Concertos para Bebés em Coimbra - Pumpkin.pt

Concertos para Bebés em Coimbra

Concertos para Bebés em Coimbra

Os Concertos para Bebés estão de regresso à cidade dos estudantes! Venham ouvir os “sons que contam histórias” no Convento São Francisco.

Dedicados aos bebés dos 0 aos 3 anos, os Concertos para Bebés são, antes de mais, concertos. Tratam os bebés como público de hoje e de agora e, por esse motivo, foram os primeiros a incluí-los nas programações principais das salas de concertos. Distinguiram-se, desde a sua origem, de um crescente número de outros projetos artísticos para crianças pelo respeito total com que se entregam a bebés, pais e avós.

Monteverdi, Bach e Mozart são só alguns dos anfitriões de um cardápio muito amplo de compositores, do clássico ao jazz, do tradicional português ao world, da eletrónica aos improvisos e bailes com pais e bebés.

Os Concertos para Bebés foram, e são ainda hoje, fonte de inspiração para centenas de outros projetos para a primeira infância em todo o mundo, na área da Música e das Artes de Palco, mas também nos campos da Educação, da Saúde e do Bem-estar. Do impacto internacional do projeto Leiriense observa-se um elevado e permanente número de Conferências, Formações e Residências Artísticas para que é regularmente convidado o Diretor Artístico Paulo Lameiro.

Nasceram em Leiria das aulas do Berço das Artes SAMP em 1998 e, depois de percorrerem as principais salas de concerto portuguesas, sendo projeto residente em diversas salas de norte a sul de Portugal, logo marcaram presença em festivais de referência na Europa, no Oriente e no Brasil, em quase 90 salas e festivais.

Concertos para Bebés em Coimbra – Programação

“Vibrações”

  • Data e horários: 14 de julho de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabáp Bá
Pfrrutchhhhh

Vive o que vibra, logo, vive o que soa.
É no calor e conforto do ventre materno, quando ainda não sabemos ser aquele
somente o primeiro dos ninhos, que nos damos conta de nós e dos outros por
vibrações. O Marco guarda essas memórias intrauterinas mais intensamente que o
comum dos mortais. Por isso procura sons e corpos vibrantes onde os bebés matam a
curiosidade, e nunca se cansa de procurar a música nos sons que voam livremente.
Qual será a surpresa que desta vez preparou para nós?

Yábabáp Bá
Pfrrutchhhhh

Ficha artística:

Ficha Artística
Paulo Bernardino – Clarinete;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Marco Fernandes  – Percussão (solista convidado)

“De mãos dadas”

  • Data e horários: 9 de junho de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabáp Bá Ma
Mannnnn

O Pedro e o Gonçalo são irmãos. Depois de bebés, tocaram ambos clarinete, e mais tarde Fagote, o instrumento que ainda os acompanha. Mas quem os conhece sabe que andaram e andam sempre de mãos dadas, mesmo quando vivem e constroem sonhos muito longe um do outro. A Luísa Sobral escreveu a canção “O Melhor Presente” para celebrar o encontro do irmão ou irmã mais velha com o bebé que acaba de nascer. Porque só somos totalmente livres de mãos dadas.

Yábabáp bá
Maaaaaanuuus

Ficha artística:

Alberto Roque – Direção musical e saxofone barítono;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Pedro e Gonçalo Pereira – Fagotes (solistas convidados).

“Vibrações”

  • Data e horários: 14 de julho de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabáp Bá
Pfrrutchhhhh

Vive o que vibra, logo, vive o que soa. É no calor e conforto do ventre materno, quando ainda não sabemos ser aquele somente o primeiro dos ninhos, que nos damos conta de nós e dos outros por vibrações. O Marco guarda essas memórias intrauterinas mais intensamente que o comum dos mortais. Por isso procura sons e corpos vibrantes onde os bebés matam a curiosidade, e nunca se cansa de procurar a música nos sons que voam livremente. Qual será a surpresa que desta vez preparou para nós?

Yábabáp Bá
Pfrrutchhhhh

Ficha artística:

Alberto Roque – Direção musical e saxofone barítono;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Marco Fernandes  – Percussão (solista convidado).

