Família > Fazer com os miúdos > Livros

Esqueci-me como se chama

Esqueci-me como se chama

Esqueci-me como se chama, Daniil Harms, Ilust Gonçalo Viana, Bruaá Editora

Daniil Harms nasceu em S. Petersburgo, em 1905. Foi impedido de publicar devido ao desafio que os seus textos sempre lançaram aos moldes da produção literária, mas esta colectânea de 10 histórias veio a ser recuperada, trazendo assim até nós a obra de uma das vozes mais originais da literatura russa do séc. XX.

Nas ilustrações de Gonçalo Viana, o absurdo e o humor muitas vezes subversivo dos textos ganha expressividade, convidando-nos a mergulhar no mundo da fantasia e da brincadeira.

E são muitas as histórias que a Bruaá apresenta neste livro: a do ouriço corajoso que gritava como todos os ouriços gritam (ninguém sabe muito bem como), a do Kolka Pânkin que foi ao Brasil e a do Petro Erchov que não acreditava em nada e, claro, a da galinha que quase teve direito a uma história só dela, não fosse o autor ter-se esquecido como chamá-la.