Família > Agenda Família > Oficinas artísticas

Celebre o Dia Internacional da Mãe Terra na Gulbenkian

O Dia Internacional da Mãe Terra é celebrado no dia 22 de Abril para nos lembrar que a Terra e os seus ecossistemas nos oferecem vida e sustento e a Gulbenkian propões dois dias de festa!

É nossa responsabilidade coletiva promover a harmonia com a natureza e com a Terra, para alcançar um justo equilíbrio entre as necessidades económicas, sociais e ambientais das gerações presentes e futuras da humanidade.

Ao longo destes dois dias, vamos refletir sobre os desafios relacionados com o bem-estar do planeta e de toda a vida que ele suporta, com a cidadania global, as comunidades sustentáveis e a educação enquanto alicerce de uma sociedade amável, responsável e justa, através da projeção de filmes, sessões com contadores de histórias, oficinas criativas para famílias, debates, troca de ideias e de sementes.

Programação Dia Internacional da Mãe Terra na Gulbenkian:

Dia 21 de Abril:

OFICINA PARA FAMÍLIAS: O tanino – impressão de folhas em tecido

Dia da Terra Gulbenkian - Tanino

O tanino é um princípio corante das plantas que nos permite obter cores-sombra sobre tecidos de fibras celulósicas. Através de um processo simples, descobrimos quais das plantas que nos rodeiam possuem esse princípio tintureiro. Numa T-shirt branca, vamos estampar estas folhas, recorrendo a uma técnica simples que fixa o tanino no tecido, criando T-shirts personalizadas do Dia da Terra.

  • 10:30–11:30; 12:00–13:00; 15:00–16:00
  • Jardim
  • + 6 anos
  • Mín 5 – Máx. 12 / 7,5€ (Adulto+ Criança) / Familiar Adicional – 4€ (Adulto ou Criança)

SESSÕES DE CONTOS – Contos da Terra

Contos Terra - Dia da Terra Gulbenkian

Há muito que as histórias são um meio de compreender a natureza. Há muito que nos ensinam a apreciar os dias longos de verão ou a nudez das árvores no inverno, a não temer os eclipses e os trovões, a entender o sentido secreto do canto das aves. As suas verdades não se encontram nos «porquês» e nos «comos», mas nessa capacidade de sonhar que constrói afetos e que, finalmente, permite conviver sem dominar, compreender ao respeitar, proteger sem esperar recompensas.

Conceção e orientação: Associação Ouvir e Contar, Cláudia Fonseca

  • 11:00–11:30; 14:30–15:00; 16:00–16:30
  • Jardim
  • + 4 anos*
  • Gratuito

As crianças até aos dez anos deverão ser acompanhadas por um adulto. Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

OFICINA DE SERIGRAFIA: Serigrafia na bicicleta – composições de arte e natureza

Gulbenkian Dia da Terra - Serigrafia Bicicleta

Arte e natureza juntas na criação de imagens que nascem de formas naturais do Jardim e se transformam pelas mãos dos participantes em impressões de serigrafia, isto tudo numa oficina sustentável e ecológica que é uma bicicleta!

Formas soltas de flores, folhas formam combinações de imagens em que todos participam numa grande instalação coletiva – um grande estendal de desenhos na natureza, criados a partir da técnica ancestral da serigrafia numa experiência de arte relacional.

Uma performance que é, em simultâneo, uma oficina de serigrafia itinerante; uma oficina que é, ao mesmo tempo, uma performance!

Conceção e orientação: Bruno Lavos Marques, Diogo deCalle – Atelier Ser

Os participantes levam a sua serigrafia para casa. As crianças mais pequenas poderão participar com a ajuda dos pais.

