Escolas > Atividades na escola > Atividade Física na escola

Yoga para crianças e jovens nas escolas

Yoga criancas jovens nas escolas

Federação Portuguesa de Yoga partilha os benefícios da prática do yoga para crianças e jovens nas escolas.

Muitos dos problemas das crianças e jovens no relacionamento com os pares e com os adultos, em casa e na escola, estão associados ao baixo nível de autoconfiança, à carência de expetativas em relação a um mundo em constante mudança e permanentemente identificado com a ideia de “crise” e à dificuldade de concentração num só assunto durante algum tempo.

A prática de Yoga visa contribuir para contrariar esta tendência, na medida em que:

  • Aumenta o bem-estar físico e emocional do aluno, tornando-o mais recetivo ao ensino-aprendizagem;

  • Confere autoconfiança, autonomia e espírito de iniciativa;

  • Torna o aluno mais consciente de si próprio e daquilo que o rodeia e, portanto, mais solidário e responsável;

  • Torna o aluno mais consciente do seu corpo, promovendo hábitos posturais mais saudáveis e um relacionamento mais  harmonioso com  o  espaço;

  • Favorece o relaxamento, estimulando a criatividade e o uso consciente dos cinco sentidos, criando, assim, condições para que o discente seja mais concentrado e, simultaneamente, mais criativo;

  • Promove jogos de equipa, desenvolvendo a motricidade, o espírito de equipa, a interação com o outro, a imaginação, a criatividade;

  • Estimula o raciocínio lógico (inteligência matemática) através de exercícios de contagens e de exercícios com figuras geométricas;

  • Desenvolve a capacidade de memória e de abstração matemática/espacial;

  • Desenvolve a coordenação motora fina (habilidade para o desenho e a caligrafia), através de exercícios de mãos, movimentos articulares e exercícios de desenho combinados com a respiração;

  • Suscita uma mudança de atitude face ao professor e face à escola: a apresentação de uma proposta nova e estimulante gerará, naturalmente, uma atitude de interesse e respeito.

Além destes contributos para que o aluno se sinta melhor na escola e alcance melhores resultados escolares, o Yoga, a nível pessoal:

  • Desenvolve, através do trabalho do corpo, a força física, a flexibilidade, a agilidade, a coordenação motora, o equilíbrio e a consciência corporal;

  • Fortalece a coluna vertebral e equilibra o sistema nervoso, o que irá contribuir para o desenvolvimento de bons hábitos posturais e o aumento da confiança;

  • Torna-o mais independente e consciente de si próprio e do que o rodeia, ao permitir perceber a sua relação com o seu mundo interno, de pensamentos e sensações, e com o seu mundo externo, de ações e realizações;

  • Fortalece o sistema imunitário e o sistema cardiorrespiratório;

  • Ensina a respirar corretamente, o que se irá traduzir em saúde e bem-estar emocional;

  • Favorece o relaxamento, logo, melhora o padrão do sono;

  • Promove o desenvolvimento de uma visão saudável, através de exercícios de “focagem” e de movimentos coordenados dos olhos;

  • Promove a educação para a alimentação saudável, através de exercícios de concentração e de estímulo dos quatro sentidos, prevenindo-se, assim, distúrbios alimentares;

  • Desenvolve atitudes éticas, com base nos princípios de não violência, verdade, honestidade, equilíbrio e partilha;

  • Promove uma atitude positiva face à vida e face ao ato de aprender (limpeza, alegria/positivismo, perseverança, estudo e confiança).

Felizmente em muitas escolas, quer públicas, quer privadas, o Yoga é, já uma realidade. Esperamos que esta tendência se mantenha crescente e que cada vez mais crianças e jovens possam usufruir do Yoga nas suas escolas.

 

Joana Oliveira

Presidente da Federação Portuguesa de Yoga