“Abraçar uma alma escondida”

  • Data e horários: 14 de julho e 8 de setembro de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabáp Bá
Abraaaaa

Quando abraçamos um bebé, mais ou menos nosso, abraçamos todo o mundo. Pode
ser tudo aquele pequeno ser que se abandona aos nossos braços. Jardineiro, Poeta,
Inventor, e até fazedor de almas. Sim almas, aqueles pauzinhos que vibram e fazem
vibrar, escondidos entre as costas e os tampos de alguns instrumentos de corda. A
Raquel tem duas almas, pelo menos. A que a habita dentro de si, e aquela outra que
abraça dentro do seu violoncelo. Ficam felizes os bebés de todas as idades ao
contemplar como o violoncelo da Raquel se deixa livremente amar no seu abraço, e
nos carinhosos e enérgicos afagos de seus dedos. Mmmmmm

Yábabáp Bá
Abraçuuuuuuu

Ficha Artística:

Alberto Roque – Direção musical e saxofone barítono;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Raquel Reis  – Violoncelo (solista convidado).

“Livre pelas palavras” – com Luísa Sobral

  • Data e horários: 13 de outubro de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabáp Bá
Brrrrrrrr

Ái ái ái que vem lá a Luísa outra vez.
Os bebés não sabem quem é a Luísa Sobral, e as mães, que o sabem, pouco se
importam com esse desconhecimento. Mas a Luísa, a cada nova canção, empodera as
palavras com tal energia que os olhos se esbugalham e as babas não se seguram. Que
ser é aquele de cabelos de oiro ao vento, que gatinha em palco como uma aranha, e
que deixa os bebés com vontade de subir pelas suas palavras? De que alfobres nascem
canções gigantes e pequeninas, que tocam os corações e mentes de pais e mães,
aveludam os olhares dos avós, e despertam sementeiras de sonhos nos bebés?

Yábabáp Bá
Pshhhhhhh

Ficha artística:

Alberto Roque – Direção musical e saxofone barítono;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Luísa Sobral  – Voz (solista convidado).

“Totalmente Nós” – com SURMA

  • Data e horários: 10 de novembro de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabáp Bá
Ssssssuuuuu

A SURMA é a Débora, e a Débora é a SURMA. Ambas foram bebés, a Débora primeiro,
mas as duas encontraram a liberdade na Música que jorrava das suas fontes
escondidas. As palavras que aprenderam da língua materna não lhes abriam caminhos
suficientemente livres, por isso inventaram uma nova língua, um novo alfabeto de
letras, palavras e sons que permite falar com pedras e astros, folhas e flores, luz e
escuridão, novo e conhecido, aves e peixes, bebés pequeninos e grandes de todos os
continentes. Quão preciosos e mágicos os diálogos cantados entre Surma e bebés.

Yábabáp Bá
Suuuuurmaaaaa

Ficha artística:

Alberto Roque – Direção musical e saxofone barítono;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Débora Umbelino  – Electrónica (solista convidado).

“Iluminar Futuros” – com Coro Schola no Coração

  • Data e horários: 22 de dezembro de 2024 | 10h e 11h30
  • Local: Convento São Francisco
  • Classificação Etária: Todos os públicos; Bebés até 36 meses
  • Duração: 45 minutos

Sinopse:

Yábabap Bá
Brrrrrrreee

Tantos bebééééééés a cantar. Parecem pirilampos. Pirilampos gigantes que
carregaram no Pinhal das Artes os seus corpos de Luz, e agora abrem alamedas de luar
por onde passam. Voam em roda e em linha, gatinham em quadrado e todas as outras
formas, mas iluminam mais quando cantam livremente por entre bebés, almofadas,
babetes e chupetas. Já foram um coro infantil, quando os Concertos para Bebés ainda
não tinham 25 anos de idade. Agora alguns já são mães e pais, mas continuam
Pirilampos que bailam livremente rumo ao escuro.

Yábabáp Bá
Prrrrresépio

Ficha artística:

Alberto Roque – Direção musical e saxofone barítono;
José Lopes – Saxofone alto, soprano e cavaquinho;
Pedro Santos – Acordeão;
Isabel Catarino – Voz;
Inesa Markava – Voz e movimento;
Paulo Lameiro – Voz e Direção artística;
Coro Schola no Coração  – Voz (solistas convidados).

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<