Conferência “Inovação: na escola e pela escola” 23 outubro – Fundação Calouste Gulbenkian - Pumpkin.pt

Conferência “Inovação: na escola e pela escola” 23 outubro – Fundação Calouste Gulbenkian

conferencia-educacao

Os principais oradores são a antiga diretora da Boston Arts Academy Linda Nathan (Harvard) e Vijay Kumar, especialista do MIT em inovação tecnológica sustentável na educação.

A criatividade e a inovação, bem como o impacto das novas tecnologias e as novas formas de pensar o ensino, vão estar em debate na Conferência Internacional de Educação que a Fundação Calouste Gulbenkian organiza no dia 23 de outubro e que tem como principais oradores a antiga diretora da Boston Arts Academy Linda Nathan (Harvard) e Vijay Kumar, especialista do MIT em inovação tecnológica sustentável na educação.

A inovação gerada pelas mudanças tecnológicas e pelas mais recentes descobertas no campo das ciências conduzem a mudanças inevitáveis nos processos de ensino e aprendizagem, desafiando a escola a reanalisar o sistema educativo e a definir meios para acompanhar o ritmo de mudança e de progresso. A relação crítica entre as ciências e as artes será, assim, o foco da conferência

“Inovação: na escola e pela escola”, organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian, que ao longo do dia 23 de outubro se desdobra em duas áreas-chave: a Educação Artística e as Ciências e Tecnologias.

A inteligência emocional e a importância da educação artística serão temas tratados por Linda Nathan, da Harvard University e antiga diretora da Boston Arts Academy. Na sua palestra falará dos recentes desenvolvimentos das neurociências que têm mostrado como os sentidos e as emoções contribuem para o conhecimento, a compreensão e o pensamento construtivo.

As artes, sob múltiplas formas de expressão criativa, permitem-nos desenvolver competências sociais e emocionais, não cognitivas, em paralelo com o desenvolvimento de ideias criativas e soluções inovadoras para problemas complexos, tornando-se assim cada vez mais necessáro que a escola valorize a educação artística e lhe conceda um papel mais relevante na formação integral das crianças e dos jovens.

O impacto das novas tecnologias, onde se incluem tecnologias emergentes e controversas como a inteligência artificial e a robótica, o uso da internet no ensino, a mudança tecnológica nas políticas públicas da Educação e o aparecimento de conceitos como “aprendizagem flexível” serão temas tratados por Vijay Kumar, especialista do MIT.

O papel das Artes na Educação também será discutido no contexto nacional com Maria Helena Rodrigues, coordenadora dos projetos Opus Tutti e GerminArte que têm vindo a demonstrar como as práticas artísticas nas creches promovem o sucesso educativo das crianças; com Ana Pereira Caldas, antiga presidente da Escola de Dança do Conservatório e coordenadora do projeto Educação Artística para um Currículo de Excelência; e com Manuela Encarnação, presidente da Associação Portuguesa de Educação Musical e coordenadora do projeto Cantar Mais – Mundos com voz, uma plataforma digital de livre acesso que disponibiliza um diversificado repertório de canções.

Nesta conferência participam ainda o professor, médico e cientista Manuel Sobrinho Simões, o presidente do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa (IST) Arlindo Oliveira, e o professor catedrático do IST e investigador do Instituto de Telecomunicações Mário Figueiredo. Os painéis de discussão serão moderados por António Costa e Silva e Manuel Carmelo Rosa, comissários da Conferência.

Consulte o programa completo.

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *