Família > Fazer com os miúdos > Tecnologia

Pokémon Go: Dicas para programas em família

Pokémon Go: Dicas programas família

O Pokémon Go é a nova febre mundial. O jogo é a app free to start com mais downloads na App Store portuguesa e já duplicou o valor em bolsa da Nintendo, desde que foi lançado na semana passada. A Forbes sublinha que a aplicação se está rapidamente a estabelecer como a mais bem sucedida aplicação móvel de todos os tempos.

A Pumpkin já lhe contou tudo sobre a aplicação que permite caçar Snorlaxs, e reúne agora algumas dicas de programas em família utilizando a app. Nunca é demais lembrar que esta é uma aplicação que consome uma quantidade elevada de dados móveis e que representa algum perigo pela distração que provoca. Não é aconselhável que deixe as crianças jogarem sozinhas. A Polícia de Segurança Pública – PSP publicou na suas redes sociais um guia para caçar em segurança.  

Primeira Caminhada Pokémon Go – Lisboa

A caminhada de 29 de Julho, organizada através do facebook por jogadores anónimos, é a de Lisboa e conta já com mais de 4 mil pessoas inscritas. No entanto, basta pesquisar nesta rede social para se encontrarem eventos similares em outras zonas do país, como Alcácer do Sal, Entroncamento, Sintra, Coruche ou Azambuja. Reúna a família, e na companhia de outras pessoas, percorram as ruas da vossa cidade. Vão encontrar tesouros escondidos… e, como bónus, juntam mais uns Pokémon à colecção. 

Lure Party – Braga. 

O Município de Braga irá promover dia 27 de julho, pelas 18h30, uma ‘Lure Party – Pokémon Go’ na Praça do Município. O objetivo passa por aproveitar as funcionalidades de georreferenciação do jogo para divulgar o património histórico do centro da cidade. A rota será divulgada no próprio evento.

Pikáchu, o guia turístico. 

Se prefere um programa mais privado, organize a sua própria caminhada. Já há serviços de Táxis que oferecem percursos especiais, baseados no jogo, mas a essência do jogo não é essa. Vá a pé, ou de bicicleta. Estabeleça o percurso tendo em conta os monumentos mais bonitos da cidade onde vive, mas não se esqueça de incluir no percurso algumas passagens por PokéStops, onde podem adquirir mais Pokébolas. Pode procurá-las no mapa da aplicação, ou, se for de Lisboa, consultar esta lista de PokéStops e Ginásios Pokémon. Preparem um Piquenique para repor forças no fim! 

Ir às compras pode tornar-se menos aborrecido.

As suas crianças odeiam ir ao supermercado? Prometa-lhe que vão procurar Pokémons nas prateleiras das bolachas, nos frigoríficos dos lacticíneos ou na peixaria. É muito provável que até ajudem a levar os sacos no fim… Esta dica serve para qualquer programa familiar. Se vão jantar fora, vão para a escola a pé ou têm alguma rotina que as crianças acham aborrecida, torne estes momentos mais divertidos com uma pequena caçada. 

Sea Life – Porto.

Um dos Pokémons mais famosos, o Pikachu, já foi encontrado no túnel oceânico do SEA LIFE Porto, mas não é o único. No fim-de-semana de 16 e 17 de Julho, o SEA LIFE Porto ativou o chamado “Lure Module”em diversos momentos ao longo do dia, o que permitiu aos visitantes melhorar a visibilidade que têm dos Pókemons e encontrá-los mais facilmente. Agora, dia 30 de Julho, às 11h30, receberá um Encontro de de Jogadores de Pokémon Go. O local foi escolhido pela Comunidade Portuguesa de Pokémon GO (com mais de 25 mil membros) para receber o próximo encontro de jogadores. O evento no Facebook conta já com mais de 100 pessoas confirmadas e mais de 300 jogadores interessados no encontro, esperando-se por isso uma forte adesão da comunidade. O facto de terem sido encontrados Pokémons dentro dos aquários do Sea Life Porto, coexistindo com as criaturas marinhas, chamou a atenção dos fãs do jogo, tornando lugar num importante PokéStop da cidade do Porto.