Família > Agenda Família > Contos e Leitura

Poesia-me: Ciclo de leituras para a infância

Poesia-me- ciclo de leituras para a infância

Coordenação e selcção de textos : Inês Fonseca Santos

Eis um lanche poético para os mais novos. Que pode ser maluco, como o da Alice; meloso, como os do Urso Puff; ou inusitado, como o que o Calvin fez para caçar o Hobbes. Quer isto dizer que será sempre imprevisível.

Por incluir palavras. Que podem ser comidas: elas vão estar entre bolos, bolachas, sumos e chá, enfiadas em poemas que serão partilhados na companhia de quem os escreveu, desenhou ou de quem os queira transformar em sons, às vezes tocados, às vezes cantados, e sempre ditos em voz alta.

Esta temporada voltamos a desafiar duplas de imprevisíveis como Afonso Cruz, Marta Bernardes, Paulo Condessa, Crista Alfaiate, António Jorge Gonçalves, Ainhoa Vidal, Marta Madureira, Adélia Carvalho, Rita Taborda Duarte, Pedro Proença ou João Fazenda, entre outros.

Próximas datas do Poesia-me:  7 abr, 12 mai, 30 jun

7 ABR – POSSO PASSAR?

Marta Madureira e Adélia Carvalho

A crocodila Dalila é muito mandona e acorda sempre muito refilona. Até tem a mania que é a porteira do rio. Um rei que era muito pateta, mancava de uma perna e era careca tinha a mania que podia fazer o que bem lhe apetecia: até caçar elefantes! Mas, às vezes, de onde menos se espera aparece uma pequena ou grande coisa capaz de passar uma rasteira aos mais poderosos. É preciso técnica, claro, por vezes, uma ou outra rima, e isso é o que nos vão ensinar a Adélia Carvalho e a Marta Madureira.

12 MAI – HISTÓRIAS SEM LUZ ELÉCTRICA

António Jorge Gonçalves e Crista Alfaiate

Ondjaki e António Jorge Gonçalves são fãs e criadores de histórias sem luz eléctrica. A mais recente que inventaram chama-se O Convidador de Pirilampos” e vai ser partilhada connosco pela voz da Crista Alfaiate e os desenhos do António Jorge Gonçalves. Vai ser caso para se “cientistar” o mundo e descobrir para que serve um “aumentador de caminhos”, ou um “unóculo”, ou essa coisa extraordinária que é um “convidador de pirilampos”.

30 JUN – ANIMAIS MINUSCULÍSSIMOS

Rita Taborda Duarte e Pedro Proença:

Há uma quantidade de bicharada muito mais pequenina que a migalha da migalha, a penugem de um pezinho ou a poeira de poalha. Quem os descobriu foi a Rita Taborda Duarte, até os descreveu em poemas, e depois o Pedro Proença desenhou-os. Com a ajuda deles, nesta sessão, vamos tentar avistar estes animais minusculíssimos que nem se vêem a olho nu. Tragam óculos, binóculos e telescópios…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *