Família > Passear > Sitios a visitar

Mergulhe em família no Oceanário de Lisboa

Preparados para conhecer a vida marinha ao pormenor?

Na Pumpkin adoramos o Oceanário de Lisboa e não perdemos uma oportunidade de o visitar!

Na visita a este incrível aquário podemos conhecer 4 habitats distintos – à superfície e debaixo de água – que convergem no centro do edifício, criando a percepção da continuidade dos oceanos.

É uma excelente oportunidade de sensibilizar as crianças (e os adultos) para a importância da conservação da biodiversidade. Além disso, como está enquadrado na paisagem junto ao rio, é um local perfeito para passar um dia agradável.

O Oceanário organiza imensas atividades divertidas para famílias e para crianças de todas as idades, começando logo em bebés com concertos que eles adoram.

Se quiserem conhecer outros oceanários em Portugal, existem muitos locais onde podem aprender mais sobre a vida marítima.

A Família Pumpkin no Oceanário

Aquilo de que que gostamos mais nas nossas visitas ao Oceanário de Lisboa é da oportunidade de observar os animais marinhos de perto, quase como se estivéssemos a mergulhar com eles. E quem é que resiste às acrobacias das adoráveis lontras marinhas?

Também gostamos muito da Casa do Vasco, onde todos são convidados a entrar, explorar e descobrir os conselhos deste super-herói para proteger a natureza e o planeta. Um espaço para explorar, tocar, ver, carregar, ouvir, espreitar, acender, apagar, dar asas à imaginação e até escorregar.

Igualmente importante é a informação sobre quais os peixes a comprar, para evitar o consumo de espécies sobre-pescadas, e que podemos trazer para casa.

Não foi em vão que as famílias portuguesas votaram em massa no Oceanário de Lisboa como um dos 10 serviços finalistas nas categorias “As melhores Atividades para o fim-de-semana” e “As Melhores Atividades para Bebés” na 4ª edição dos Pumpkin Awards (2018).

Mergulhar de cabeça: que animais visitar no Oceanário?

Há tanto para ver no Oceanário que o difícil é escolher quais os animais que têm mesmo que procurar naquele imenso azul – ou quais as zonas de aquário imperdíveis. Mas tentámos!

Exposição Temporária “Hooked on Life”, de Vincent Mock

Vincent Mock_Hook on Life_ Oceanario de Lisboa

O Oceanário de Lisboa apresenta atualmente no átrio uma exposição temporária com obras do artista plástico holandês Vincent Mock. “Hooked on Life” é a maior exposição alguma vez feita pelo artista e é incrível, uma verdadeira homenagem aos últimos gigantes do oceano e uma expressão do profundo fascínio do artista pelo mundo natural.

As esculturas expostas de animais marinhos em tamanho real são construídas com anzóis. Esta exposição pretende alertar para o ritmo alarmante da exploração dos recursos marinhos que leva ao seu esgotamento.

Através das suas obras, o artista desperta uma dualidade de sentimentos nos visitantes; por um lado o êxtase e espanto pela beleza e magnitude destes gigantes do oceano e, por outro, a preocupação com a pesca que os põe em risco, materializada pelo detalhe dos anzóis.

Impressionem-se com as incríveis instalações de tartaruga-de-couro, tubarão-raposo e tubarão-anequim, criadas especialmente para esta mostra.

Vincent Mock pretende usar a arte para sensibilizar, despertando o interesse do público para a necessidade urgente de conservar o oceano.

Podem visitar esta exposição no Oceanário de Lisboa até 30 de setembro de 2019 e não acresce qualquer custo ao bilhete de visita da exposição permanente.

Exposição Permanente

Oceanário de Lisboa

Um grande aquário central, com 5 milhões de litros de água salgada, que representa quatro habitats marinhos e que cria a ilusão de que estamos perante um só aquário e um só oceano.

A visita desenrola-se em dois níveis, o terrestre e o subaquático, atravessando as águas temperadas, tropicais e frias dos diferentes oceanos do planeta.

Ao percorrerem a exposição permanente, vão poder descobrir tudo sobre as aves, os invertebrados, os peixes, os anfíbios, os mamíferos e as plantas e algas que compõem a vida marinha. Conhecem o Pinguim-saltador-da-rocha? Vão ficar fascinados com as cores da anémona-de-areia! Ah! Será que vão conseguir encontrar o “Nemo” e a “Dory” em algum aquário?

Aquário de Sardinhas

Oceanário de Lisboa tem um novo aquário de sardinhas

Não podemos deixar de destacar este!

A sardinha, Sardina pilchardus, é uma das espécies mais reconhecidas pelos portugueses, sendo um símbolo da cultura popular e com um papel muito relevante na economia do país, já que é uma das espécies mais capturadas e consumidas em Portugal. Podem observar um cardume de sardinhas num novo aquário que recria as águas do Atlântico na exposição permanente.

O Oceanário de Lisboa, com este projeto, reforça o seu papel de agente de sensibilização para uma mudança de comportamentos, disponibilizando duas ferramentas para auxiliar o consumidor a optar por uma escolha consciente e sustententável.

Cartão S.O.S permite consultar quais as espécies marinhas que se podem consumir sem preocupações, quais as que se podem escolher de forma moderada e quais se devem evitar por apresentarem problemas quanto ao seu método de captura ou criação.

Também a régua “Deixa-me crescer”, que indica o tamanho mínimo legal de captura dos peixes e mariscos mais comuns, contribui para aumentar a consciência das nossas escolhas de consumo.

Tubarão-de-Port-Jackson

Nascidos no Oceanário entre 2013 e 2015, quatro machos e uma fêmea de tubarão-de-port-jackson podem agora ser observados no aquário dos “Peixes do sul da Austrália”, que recria o seu habitat natural, onde vivem com outras espécies, como o peixe-bobo-de-faixa-negra, a zebra-de-armadura, o riscadinho e a viola-de-faixas.

Enquanto juvenis, são alimentados duas vezes por dia, com peixes, camarões e lulas.

Os tubarões-de-port-jackson juntam-se assim ao vasto conjunto de outras espécies que se reproduzem no Oceanário, como as lontras-marinhas, as uges-redondas ou os pinguins-de-magalhães, comprovando o seu papel fundamental na promoção do conhecimento científico e na conservação da biodiversidade marinha.

Lontras do Alasca

lontras marinhas

A lontra-marinha é o mamífero mais pequeno e o mais recente no oceano, onde vive há apenas cerca de cinco milhões de anos. É o único mamífero marinho que ainda apresenta características de animais terrestres: patas dianteiras como o cão, dentição de carnívoro, orelhas e até sobrancelhas. Utiliza ferramentas, conseguindo partir conchas com pedras.

A Amália e o Eusébio já partiram, mas as suas “crias” continuam a fazer as delícias dos visitantes do Oceanário!

Festas de aniversário do Oceanário

festas-oceanário

Uma festa de aniversário tem de ser especial, por isso, além dos amigos e dos pais, juntam-se à festa o peixe-lua, a manta, o tubarão-touro, a lontra-marinha e o rei da animação: o peixe-palhaço.

A brincar também se aprende a fazer a diferença para proteger o planeta de forma divertida. Como é dia de festa, o aniversariante está duplamente de parabéns: sopra as velas e aprende a defender o oceano. Parabéns aos amigos também!

Podem escolher diferentes festas: a “Operação Pinguim”, a “C.S.I. – Ciência Sob Investigação” e a “Dormindo com os Tubarões”.

Conheçam todos os detalhes das Festas de Aniversário do Oceanário!

Eventos no Oceanário

Podem celebrar com o Oceanário todas as datas especiais para a vossa família, que oferece também alguns programas diferentes a pensar nos mais novos.

Ah! Para todas as atividades é recomendável reservar com muita antecedência porque as vagas são limitadas (o nosso Concerto para Bebés, por exemplo, foi reservado com mais de um mês de antecedência).

As perguntas mais frequentes sobre o Oceanário

Qual é o horário de funcionamento do Oceanário?

O Oceanário está aberto das 10h às 19h, sendo a última entrada às 18h.

Horário de verão: das 10h às 20h (última entrada às 19h), a partir de 30 de março de 2019.

Quais são os preços do Oceanário?

Crianças até aos 3 anos têm entrada gratuita.

Dos 4 aos 12 anos, o bilhete tem o custo de 10€ (exposição permanente) e 12€ (exposição permanente+temporária).

Dos 13 aos 64 anos, o bilhete tem o custo de 18€ (exposição permanente) e 15€ (exposição permanente+temporária).

Para pessoas com mais de 65 o bilhete tem o custo de 10€ (exposição permanente) e 12€ (exposição permanente+temporária).

Podem também adquirir o Pack Família (2 adultos + 2 crianças até 12 anos, criança extra 6,10€) por 39€ (exposição permanente) e 47€ (exposição permanente+temporária).

Comprem já os vossos bilhetes para visitar o Oceanário de Lisboa!

O que é o Programa Membership do Oceanário?

MembershipOceanário

É um programa que permite desfrutar de acesso ilimitado a todas as exposições e contribuir ativamente para a conservação dos oceanos.

Membro Individual

| 35€, para 1 pessoa, válido por 1 ano.

Membro Família

| 85€ (inclui 4 cartões: 2 adultos + 2 crianças ou 2 seniores, com possibilidade de adição de mais elementos pelo valor de 30€ cada), válido por 1 ano.

Onde é que posso encontrar descontos para o Oceanário?

Neste momento não existem descontos disponíveis para visitarem o Oceanário. Vejam os descontos ativos na Pumpkin.

Como é que podemos chegar ao Oceanário de Lisboa?

O Oceanário de Lisboa está localizado na Doca do Olivais, no Parque das Nações. A morada do Oceanário é a seguinte:

Esplanada Dom Carlos I s/nº, 1990-005 Lisboa

Podem também chegar ao Oceanário de transportes públicos.

A estação do Oriente articula toda a rede de transportes públicos que serve a zona oriental de Lisboa, como o Metro, autocarros e todos os comboios da Linha de Sintra (Amadora e Campolide) e Linha do Norte, para além de uma praça de Táxis.

Autocarros (Carris):

Paragem mais próxima do Oceanário: Estação do Oriente.

Podem apanhar os autocarros número 5, 25, 28, 44, 708, 750, 759, 782, 794.

Metro:

Linha vermelha – Estação do Oriente.

Acessos Ferroviários:

Serviços Alfa Pendular e Intercidades, Comboios inter-regionais e regionais com ligação ao norte e ao sul do país e Linha da Azambuja – serviço suburbano Lisboa-Azambuja.

O Oceanário tem estacionamento?

O Oceanário não tem estacionamento próprio, mas existem vários Parques próximos onde podem deixar o carro.

Parque Oceanário: 274 lugares.

Parque da Doca: 700 lugares.

FIL: 830 lugares.

Torre Vasco da Gama: 250 lugares.

Parque da Estação do Oriente: 2000 lugares.

O Oceanário tem programas para escolas?

Sim! Conheçam o programa do Oceanário para escolas para o ano letivo 2018/2019.

Contatos do Oceanário:

Email: [email protected]

Telefone:+351 218 917 000

Podem também visitar o site do Oceanário.

Também lhe pode interessar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *