Escolas > Notícias para escolas

A Família e a Escola: uma relação para a vida

A Família e a Escola: uma relação para a vida

A escola, mais propriamente os educadores e professores, assumem-se como parceiros dos pais e das famílias, unindo esforços para a educação de crianças felizes .

A família é o grupo social onde as crianças nascem e crescem, no entanto mais tarde ou mais cedo este grupo social é alargado, geralmente com a entrada na creche/jardim-de-infância. Deste modo, a escola apresenta-se como o local onde as crianças são expostas à sociedade e às regras sociais, muitas vezes desde tenra idade. A Relações em Família fala-nos da importância de estabelecer uma boa relação com a escola.


Na escola, as crianças irão passar grande parte do seu tempo, terão oportunidade de criar novos laços, novas relações e muitas aprendizagens. Ainda assim, os pais serão sempre os primeiros educadores dos seus filhos, sendo os principais responsáveis pela educação deles. A escola e mais propriamente os educadores e professores assumem-se como parceiros dos pais e das famílias, unindo esforços para a educação de crianças felizes.

O Ministério da Educação, baseado no inúmeros estudos sobre este tema, defende uma relação escola-família próxima, com contatos frequentes e assente na colaboração. Compete aos pais, aos professores e a toda a comunidade escolar contribuir de forma significativa e positiva para esta relação.

Ainda assim, cada vez mais, ouvimos relatos de escolas onde os pais não podem entrar. As crianças são deixadas à porta da escola e dirigem-se às salas sozinhas ou com o apoio de funcionários. Onde os momentos de partilha entre a família e escola é cada vez mais limitado e restrito, limitando-se muitas vezes às informações escritas ou telefonemas. Estas e outras práticas dificultam a construção de uma relação família-escola forte e saudável. Ainda assim, os pais e os professores podem ser os atores principais nesta relação e contribuir para a construção de uma ligação de qualidade.

Uma criança interessada na escola, terá por trás uma família, também ela interessada em toda a dinâmica escolar. O poder do exemplo é, realmente, muito poderoso e as crianças, como espelhos das suas famílias, irão refletir o interesse destas pela escola no seu interesse e empenho na vida escolar. Para que tal aconteça, pequenos passos e gestos podem ser o começo. Haja boa vontade, a relação família-escola sairá beneficiada e as crianças serão os privilegiados.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *