Família > Agenda Família > Atividades nas Férias

Férias de Verão na Fundação Calouste Gulbenkian

Férias de Verão na Fundação Calouste Gulbenkian

As férias de verão aproximam-se e mais uma vez pensámos em atividades para crianças dos 5 aos 15 anos nos diferentes espaços da Fundação Calouste Gulbenkian.

À procura de oficinas criativas giras, giras?

O verão aproxima-se e com ele as “férias grandes”. Mais uma vez, a Fundação Calouste Gulbenkian pensou em formas diferentes de crianças e jovens passarem estas férias, participando em oficinas de artes plásticas, desenho, movimento e jogos teatrais, no Museu Calouste Gulbenkian.

De 2 de julho a 7 de setembro de 2018, de segunda a sexta-feira das 10:00 às 17:30, para crianças e jovens dos 5 aos 15 anos.

Não deixe de verificar a disponibilidade das oficinas diretamente com a Fundação Gulbenkian 🙂

Espreite o programa de oficinas de Férias de Verão na Fundação Calouste Gulbenkian

Deixa-te de cenas! O museu como palco – Oficina de artes plásticas, movimento e jogo teatral

Deixa-te de Cenas - Verão Gulbenkian

 

  • Deixa-te de cenas! O museu como palco
  • 2–7 JUL; 20–24 AGO / SEG–SEX
  • 10:00–13:00, 14:30–17:30
  • DURAÇÃO 30 HORAS (5 SESSÕES DE 6 HORAS)
  • COLEÇÃO DO FUNDADOR E COLEÇÃO MODERNA
  • 5–7 ANOS; 8–11 ANOS
  • MÍN. 10 – MÁX. 15 POR GRUPO ETÁRIO / 95€

Luzes! Ação! Personagens em campo. O museu é um grande palco.

As obras (pinturas, esculturas, desenhos) e os visitantes (grandes, pequenos, lentos, rápidos, barulhentos ou silenciosos) coexistem num mesmo território, interagindo uns com os outros, criando relações. Uns movem-se, outros não; uns estão iluminados, outros na sombra; uns contam histórias, outros tornam possível o contar das histórias, mas todos fazem parte de uma grande e incrível cenografia, que convida o corpo a habitar de forma especial.

Nesta oficina, exploraremos o jogo teatral e o movimento enquanto ferramentas fundamentais para habitar o museu. Trabalharemos a partir das linguagens do teatro, da dança e das artes plásticas, pensando o espaço do museu como um grande palco, onde podemos encenar e reinventar continuamente.

Conceção e orientação: Joana Andrade, Joana Manaças, Madalena Marques, Tânia Cardoso

Manobras de risco – Oficina de desenho e movimento

Manobras de risco

 

  • 2–7 JUL; 20–24 AGO / SEG–SEX
  • 10:00–13:00, 14:30–17:30
  • DURAÇÃO 30 HORAS (5 SESSÕES DE 6 HORAS)
  • COLEÇÃO DO FUNDADOR E COLEÇÃO MODERNA
  • 12–15 ANOS
  • MÍN. 10 – MÁX. 15 POR GRUPO ETÁRIO / 95€

Um museu pode ser uma zona de risco?

Na verdade, todos contracenam neste espaço – obras e pessoas. Todos nós nos movemos de forma diferente num espaço com ou sem obras de arte, com ou sem iluminação. Todos adotamos uma postura diferente, um tom de voz mais ou menos contido, conforme estejamos dentro ou fora, sozinhos ou em grupo. Esta oficina é sobre tudo isto e coisa nenhuma. É sobre a relação do nosso corpo com o espaço do museu, sobre o risco enquanto sensação, mas também enquanto desenho e movimento.

Durante uma semana, a partir de técnicas do movimento e do desenho, vamos explorar outras formas de habitar e contracenar com o espaço do museu e as suas obras, fazendo dos atos de riscar e desenhar instrumentos de criação e libertação. Preparado?

Conceção e orientação: Rui Horta Pereira, Susana Guerreiro

Cartazes audazes para miúdos sagazes! – Oficina de filosofia e artes plásticas

Cartazes audazes para miúdos sagazes!

 

  • Cartazes audazes para miúdos sagazes!
  • 9–13 JUL; 30 JUL–3 AGO / SEG–SEX
  • 10:00–13:00, 14:30–17:30
  • DURAÇÃO 30 HORAS (5 SESSÕES DE 6 HORAS)
  • COLEÇÃO DO FUNDADOR E COLEÇÃO MODERNA
  • 5–7 ANOS
  • MÍN. 10 – MÁX. 18 POR GRUPO ETÁRIO / 95€

Um cartaz é uma ferramenta poderosa que nos permite dizer coisas de forma visual, para que todos reparem. Colar, recortar, rasgar, desenhar, pintar… pensar! Muitos são os artistas que usam estas e outras técnicas para fazer um cartaz, salientar uma ideia, chamar a atenção dos nossos olhos. Este é o convite que vos fazemos também. Utilizando técnicas variadas de impressão e construção e muita criatividade, vamos criar manifestos criativos sobre temas que nos importam e que queremos comunicar a quem nos rodeia.

Conceção e orientação: Marc Parchow, Rita Luiz, Sofia Martinho

Fazedores de lugares – o grande jogo – Oficina de filosofia e artes plásticas

fazedores de lugares Verão Gulbenkian

 

  • Fazedores de lugares – o grande jogo
  • 9–13 JUL; 30 JUL–3 AGO / SEG–SEX
  • 10:00–13:00, 14:30–17:30
  • DURAÇÃO 30 HORAS (5 SESSÕES DE 6 HORAS)
  • COLEÇÃO DO FUNDADOR E COLEÇÃO MODERNA
  • 8–11 ANOS; 12–15 ANOS
  • MÍN. 10 – MÁX. 15 POR GRUPO ETÁRIO / 95€

Como nascem os lugares? Como cresce uma comunidade? Como se organiza e quem decide as suas leis?

Ao longo de uma semana, vamos ser construtores de lugares coletivos. Divididos em duas comunidades separadas por uma parede, num grande jogo de construção, vamos começar pelo princípio das coisas, desenhando um lugar à nossa medida: flutuante, aéreo, subterrâneo. Um lugar com caminhos, casas e espaços para descansar e pensar, como num jogo, como na vida!

Duas comunidades vizinhas, que crescem sem se ver: Como somos nós? Quem serão os outros? Como será o outro lado? Serão muito diferentes? Saberemos conviver? No fim da semana ficaremos a conhecer o projeto de ambos os coletivos e poderemos, enfim, responder àquelas perguntas.

Esta é uma oficina de filosofia e de criação artística, que combina momentos de debate com exercícios de criação plástica.

Conceção e orientação: Carla Rebelo, Raquel Feliciano, Rita Cortez Pinto, Susana Pires

Novos manuais para reinventar o mundo – Oficina de livros de artista e pensamento criativo

Novos manuais para reinventar o mundo – exercícios de sustentabilidade!

 

  • Novos manuais para reinventar o mundo – exercícios de sustentabilidade!
  • 16–20 JUL; 3–7 SET / SEG–SEX
  • 10:00–13:00, 14:30–17:30
  • DURAÇÃO 30 HORAS (5 SESSÕES DE 6 HORAS)
  • COLEÇÃO DO FUNDADOR E COLEÇÃO MODERNA
  • 5–7 ANOS; 8–11 ANOS; 12–15 ANOS
  • MÍN. 5 – MÁX. 15 POR GRUPO ETÁRIO / 95€

Como fazer um manual para reinventar o mundo? Como reinventar o nosso olhar e a nossa ação sobre aquilo que nos rodeia?
Inspirados pelo livro Como Ser um Explorador do Mundo, de Keri Smith, e pela coleção de livros de artista da Biblioteca de Arte, durante esta semana enfrentaremos o desafio de criar um manual que nos incentiva a explorar, refletir, experimentar e propor novas maneiras de ver e viver o mundo à nossa volta, de forma sustentável. Um livro criativo, curioso, surpreendente, no qual as muitas técnicas artísticas (desenho, colagem, dobragem, assemblagem, recoleção) se juntam para nos ajudarem a reinventar continuamente o mundo em que vivemos e a mantê-lo saudável para as próximas gerações. Vamos já começar a fazer a lista de tarefas: reparar nas coisas, documentar as descobertas, ouvir o outro e o ambiente à nossa volta, investigar com todos os sentidos, recusar e reduzir, reutilizar e reciclar…

Conceção e orientação: Ana João Romana, Ana Marreneca, Ana Pêgo, Hugo Barata, Miguel Horta, Paula Ribeiro

Ventos de outras paragens – Oficina de artes plásticas e cruzamento de culturas

Ventos de outras paragens – exercícios de deslocação

 

  • Ventos de outras paragens – exercícios de deslocação
  • 23–27 JUL; 27–31 AGO / SEG–SEX
  • 10:00–13:00, 14:30–17:30
  • DURAÇÃO 30 HORAS (5 SESSÕES DE 6 HORAS)
  • COLEÇÃO DO FUNDADOR E COLEÇÃO MODERNA
  • 5–7 ANOS; 8–11 ANOS; 12–15 ANOS
  • MÍN. 5 – MÁX. 15 POR GRUPO ETÁRIO / 95€

Quem somos? E como sabemos quem somos? Somos um? Somos muitos? Somos a língua que falamos? A paisagem em que crescemos? O país onde nascemos? As viagens que fazemos? As pessoas que conhecemos?
Somos tudo isto e muito mais. Somos tantas coisas que vale a pena refletir sobre isto. Nesta oficina, trabalhamos questões de identidade. Queremos conhecer-nos, conhecer os outros, cruzar ideias, histórias, línguas, viagens, memórias. Durante esta semana, vamos viajar dentro e fora de nós, dentro e fora do Museu, entre o Oriente e o Ocidente, o Norte e o Sul, e vamos perceber que cada viagem, cada novo lugar, cada nova palavra, cada nova prática nos oferece muito mais do que imaginámos e nos deixa muito mais ricos. Queres vir viajar connosco?

Conceção e orientação: Carlos Carrilho, Catarina Claro, Maria Remédio, Sara Inácio, Sílvia Moreira, Sofia Cabrita

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

  • As oficinas custam 95€/semana. Preveem a possibilidade de acompanhamento à hora do almoço: 15€/semana (bilhetes à venda online e nas bilheteiras).
  • Não se fornece almoço.
  • Recomenda-se trazer almoço-piquenique, lanche para o meio da manhã/tarde, água e chapéu.
  • Assegura-se o acolhimento das crianças das 9:00 às 9:45 no Edifício Sede da Fundação.
  • A partir dessa hora até ao início da atividade, o ponto de encontro será no Museu Calouste Gulbenkian – Coleção Moderna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *