resolução de problemas e do desenvolvimento de sequências.

Indicada para crianças dos 3 aos 8 anos, a inovadora Lagarta Aprender a Programar, o primeiro brinquedo do género lançado no mercado, encoraja as crianças a aprender enquanto brincam, despertando-lhes a curiosidade natural. As abobrinhas da Pumpkin experimentaram e adoraram!

A Lagarta apresenta nove segmentos que possibilitam combinações infinitas de forma a que esta se mova para a frente, para a esquerda ou direta, ou que pare por alguns segundos e se volte a movimentar.

De cada vez que as crianças alteram e reorganizam os segmentos é necessária uma combinação especifica para que ela se volte a mover.

O Dr. Hugo de Castro Faria, Pediatra da CUF, define a Lagarta Aprender a Programar como um brinquedo inovador e cativante para os mais pequenos, que permite estimular competências fundamentais como a organização espacial, a sequenciação e o planeamento de uma atividade.

 

Project Bloks

Project BloksExperiências de programação básicas e assentes em hardware: é isto que propõe a Google com este novo projeto, dirigido a miúdos a partir dos cinco anos.

A gigante da Internet expande assim um pouco mais a sua área de investigação e desenvolvimento na área dos projetos educativos, desta vez com base em experiências em que as crianças podem criar sozinhas pequenos conjuntos de hardware que comunicam entre si num sistema de módulos.

 

Tynker – Jogos online gratuitos

O Tynker é uma plataforma de jogos online que pretende ensinar e preparar as crianças para os conceitos base da programação.

“Aprender a programar de forma divertida” é o lema deste site, que oferece várias opções para que as crianças escolham um tema de seu interesse e a experiência seja mais agradável para elas.

Por exemplo, alguns puzzles têm como protagonista um cãozinho que viverá diferentes aventuras à medida que se desenvolve o jogo. Se, por outro lado, a criança preferir o tema espaço, há dois jogos dedicados ao tema. Minecraft, os carrinhos Hot Wheels e as bonecas Monster High são alguns dos outros “objectos” de programação que o Tynker oferece.

Um detalhe interessante para os pais ou professores que optem por implementar estes jogos: cada um deles contém um breve resumo dos conceitos e habilidades que a atividade pretende ensinar ou desenvolver.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *