Família > Agenda Família > Música, Teatro e Filmes

Monstrinha: Filmes para os mais novos

Quais as melhores atividades para crianças em 2018? Monstrinha 2018

A MONSTRA I Festival de Animação de Lisboa regressa de 8 a 18 de março para celebrar os seus 18 anos, com a monstrinha, para miúdos e graúdos e uma programação especial para pais e filhos!

A MONSTRINHA, secção de filmes para Pais e Filhos da Monstra | Festival de Animação de Lisboa, está de regresso a Lisboa, com sessões no Cinema São Jorge, Cinema Ideal, Museu Nacional de Etnologia e Cinema City Alvalade, durante os dois fins-de-semana do Festival, que este ano se realiza entre 8 e 18 de março.

Aos 18 anos adquire-se, normalmente, a maioridade. Mas há exceções. Apesar dos seus 18 anos a MONSTRINHA continua uma menina como a cidade que a viu nascer, como os meninos e meninas que anualmente a visitam e com ela se enchem de alegrias, pensam, choram, aplaudem, riem, emocionam.

“A Idade da Pedra”, realizado por Nick Park (vencedor de quatro Óscares® da Academia), e produzido pelos estúdios de animação britânicos Aardman (“A Fuga das Galinhas”, “A Ovelha Choné”, “Wallace & Grommit”) tem estreia absoluta na Monstra.

O filme, que é apresentado no Cinema São Jorge no dia 7 março, às 19h30, um dia antes do arranque oficial do Festival, conta a história do corajoso herói Dug, um homem das cavernas destemido e aventureiro que consegue unir a sua pacata tribo da Idade da Pedra para lutar numa batalha contra os poderosos inimigos da Idade do Bronze, liderados por Lord Nooth.

Além da estreia desta longa-metragem, são também apresentados pela primeira vez no nosso país os filmes “Os Comedores De Meias” (The Oddsockeaters), realizado por Galina Miklinova da República Checa, e “Escola De Coelhos” (Rabbit School) do alemão Ute von Münchow-Pohl. Ambos os filmes integram a secção competitiva de longas-metragens.

Como nesta edição o país homenageado é a Estónia, o Festival apresenta uma longa-metragem estónia dedicada ao público mais novo, “Lotte e o Segredo da Pedra da Lua” (Lotte and the Moonstone Secret), de Janno Põldma e Heiki Ernits e uma sessão de curtas estónias.

Uma das novidades deste ano são as Sessões Descontraídas, no Cinema São Jorge, sessões de cinema destinadas a públicos que prefiram um ambiente com níveis reduzidos de ansiedade, pessoas com deficiências sensoriais, sociais ou de comunicação.

E a pensar nas necessidades dos mais pequeninos, o Festival continua a programar o Baby Monstra, sessões gratuitas para bebés e crianças até aos 3 anos, permitindo a entrada e saída da sala.

Além das sessões de cinema, vão realizar-se durante o Festival oficinas de animação para Pais e Filhos, orientadas por Francisco Lança e Fernando Galrito, diretor da MONSTRA.

Composta por um programa bem recheado, pais e filhos podem contar com:

O Festival de Animação de Lisboa | MONSTRA nasceu no ano 2000 com o objectivo de celebrar a transversalidade artística, fazer encontrar pessoas de diferentes artes, transmitir novos olhares artísticos, usando como base a linguagem mais pluridisciplinar que conhecemos, o Cinema de Animação.