Família > Agenda Família > Música, Teatro e Filmes

A Fuga dos Instrumentos – Peça de Teatro no Cartaxo

“A Fuga dos Instrumentos”

No dia 4 de Junho a Peça de teatro infanto-juvenil "A Fuga dos Instrumentos" sobe a palco no Cartaxo!

​Depois da estreia no Centro Cultural do Cartaxo em duas sessões esgotadas, exclusivas para as escolas do concelho do Cartaxo, e da ida a Santarém, regressa agora novamente ao Cartaxo para uma sessão para o público em geral, “A Fuga dos Instrumentos”.

Depois de “A Trisavó de Pistola à Cinta” de Alice Vieira, “A Volta ao Mundo em 80 Dias” a partir do romance de Jules Verne e“A Princesa de Galochas” de Vânia Calado, autora nascida no Cartaxo (Vale da Pinta) voltamos a levar à cena um original desta autora, desta vez “A Fuga dos Instrumentos”.

Continuando o trabalho direccionado para o público mais jovem, a Área de Serviço estreou este novo espectáculo de Vânia Calado.

É já dia 4 de Junho no Centro Cultural do Cartaxo com encenação de Frederico Corado e as interpretações de Carolina Seia Viana, Sara Margarida, Carlos Ramos, Catarina Carmo e Gabriel Silva.

Vânia Calado propõe com esta “A Fuga dos Instrumentos” um aproximar dos mais novos à música, aos instrumentos, às notas musicais, às colectividades e associações tão habituais nas terras e bairros, às tradições, à amizade e ao trabalho em grupo.

Numa colectividade igual a tantas outras, os instrumentos ganham vida depois do ensaio terminar. Felismina Flautim, Tomásia Trombone, Baltazar Bombo e Serafina Saxofone já estão naquela banda há muito tempo, Fausto Ferrinhos acabou de chegar e já se percebeu que não faz muito mais do que dormir e reclamar com fome. É essa fome que faz com o que os cinco amigos partam em busca de comida seguindo o aroma delicioso do arroz-doce da Tia Antonieta.

Mas para lá chegar têm de arranjar maneira de sair da colectividade sem que ninguém os veja. Ninguém pode saber que os instrumentos podem falar e andar quando ninguém está a ver, mas será que eles conseguem ser discretos até chegar ao arroz-doce? E será que sobrevivem a todos os percalços que vão aparecendo? Ou será que se arma uma confusão de notas e instrumentos desafinados?


Texto de Vânia Calado | Encenação: Frederico Corado | Cenografia: Frederico Corado e Mário Júlio | Produção da Área de Serviço: Frederico Corado, Mário Júlio, Florbela Silva e Vânia Calado com a assistência de Carolina Seia Viana e Sara Margarida | Ilustração e Grafismo: Raquel Carvalho | Assistente de Encenação: Carolina Seia Viana | Técnica: Miguel Sena | Uma Produção da Área de Serviço com o Centro Cultural do Cartaxo e a Câmara Municipal do Cartaxo

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *