Família > Agenda Família > Festivais, Mercados e Outras atividades

10ª Edição do Festival das Artes

Festival das Artes

De 13 a 22 de Julho, o Festival das Artes volta a encher a Região Centro de música, magia, artes plásticas, cinema e muito mais, com atividades para toda a família!

A 10.ª edição do Festival das Artes começa no dia 13 de Julho, sexta-feira, e a primeira semana demonstra a abrangência da programação, destacando diversas expressões artísticas nas quais o tema deste ano – Amores e Desamores – é fonte contínua de criação.

O Concerto de Abertura, no dia 13 de Julho, às 21h30, no Convento de S. Francisco, abre o Ciclo da Música tendo como mote o Amor Fatal.

Abertura Fantasia Romeu e Julieta, de Piotr Ilitch Tchaikovsky, Concerto para violino nº 1, em sol menor, Op. 26, de Max Bruch e a Parte II – O Grande Sacrifício da obra Sagração da Primavera de Igor Stravinski são obras em que a emoção é a base de ligações intensas e que a Orquestra Filarmónica Portuguesa, sob a batuta do maestro Osvaldo Ferreira, e o violinista Yang Liu, nos apresentam.

No sábado, 14 de Julho, o Ciclo das Artes Plásticas inaugura, às 18h00, a exposição Os quadros também se namoram, no Edifício Chiado, com os Amores e Desamores patentes na obra da pintora Graça Morais pertencente à colecção privada Paço d’Arcos.

No mesmo dia, mas às 21h30, a Igreja do Convento de S. Francisco recebe o concerto Amores na Diáspora, do grupo Sete Lágrimas. Mergulhando nos géneros e formas musicas dos cinco continentes, o grupo arrisca novas formas interpretativas de reportórios populares e eruditos, do século XVI ao século XX, criando uma viagem em vertigem experimental.

Domingo, 15 de Julho, o Museu Nacional Machado de Castro inicia, às 11h00, a Viagem da Ternura |O Amor Materno do Oriente a Ocidente. Um percurso pelo tema da Virgem e do Menino comentado pelo psicólogo Eduardo Sá, através de algumas obras emblemáticas do MNMC, de artistas portugueses, franceses e flamengos, e da exposição “Tesouros Partilhados” | Ícones Russos do Museu Nacional Grão Vasco, que o museu acolhe temporariamente.

A dimensão afectiva é também o ingrediente principal que junta, ainda no domingo, pelas 20h30, no Hotel Quinta das Lágrimas, os chefs Bruno Antunes, Tiago Bonito, Dionísio Ferreira e Vítor Dias, no momento gastronómico Amor às Lágrimas.

O Festival das Artes continua na semana seguinte com uma sessão de cinema única, duas orquestras portuguesas, um bailado que entrelaça os amores de Pedro e Inês, workshops e muitas outras atividades.

Programação completa do Festival das Artes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *