Programa Educativo do Museu Santa Maria de Lamas 2021/2022 - Pumpkin.pt

Programa Educativo do Museu Santa Maria de Lamas 2021/2022

Programa Educativo Santa Maria de Lamas

O Museu de Santa Maria de Lamas (MSML) oferece ao público um conjunto de opções dinâmicas, que permitem o contacto direto com as coleções que integram o seu espólio tão rico e diversificado. Individualmente, em família ou integrado num grupo, o público pode usufruir das habituais visitas gerais orientadas. De modo a conhecer a história do Museu, assim como a sua exposição permanente.

O Museu tem no seu Serviço Educativo uma referência e atrativo em termos de qualidade teórica e lúdica, proporcionando ao participante uma sensibilização para a própria arte, sua diversidade tipológica, cronológica e temática, património cultural e respetiva conservação.

Ao longo do ano letivo, além do programa educativo permanente, o Museu promove atividades/visitas temáticas (complementadas ou não com oficinas), jogos pedagógicos e oficinas alusivas às quadras festivas (Carnaval, Páscoa e Natal).

Museu associa-se igualmente a diferentes comemorações: Dia da Música, Dia do Turismo, Dia de S. Martinho, Dia do Teatro, Dia dos Museus, Dia da Criança, Halloween, entre outros. Fomentando atividades/oficinas relacionadas com o contexto sociocultural do dia em questão, tentando, sempre que possível, associar as temáticas invocadas à sua coleção permanente.

Além destes serviços, o Museu promove os programas “O Museu vai ter contigo” e “A minha família vai ao Museu! E a tua?!” .

Atividades Permanentes

Visita orientada à exposição permanente

Marcação prévia obrigatória.

Popularmente apelidado de “Museu da Cortiça”, o Museu de Lamas constitui um caso particular na história da museografia portuguesa do século XX.

Composto por um acervo singular, vasto, recuperado e reorganizado a partir de 2004, que exibe perante o seu público coleções de Arte Sacra, Estatuária Portuguesa, Etnografia, Ciências Naturais, Escultura em Cortiça/aglomerado de Cortiça e Arqueologia industrial – maquinaria usada nos primórdios da Indústria transformadora de Cortiça – que sublinha as potencialidades desta matéria-prima e reflete a identidade da comunidade local.

Pelas suas características materiais e imateriais, o Museu de Lamas é um espaço socialmente ativo e pedagogicamente relevante, pela evocação de histórias e estórias, contribuindo dessa forma para aprofundar e divulgar o conhecimento do património português.

  • Diariamente – 09:30h – 12:30h/14h – 17:30h
  • Público-alvo – Geral
  • Ingresso – Adulto: 3 €, Seniores, estudantes e portadores de cartão-jovem: 2 €. Gratuito para crianças com idade inferior a 5 anos.

Atividades temáticas

“O mistério do desaparecimento das roupas do sobreiro”

Visita temática + História + Oficina de expressão plástica

Certo dia de Verão, num Montado de sobro alentejano, um grupo de homens de machado na mão, tiram a “roupa” de um Sobreiro ainda novato e marcam nas suas costas um número com tinta branca. Cansado de esperar pelos homens que tardavam no seu regresso, pôs-se a caminho para os procurar.

No seu trajeto, encontra animais e outros sobreiros que lhe explicam para onde foi a sua “roupa”, ou seja, a Cortiça. Depois de pensar com “as suas bolotas”, chega à conclusão que há um Museu no qual prevalece uma sala repleta de objetos feitos com cortiça que, prontamente, decide ir visitar…

  • Diariamente – 10h-12h/14:30h-16:30h
  • Público-alvo – Do Pré-escolar ao 2.º Ciclo (possibilidade de adaptação a outras tipologias de grupos)
  • Ingresso – 3 €
  • Marcação prévia obrigatória.

“Cortiça: Do montado para o mundo”

Visita temática e Oficina de expressão plástica

Conhecida e apreciada pelas suas potencialidades ímpares, a Cortiça é uma matéria-prima fascinante, onde praticamente “nada se perde e tudo se transforma”. Ligada ao Museu, na pessoa do seu criador, à freguesia de Santa Maria de Lamas, respetivo concelho e região, a Cortiça e as suas diferentes utilizações beneficiam de realce numa das áreas temáticas do Museu.

Potenciando parte do seu espólio e da sua alcunha popular de “Museu da Cortiça”, este espaço, partindo sobretudo do seu “Núcleo Museológico da Cortiça” – que combina Arqueologia industrial e Arte modelada em Cortiça natural e derivados – permitirá ao visitante, mediante a sua faixa etária e o nível académico, perceber não só as características desta matéria, como o seu devido percurso “Do Montado para o mundo”.

  • Diariamente – 10h-12h/14:30h-16:30h
  • Público-alvo – Alunos do 3.º Ciclo, Secundário, Universitário, Adultos e Seniores (possibilidade de adaptação a outras tipologias de grupos)
  • Ingresso – 3 €
  • Marcação prévia obrigatória

“O papel de Henrique Amorim (1902-1977) na preservação da Arte e do Património. Um olhar sobre o colecionismo”

Visita temática

Partindo da explicação do conceito de Colecionismo e demonstrando a respetiva importância deste termo e sua abrangência técnica para o estudo e conhecimento de parte do historial dos bens materiais, científicos e artísticos deste acervo museológico, pretende-se que o visitante compreenda a relevância que a ação colecionista de Henrique Amorim assumiu no âmbito da salvaguarda patrimonial.

Tendo em conta o contexto social e político da sua época de vivência, preservando, “cristalizando” e salvando sob o protetorado arquitetónico do edifício e da exposição no Museu de Lamas, um número bastante significativo de bens artísticos, históricos, identitários e científicos que, de outra forma, estariam irremediavelmente dispersos, perdidos ou, quem sabe, destruídos.

  • Diariamente – 10h-12h/14:30h-16:30h
  • Público-alvo – Do Pré-escolar ao Universitário, Adultos e Seniores (possibilidade de adaptação a outras tipologias de grupos)
  • Ingresso – 3 €
  • Marcação prévia obrigatória.

Como preservamos o Museu? O que é a Conservação e Restauro? Qual a sua importância e finalidade?

Visita temática + oficina complementar

O Museu dispõe de uma equipa multidisciplinar que tem como função o estudo e a preservação do seu espólio. A preservação passa por ações diretas e indiretas, desde a limpeza do espaço expositivo, controlo ambiental das salas e procedimentos de Conservação e Restauro que têm como função estabilizar os bens artísticos e patrimoniais.

Nesta Visita temática e Oficina complementar, pretende-se que o visitante adquira um olhar mais profundo quando observa a obra de arte. O objetivo é demostrar, através de pequenas exposições teóricas e intervenções, que a obra de arte também envelhece e “morre” enquanto bem material e que a ação de Conservação e Restauro é fundamental para prolongar e garantir a continuidade e usufruto do bem artístico por parte das gerações futuras.

Para que toda a comunidade perceba e esteja sensibilizada e envolvida na preservação quer material (bens culturais/artísticos), quer imaterial do espólio e respetivas memórias do museu e do seu fundador.

  • Diariamente – 10h-12h/14:30h-16:30h
  • Público-alvo – Do Pré-escolar ao Universitário, Adultos e Seniores (possibilidade de adaptação a outros grupos)
  • Ingresso – 3 €
  • Marcação prévia obrigatória.

Talha Dourada: Materiais, teoria e demonstração de produção e recuperação

Visita temática + Oficina complementar

Dada a presença e grande profusão de Talha Dourada no Museu e a sua importância no contexto político/cultural e desenvolvimento técnico e artístico do Barroco lusitano, com esta visita pretende-se sensibilizar o público para a vertente de produção de uma das expressões artísticas mais “portuguesa” da História da Arte, com grande impacto para o Norte de Portugal e, deveras, uma das coleções mais numerosa do Museu de Lamas.

Nesse sentido, e em suma, no decurso e programação desta visita os conteúdos explorados visam enumerar e demonstrar como era obtida a folha de ouro, a respetiva metodologia de aplicação e preservação, diferenciando também a presença de Talha dourada com purpurina. Uma panóplia de procedimentos que a par de sinalizarem as etapas da técnica de produção original, enfatizam mais uma vez a importância da Conservação e Restauro na continuidade da existência destes elementos, remanescentes de uma prática tão singular na História do Património e Arte Portuguesa.

  • Diariamente – 10h-12h/14:30h-16:30h
  • Público-alvo – Do Pré-escolar ao Universitário, Adultos e Seniores (possibilidade de adaptação a outros grupos)
  • Ingresso – 3 €
  • Marcação prévia obrigatória.

“A minha família vai ao Museu! E a tua?!”

Um domingo por mês, assegurando e cumprindo as normas de segurança que a contingência atual exige, lançamos um convite especial para as famílias: visitar o Museu e participar nas diferentes atividades educativas que promovemos ao longo do ano…

O Museu vai ter contigo

O Museu vai ter contigo tem como objetivo levar e promover atividades do Serviço Educativo junto de diferentes públicos integrados em instituições (que não apresentam meios para se deslocar ao nosso complexo museológico), e assim proporcionar momentos lúdico-pedagógicos enriquecedores. Ao valor da Oficina (3€ por participante – mínimo 10, máximo 25) acresce uma taxa de deslocação (valor sob consulta).

Atividades temporárias – Dias especiais

Em circunstâncias normais, ao longo do ano o Serviço Educativo do Museu assegurava, em número bastante significativo, a promoção de diversas atividades (das quais destacamos, entre muitas outras, visitas orientadas, jogos, teatros de sombras, oficinas de expressão plástica ou exposições), relacionadas com o contexto sociocultural do calendário nacional e internacional, tentando, sempre que possível, associar as devidas temáticas invocadas à sua coleção permanente.

Nestes tempos e conjuntura atípica, tentaremos dentro do possível, de forma segura e diferenciadora, mas devidamente adaptada à exigência da circunstância atual, dinamizar o máximo de atividades educativas no nosso espaço museológico.

Garantindo prevenção, segurança e adaptabilidade total à contingência, na definição da programação de Serviço Educativo 21/22 e respondendo às necessidades ímpares dos tempos correntes, o quadro técnico do Museu encetou todos os esforços para assegurar a manutenção da variedade e qualidade lúdica e programática da nossa oferta. Sem dúvida um apanágio e “marca distintiva” da componente educativa do Museu de Lamas na última década.

De acordo com esse intuito, a calendarização do programa de Serviço Educativo 2021/22 contempla, nos devidos meses assinalados, as seguintes referências temporárias:

  • Setembro – Jornadas Europeias do Património
  • Outubro – Halloween
  • Dezembro – Natal
  • Janeiro – Festa das Fogaceiras
  • Fevereiro – Dia dos Afetos
  • Março – Dia da Mulher, Dia do Pai e Dia da Árvore e da Floresta
  • Abril – Dia Internacional dos Monumentos e Sítios e Dia da Mãe
  • Maio – Dia da Família e Dia Internacional dos Museus
  • Junho – Dia da Criança e Santos Populares
  • Julho – Dia dos Avós e “Pequenos Artistas”- área temática do Museu na Viagem Medieval em Terra de Santa Maria
  • Agosto – “Pequenos Artistas”- área temática do Museu na Viagem Medieval em Terra de Santa Maria.

Atividades temporárias – Quadras festivas

Uma forma divertida, segura e pedagógica de passar as férias escolares!

  • Oficina de Natal
  • Oficina de Carnaval
  • Oficina de Páscoa
  • Oficina de Verão

Para mais informações e marcações, contacte-nos: 22 744 74 68 ou [email protected].

Ingressos

  • Adulto: 3€
  • Seniores, Estudantes, portadores de Cartão-jovem: 2€
  • Gratuito: Crianças com menos de 5 anos (apenas visitas gerais)
  • Todas as VISITAS COM OFICINA têm valor de ingresso de 3€
  • Horário de Funcionamento
  • 9:30h – 12:30h e 14h – 17h*
  • Encerrado: Domingo de Páscoa, 1 de maio, 1 de novembro, 24 a 26 de dezembro, 31 de dezembro e 1 de janeiro.

*Entre maio e setembro até às 17:30h.

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<