Família > Agenda Família > Oficinas artísticas

Famílias em Serralves | Visitas em Família

Visitas em Família - Serralves

Todos os fins de semana há atividades para famílias em Serralves. No dia 26 de Março a proposta são Obras em Conversa!

OBRAS EM CONVERSA para famílias, na exposição PHILIPPE PARRENO: A TIME COLOURED SPACE, com Raquel Sambade e Sónia Borges, educadora.

O programa OBRAS EM CONVERSA propõe que o público e a equipa do Serviço Educativo construam discussões e derivas a partir de uma única obra destacada das exposições patentes no Museu.

 

 

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves apresenta uma grande exposição do artista francês Philippe Parreno (Orã, Argélia, 1964). A primeira mostra do artista em Portugal ocupa a totalidade do Museu e é concebida em diálogo com a arquitetura de Álvaro Siza, numa continuação do programa de exposições de artistas aclamados internacionalmente que exploram o contexto singular de Serralves. Parreno tem uma relação especial com o Porto desde que aqui rodou o seu filme “C.H.Z” (Continuously Habitable Zones), para o qual criou o cenário uma paisagem extraterrestre nos terrenos de uma propriedade privada perto de Famalicão, a norte do Porto.
Esta exposição de grande escala, que pode ser vista como um mapeamento do trabalho de Parreno desde os anos 1990, é estruturada à volta das ideias de série e de repetição. Entre os trabalhos incluídos na exposição estão instalações das suas “Speech Bubbles” (1997 até à atualidade), balões de hélio inspirados nas “Silver Clouds” (1966) de Andy Warhol com a forma de desenhos animados que flutuam rente ao teto; Fraught Times: For Eleven Months of the Year it´s an Artwork and then December it´s Christmas(2008), uma série de 11 esculturas moldadas como árvores de Natal cobertas de neve com uma evocação do poeta espanhol Federico Garcia Lorca; e mais de 180 dos extraordinários desenhos a tinta de Parreno que formam a série Fireflies, criada num período de quatro anos. A instalação de Quasi Objects: Marquee (cluster), que integrou recentemente a Coleção de Serralves, em que uma composição para piano anima uma monumental marquise, rodeada de uma série de peixes flutuantes serve como mestre marionetista para 3 as dimensões fundamentais da exposição: som, espaço e tempo.

 

Lotação: 25 pessoas

Acesso família: 5€ família (válido até um máx. de dois adultos participantes acompanhados de crianças até aos 12 anos; nr. livre de crianças até aos 12 anos, sempre que acompanhadas pelos responsáveis)

Acesso individual: mediante aquisição de bilhete Museu

Programa