Família > Fazer com os miúdos > Livros

Livros que as crianças devem ler (antes de estrearem os filmes!)

Livros as criancas devem ler (antes estrearem filmes)

Muitos dos filmes infantis que os nossos filhos vêem, e até mesmo aqueles que recordamos com saudosismo infantil – quem nunca viu e reviu a cassete d’ “O Livro da Selva” que atire a primeira pedra – foram baseados em livros. A tendência, infelizmente, ainda é ver o filme antes de ler o livro; ok, sejamos sinceros, a tendência é a de ver o flme e não ler o livro. Num universo tão alternativo como o das crianças, isso leva a que se perca a oportunidade de estimular nos miúdos a imaginação e a criatividade, impossibilitando-os assim de criarem a sua própria interpretação das histórias. 

Por isto, a Pumpkin reuniu um conjunto de livros muito divertidos, para crianças e adolescentes, cujas versões cinematográficas vão estrear no próximo Outono/Inverno. Nas salas de cinema, a emoção de ver ganhar vida as personagens que adoram vai ser ainda maior!

LITERATURA INFANTIL

O Segredo de Milton, de Eckhart Tolle

Com Donald Sutherland e Michelle Rodriguez, “Milton’s Secret” estreia a 30 de Setembro nos Estados Unidos. Milton é um rapazinho alegre, que gosta de ir à escola, de jogar ao mata com os amigos, de fazer festinhas ao seu gato Snuggles… e de comer gelados sundae! Mas, um dia, no recreio, um rapaz mais velho empurra Milton, e ele magoa-se a sério. Ainda por cima, nessa mesma noite o Snuggles é atacado pelo cão de um vizinho. Milton começa a ficar muito ansioso, triste e preocupado – nem sequer tem vontade de comer sundaes! Até que o avô lhe ensina como chegar a um lugar mágico de calma e serenidade… um lugar chamado «Agora».

Uma boa oportunidade para falarmos com os nossos filhos sobre as questões do bullying. 

Os Piores Anos da Minha Vida, de James Patterson

Rafe Khatchadorian já tem problemas suficientes em casa sem ter de meter a escola ao barulho. Felizmente, ele tem um plano perfeito para ter o melhor ano de sempre, isto é, se o conseguir levar para a frente. Vai tentar quebrar todas as regras do código de conduta da sua escola. Mas quando o jogo começa a perder a piada, ele terá de decidir se ganhar é o mais importante, ou se está finalmente pronto para aceitar as regras, lidar com os provocadores e com as verdades que ele está sempre a evitar. Estreia a 7 de Outubro nos EUA. 

As Aventuras do Capitão Cuecas, de Dav Pilkey

Estamos ansiosos por este, que estreia a 27 de Janeiro de 2017 nos Estados Unidos! George e o Harold são dois rapazinhos espertalhões que, mais do pregar partidas, gostam de produzir os seus próprios livros de banda desenhada. Em conjunto, criaram o maior super herói de banda desenhada da história da sua escola primária – o Capitão Cuecas. As coisas complicam-se quando o director da escola, o Sr. Krupp, tenta acabar com a brincadeira, mas o Capitão Cuecas salta das páginas para resolver as coisas…

Pax, de Sara Pennypacker 

 Este livro foi um sucesso tão grande que a luta pelos direitos cinematográficos foi inevitável. É importante que os seus filhos leiam a história antes de ver o filme, porque ela levanta muitas questões. Eles vão chorar. É provável que nós também. O Peter e o Pax são tão inseparáveis como só os melhores amigos podem ser. Desde que o Peter resgatou o pequeno raposinho, os dois tornaram-se parte um do outro, vivendo grandes aventuras e partilhando momentos inesquecíveis. Mas o inimaginável acontece: o pai do Peter parte para a frente de combate, o rapaz tem de ir viver com o avô e, contra a vontade do Peter, o Pax é «libertado» na floresta. Entretanto, o Pax, firmemente à espera do Peter, embarca em emocionantes aventuras e descobertas acerca dele próprio na companhia de novos amigos, como a Bristle e o Runt. Uma narrativa maravilhosa e mágica sobre as verdades essenciais que nos definem. Num segundo parte-nos o coração e, no segundo seguinte, é capaz de o reconstruir de forma admirável!

O Vale dos Dinossauros, de Mary Pope Osborne

A Lionsgate adquiriu recentemente os direitos sobre a série “A Cabana Mágica”, escrita por Mary Pope Osborne e que conta já com 54 livros. O filme, já em desenvolvimento, será baseado no 29º livro da série, “Natal em Camelot”, mas os seus filhos têm tempo para começar pelo 1º volume, este “O Vale dos Dinossauros”. Quando o João e a Ana entram na casa da árvore que fica no topo do Velho Carvalho, nem imaginam a aventura que vão viver: ambos fazem uma viagem no tempo até à Pré-História e aterram num vale repleto de dinossauros, que vêem neles uma bela refeição. Conseguirão o João e a Ana escapar aos dinossauros e encontrar o caminho de regresso a casa?

LITERATURA JUVENIL

O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares, de Ransom Riggs

Com estreia mundial marcada para 30 de Setembro, o filme sobre a Senhora Peregrine está quase a chegar a Portugal! No entanto, nada melhor do que os mais jovens lerem o livro antes, para melhor perceberem a atmosfera que envolve esta história. Uma ilha misteriosa. Uma casa abandonada. Uma estranha coleção de fotografias peculiares. Uma terrível tragédia familiar leva Jacob, um jovem de dezasseis anos, a uma ilha remota na costa do País de Gales, onde vai encontrar as ruínas do lar para crianças peculiares, criado pela senhora Peregrine. Ao explorar os quartos e corredores abandonados, apercebe-se de que as crianças do lar eram mais do que apenas peculiares; podiam também ser perigosas. É possível que tenham sido mantidas enclausuradas numa ilha quase deserta por um bom motivo. Um romance arrepiante, ilustrado com fantasmagóricas fotografias vintage, que fará as delícias dos miúdos. 

Sete Minutos Depois da Meia-Noite, Patrick Ness

Passava pouco da meia-noite quando o monstro apareceu. Inspirado numa ideia original da escritora Siobhan Dowd, que morreu de cancro em 2007, Patrick Ness criou uma história de uma beleza tocante, que aborda verdades dolorosas com elegância e profundidade, sem nunca perder de vista a esperança no futuro. Fala-nos dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para os ultrapassar. Fantasia e realidade misturam-se num livro de exceção, com ilustrações soberbas que complementam e expandem a beleza do texto. A estreia do filme está marcada para 21 de Outubro. 

Um Atalho no Tempo, Madeleine L’Engle 

Nascidas em 1962, as personagens a Sra. Quéisso, a Sra. Quem e a Sra. Qual vão finalmente chegar ao grande ecrã. Quando a história começa, as personagens principais, Meg Merry e o seu irmão mais novo, Charles Wallace, vivem com a mãe e os irmãos, Sandy e Dennys. Meg tem dificuldade em adaptar-se à escola e sente a falta do pai, um cientista, que desapareceu há mais de um ano enquanto efetuava uma experiência que envolvia viajar no tempo.Um ser estranho de outro mundo visita o lar dos Murry e fornece uma pista importante sobre o paradeiro do Sr. Murry. Meg, Charles Wallace e o amigo Calvin O’Keefe começam então uma viagem perigosa no tempo e no espaço para salvarem o Sr. Murry. São assistidos pelas estranhas visitas dos Murry, a Sra. Quéisso, a Sra. Quem e a Sra. Qual. As crianças veem-se em breve no centro de uma luta entre o bem e o mal, que ameaça destruir a liberdade e a individualidade.Pelo caminho, desenvolvem força, coragem e capacidades que não sabiam ter. Para Meg, em especial, a viagem é mais do que uma aventura ou uma missão para ajudar os outros: é também uma viagem de autodescoberta que muda as suas ideias sobre si própria e as pessoas que a rodeiam.

Fala-me de um Dia Perfeito, de Jennifer Niven

Considerado um dos melhores romances na categoria de “jovem adulto”, “All the Bright Places”, traduzido em português para “Fala-me de um dia perfeito”. vai estrear brevemente com interpretação de Elle Fanning. Violet Markey vive para o futuro e conta os dias que faltam para acabar a escola e poder fugir da cidade onde mora e da dor que a consome pela morte da irmã. Theodore Finch é o rapaz estranho da escola, obcecado com a própria morte, em sofrimento com uma depressão profunda. Uma lição de vida comovente sobre uma rapariga que aprende a viver graças a um rapaz que quer morrer. Uma história de amor redentora. É recomendável que converse com os seus filhos antes de lhe oferecer este livro, já que a história foca-se em temas muito sensíveis como a depressão e o suicídio. 

 

 

 

Este conteúdo é baseado num artigo do site Parent.co.