  • 14:20–14:50; 15:00–15:30; 15:40–16:10; 16:20–16:50; 17:00–17:30
  • PInhal – Jardim
  • + 9 anos*
  • Mín. 5 – Máx. 15 por sessão / 2€

VISITA-CONVERSA: A importância das plantas na vida na Terra

Gulbenkian Dia da Terra - Importância das Plantas

Nas últimas décadas, a ação humana nos ecossistemas naturais tem vindo a afetar cada vez mais espécies da fauna e flora do planeta. As profundas intervenções das diferentes atividades humanas têm acelerado o ritmo de extinção de mamíferos e aves. A grande preocupação que existe hoje é a de que o ser humano esteja a provocar o desaparecimento de muitas espécies num curto espaço de tempo, o que poderá conduzir à redução drástica da biodiversidade.

Neste passeio com o botânico Jorge Paiva, vamos perceber qual o papel das plantas na manutenção e regulação da vida no planeta e refletir sobre a dinâmica da interação do homem com os ecossistemas.

Conceção e orientação: Jorge Paiva

  • 12:00–13:00
  • Jardim
  • Mín. 5 – Máx. 25 / Gratuito
  • +12 anos

Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

OFICINA DE DIÁRIOS GRÁFICOS – O caderno dos meus dias

Gulbenkian Dia da Terra - Caderno dos meus dias

Do que mais gostamos quando aqui estamos? Dos raios de sol a bater nas bochechas, de saber qual é a ave que canta assim tão bem? De rebolar na relva e cheirar as flores da madressilva? Será que sabemos identificar, nos pequenos detalhes da vida, quais aqueles que tornam os nossos dias mais deliciosos?

Vamos descobrir no Jardim algumas das coisas que mais nos encantam na natureza. Vamos construir, de raiz, um diário gráfico para as registar, de forma criativa, através do desenho, da colagem e da escrita.

Conceção e orientação: Cláudia Mestre

  • 15:00–17:30
  • Jardim – Edifício Sede
  • 8–12 anos
  • Mín. 8 – Máx. 15 / 7,5€

OFICINA DE EXPRESSÃO CRIATIVA – Somos criadores!

Dia da Terra Gulbenkian - Somos Criadores

O vento a bater nos bambus, a água a escapar entre as rochas da ribeira, as formas e padrões das plantas e dos animais, as cores, os cheiros e os sabores são a nossa matéria-prima.

Somos criadores! Vamos descobrir estes sons, formas, tons, metamorfoses, ciclos e ritmos no Jardim e com eles criar brincadeiras divertidas!

Conceção e orientação: Ana Manta

  • 15:00–17:00
  • Jardim – Edifício Sede
  • 5–8 anos
  • Mín 5 – Máx. 15 / 7,5€

MESA-REDONDA: Afinal o que é a sustentabilidade?

O que é a sustentabilidade?

Para algumas pessoas, sustentabilidade é comer pouca carne; para outras, é nem peixe comer. Para algumas empresas, sustentabilidade é produzir um produto utilizando pouca água; para outras, é produzir um produto reciclável e que integra materiais reciclados.

Com os nossos convidados, vamos descobrir várias maneiras de viver o nosso dia-a-dia de forma mais sustentável, para garantirmos que o único planeta que temos é suficiente para todos.

Convidados: Nuno Brito Jorge (Coopérnico), Tiago Domingos (MARETEC/IST), Natália Henriques (Programa Prove), Bordalo II (escultor), Ana Barbosa (IKEA), Sérgio Ribeiro (Planetiers)

  • 15:00–17:30
  • Sala 1 – Edifício Sede
  • + 16 anos
  • Mín. 10 – Máx. 120 / Gratuito

Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

Dia 22 de Abril

Para Famílias

HISTÓRIA DE MUSEAR – O Jardim de Babaï*

Esta estória musical começa com uma montanha deserta e um Babaï solitário. Mas quem é Babaï, que ao Museu acaba de chegar? É um pequeno cordeiro que, entre os fios da sua lã, guarda estórias persas, melodias e o desejo de plantar um frondoso jardim… E do que precisa Babaï para o seu jardim semear?

Será que as obras de arte do Museu o conseguem ajudar? Juntos, iremos desenrolar os novelos desta estória, viajando entre os vários tapetes e cerâmicas da Coleção, com os sentidos despertos para tudo o que acaba de chegar…Três intérpretes irão guiar o público nos caminhos desta estória escrita em duas línguas (português e persa), enchendo o espaço do Museu de cheiros, ações, melodias e canções que tecem o frondoso Jardim de Babaï… Preparados para viajar?!

