Escolas > Notícias para escolas

Internet Segura: recursos para professores

internet mais segura

Fevereiro é o mês dedicado a uma Internet mais segura!

O Centro Internet Segura e o SeguraNet têm como objetivo combater a utilização indevida da rede, tendo um papel ativo importante na sensibilização e na dinamização de acções que alertem os cidadãos para os perigos associados à internet. Fevereiro é o mês dedicado a uma Internet Mais Segura e a Pumpkin reuniu alguns dos recursos que estes portais disponibilizam, para explorar em contexto de sala de aula.

Quais os perigos reais para crianças e jovens na utilização da Internet?

Conteúdos impróprios

Conteúdos relacionados com pornografia, pornografia infantil, violência, ódio, racismo, incentivo à anorexia, bulimia e outros ideais extremistas, são de fácil difusão na internet, e basta uma pesquisa no google ou um scroll numa das redes sociais mais conhecidas para que as crianças possam ser confrontadas com imagens, textos ou vídeos inadequados.

Para além de poderem ofender os valores nos quais baseia a educação dos seus alunos, estes conteúdos são prejudiciais a um desenvolvimento saudável.

Contatos mal intencionados

Existem adolescentes e adultos que utilizam maioritariamente as redes sociais para aliciar crianças e jovens, de forma a poderem fazer-lhes mal, através de perfis falsos ou com promessas a troco de favores/dinheiro.

Cyber bullying

O bullying é uma realidade recorrente dos dias de hoje, podendo a internet ser o veículo utilizado pelas crianças para atacar ou expor outros colegas.

Online Shopping

A divulgação de dados pessoais (moradas, números de telemóvel, geolocalização) pode expô-los a perigos que desconhecem: não são raros os casos nos quais, sem terem essa intenção, as crianças gastam elevadas quantias de dinheiro em jogos online, por exemplo.

Sexting

O sexting – uma forma de relacionamento amoroso através da internet ou do telemóvel, com a troca de mensagens ou imagens de conteúdo sexual – representa uma ofensa grave à integridade psicológica e física dos jovens.

Como proteger as crianças dos perigos a que estão expostas?

Softwares

Existem softwares que ajudam os pais e professores a verificar se há alguma coisa errada a acontecer. A empresa de segurança McAfee possui uma solução de controlo parental para o computador, por exemplo. O software Total Protection classifica os usuários por faixas etárias e permite definir atributos sobre o que o usuário pode ou não fazer, registando assim tudo o que acontece durante a navegação – inclusive conversas no messenger, redes sociais e YouTube.

Por uma questão de confiança e de privacidade, é importante que as crianças saibam que os adultos responsáveis têm este acesso ilimitado às suas acções.

Prevenção

A prevenção é ainda a melhor forma de ajudar. É preciso prestar atenção ao comportamento das crianças e adolescentes, tornando-os mais conscientes dos perigos a que estão expostos, munindo-os de ferramentas para que não se sintam constrangidos e possam partilhar com os adultos mais próximos todas as situações nas quais se sintam atacados ou desconfortáveis.

Materiais educativos

Quiz4You SeguraNet

quiz4you

O Quiz4You SeguraNet é constituído por 52 cartas com mais de 200 questões sobre segurança digital. Os professores que pretendam jogar com os seus alunos podem fazer o download do Quiz4You SeguraNet em formato digital.

Jogos SeguraNet

Os jogos do SeguraNet são uma ferramenta de aprendizagem divertida: vírus, palavras-chave, youtube, redes sociais e phising são alguns dos temas abordados nestes jogos.

Quantos queres?

Estes recursos para imprimir são uma forma divertida de testar o conhecimento dos alunos.

– Jogo “Quantos Queres” dirigido ao 1.º Ciclo com questões alusivas à Segurança na Internet.

– Jogos “Quantos Queres” dirigido ao 2.º Ciclo com questões alusivas à cidadania digital.

Teste de Dependência da Internet

Como é que pode saber se os seus alunos são já dependentes ou se estão a caminhar muito rapidamente para ter sérios problemas? O Teste de Dependência da Internet (TDI) é a primeira forma validada e credível de medir o vício da utilização da Internet. Desenvolvido pela Dra. Kimberly Young, o TDI é um questionário com 20 perguntas que mede níveis ligeiros, moderados e graves de dependência da Internet.

Folhetos informativos

Estes portais disponibilizam vários folhetos informativos que pode imprimir e entregar aos seus exemplos. Reunimos alguns:

Guia de Facebook para Jovens.

– Folheto “Tu Decides por Onde Vais“.

– Folheto “Sexting“.

– Folheto “Inês“.

– Folheto “Joga Online em Segurança“.

– Booklet “The Web we Want” – Jovens.

Consulte também o manual para educadores “The Web We Want“. 

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.