Babaï (pronuncia-se Baba-i) é, em iraniano, uma palavra infantil que significa «cordeirinho», equivalente a «memé» em português.

Conceção e orientação: Sofia Portugal, Susana Quaresma, Tânia Cardoso

  • A partir do Núcleo de Arte Islâmnica da Coleção do Fundado e do livro Jardim de Babaï, de Mandana Sadata
  • 10:30–11:20; 11:45–12:30
  • Coleção do Fundador
  • 2–5 anos
  • Mín. 5 – Máx. 18 / 7,5€ (Adulto+ Criança) / Familiar Adicional – 4€ (Adulto ou Criança)

OFICINA – Piquenique de plantas

Hoje é dia de piquenique no Jardim! Não precisamos de trazer muita comida, porque temos aqui, no Jardim, muitas folhas, flores, frutos e sementes comestíveis! Mas só se as conhecermos bem as podemos usar, porque também existem plantas venenosas. Vamos conhecer as plantas comestíveis e fazer coloridos e deliciosos petiscos para o almoço!

Conceção e orientação: Ana Manta, Fernanda Botelho

  • 11:00–12:30
  • Jardim/ Centro Interpretativo Gonçalo Ribeiro Telles
  • 5–10 anos
  • Mín. 10 – Máx. 20 / 7,5€ (Adulto+ Criança) / Familiar Adicional – 4€ (Adulto ou Criança)

Para crianças, jovens e adultos

OFICINA – Puzzle gigante

Vai crescer uma pintura gigante e coletiva no Jardim. O ponto de partida é pequenino e o ponto de chegada é surpresa! Peça a peça, cada um de nós vai criar pedaços de uma imagem, que irá encaixar no sítio certo até chegar ao puzzle final, para descobrir uma paisagem que nos é querida e familiar.

Conceção e orientação: Susana Vilela, Vanda Vilela

  • 10:00–11:00; 11:15–12:15; 14:00–15:00; 15:15–16:15
  • Grande Clareira – Jardim
  • + 8 anos*
  • Máx. 100 / Gratuito

As crianças até aos dez anos deverão ser acompanhadas por um adulto. Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

DOCUMENTÁRIO – O Sal da Terra (2014)

O Sal da Terra é uma viagem pela Terra com o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado.

Foi candidato ao Óscar de melhor documentário na edição de 2015, e vencedor do prémio francês César, na categoria de melhor documentário. Descreve um homem, o fotógrafo Sebastião Salgado, por meio dos olhos de outros dois homens: o seu filho, o cineasta Juliano Ribeiro Salgado, e Wim Wenders.

Realização: Juliano Ribeiro Salgado, Wim Wenders. Duração: 104 minutos

  • 10:40–12:25
  • Sala 2 – Edifício Sede
  • Mín. 10 – Máx. 60 / Gratuito
  • +12 anos

Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

PASSEIO FITOGEOGRÁFICO EM BICICLETA – Do Jardim Gulbenkian a Monsanto

Gulbenkian Dia da Terra - Passeio fitogeográfico em bicicleta

Vamos percorrer outro projeto do arquiteto paisagista Gonçalo Ribeiro Telles – o Corredor Verde, que liga a Fundação a Monsanto – e perceber em que medida o projeto do Jardim Gulbenkian replica a paisagem portuguesa.

Quais os fatores determinantes para a distribuição do coberto vegetal? O que é a Estrutura Ecológica de Lisboa e qual a sua importância na criação e regeneração dos fluxos da água, ar, solo, sementes, fauna, flora autóctone e do homem?

Existem algumas plantas cuja presença num local evidencia muitas das suas características, tanto ao nível climático, como geológico, dos seus solos, etc. – são os chamados «bioindicadores». Neste passeio, aprenderemos a identificar algumas destas plantas, e outras, e perceber as potencialidades vegetais, bem como a dinâmica da paisagem natural.

Conceção e orientação: Mariana Machado, Mauro Raposo

  • 11:00–16:00
  • Ponto de Encontro: Edifício Sede
  • Mín. 8 – Màx. 20 / 7,5€
  • + 12 anos

O valor da atividade inclui seguro. Existirão algumas bicicletas para empréstimo a quem não possuir bicicleta própria (reservas para jardim@gulbenkian.pt). Em parceria com Lisbon Bike Tours.

OFICINA DE DANÇAS DE RODA – O eterno movimento circular

Gulbenkian Dia da Terra -Dança de Roda

 

 

No universo nada está parado: a Terra orbita em torno do Sol e roda em torno de si mesma. O círculo é o movimento que caracteriza o funcionamento da vida na Terra – as estações do ano, a água, o ar, a vida… tudo funciona num círculo que integra a vida de todos os habitantes do planeta.

Como forma de honrar a Mãe Terra e de agradecer as suas dádivas, as comunidades antigas juntavam-se em círculos para partilhar histórias, músicas e danças.

Vamos também dançar. Estão todos convidados, é só entrar na roda!

Conceção e orientação: Dália Lourenço

  • 15:00–16:30
  • Anfiteatro de Ar Livre – Jardim
  • + 12 anos
  • Mín. 5 – Máx. 50 / Gratuito

Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

DOCUMENTÁRIO + DEBATE: A Vossa Terra – Paisagens de Gonçalo Ribeiro Telles (2016)

Gulbenkian Dia da Terra - A Vossa Terra

«Estava um dia de sol, vai já para dois anos, quando toda esta aventura começou. Perguntei nesse dia ao Gonçalo Ribeiro Telles como seria um filme feito por ele sobre a sua obra. Respondeu-me, logo de pronto, que seriam só paisagens: uma depois da outra.

A frase encerra, em si, todo um programa: visual, dramático, narrativo. E uma ideia de montagem, também. E foi por aí – pela montagem – que nos concertámos – arquiteto e cineasta – como não podia deixar de ser. Às vezes, basta uma frase destas: justa e lapidar. E a sorte de a ter ouvido.» [Texto do filme]

Filme sobre a obra paisagística de Gonçalo Ribeiro Telles e as suas implicações humanas, filosóficas e políticas, A Vossa Terra foi concebido como «filme gémeo» do anterior, A Vossa Casa (IndieLisboa, 2012), acerca da obra do arquiteto Raul Lino. Ambos os filmes compõem um retrato das «essências» portuguesas, termo a que se referem, amiúde, ambos os arquitetos. A projeção do documentário será seguida de um debate.

  • 16:30–18:00
  • Auditório 3 – Edifício Sede
  • + 12 anos
  • Mín. 10 – Máx. 134 / Gratuito

Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

Para Todas as idades

ATIVIDADE LIVRE: Garden sketching – encontro de urban sketchers no Jardim Gulbenkian

Gulbenkian Dia da Terra - Garden Sketching

Como já é habitual, neste sábado há mais um encontro de urban sketchers no Jardim.

Todos os anos aqui se juntam verdadeiros especialistas do desenho e se revelam novos talentos, novas paixões. Desenhar pode ser muito apaixonante e divertido, e só não sabe quem não experimenta.

Convidamos a participar todos os que suspeitam que gostam de desenhar e outros curiosos. É só trazer um caderno de folhas lisas, uns lápis ou tintas, e descontração. Não há nada como experimentar!

Conceção e orientação: Urban Sketchers Portugal

  • 14:30–17:00
  • Jardim / Centro Interpretativo Gonçalo Ribeiro Telles
  • Todas as idades
  • Gratuito

Requer levantamento de bilhete no próprio dia.

Informações úteis

– Os bilhetes deverão ser previamente comprados/levantados por telefone 217823700, pela internet ou diretamente nas bilheteiras da Fundação Calouste Gulbenkian, e não requerem inscrição prévia.

– As atividades que são gratuitas requerem levantamento de bilhete no próprio dia, sujeito à lotação das atividades.

Comprar agora

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.