Escolas > Agenda Escolas > Museus e Monumentos

Cultura Santa Casa: Programa Educativo 2019/2020

há animais no museu de são roque

A Cultura Santa Casa promove uma oferta educativa diversificada dirigida ao público escolar, do Jardim-de-Infância ao Ensino Superior.

As atividades educativas foram concebidas com o intuito promover a criatividade, a capacidade de interação, cooperação e o gosto pela Arte e pela História dos visitantes mais jovens, e decorrem no Museu de São Roque, Arquivo Histórico e Biblioteca da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Pré-escolar

museu de são roque pré escolar

Há Animais no Museu

Nos sonhos de muitas crianças existem animais fantásticos como peixes que voam, dragões que deitam fogo pela boca, águias que falam e tantas mais espécies inventadas por eles…

No Museu de São Roque, como verdadeiros detetives, as crianças poderão seguir as pistas de animais com histórias tão maravilhosas como os seus amigos de estimação!

Uma história colorida

A história de uma ovelha que queria mudar de cor, contada através de um teatrinho de sombras chinesas, aborda a aceitação da criança por si própria, tal como é, na sua individualidade.

Nesta atividade vamos falar, também, das cores primárias e secundárias e das sensações que podemos associar a cada uma delas.

Perlimpimpim, os livros são assim

Com pozinhos de perlimpimpim os efeitos são inesperados e mágicos… Os livros soltam as suas palavras e as crianças vão aprendendo a contar histórias, com o recurso a objetos que fazem parte delas, sons, gestos, movimento. No final abre-se um baú com muitos livros ilustrados, inspirando novas histórias.

(A atividade pode ser feita na escola.)

D. Leonor, a Princesa Perfeitíssima

Princesa, Rainha e Regente do reino, D. Leonor de Lencastre foi a esposa do Príncipe Perfeito, D. João II. Ela é a protagonista de um teatro de marionetes no Museu de São Roque.

Nele retrata-se Portugal na transição do século XV para o século XVI e a rainha convida a um baile com danças de época, depois de nos mostrar o seu retrato.

A terra treme! É um sismo!

Os terramotos não se podem impedir nem prever, mas podemos conviver com eles sem medo, de forma segura e natural. Para que as crianças possam crescer em segurança, vamos brincar aos terramotos.

E já agora, sabiam que a Igreja de São Roque não sofreu praticamente nenhum dano com o Terramoto de 1755?

(Atividade desenvolvida em parceria com o Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georecursos do Instituto Superior Técnico.)

História de um pássaro em Kamishibai

Os pássaros representados nas coleções de arte do Museu de São Roque são o ponto de partida para contar uma história em Kamishibai.

Vamos ouvir e ver a história de um pássaro que nos ajuda a entender as emoções, apresentada num teatro de papel que combina uma sequência de ilustrações com o desenvolvimento da história contada pelo narrador.

No final, as crianças vão construir um pássaro de origami.

Primeiro Ciclo

museu de são roque primeiro ciclo

Há Animais no Museu

Nos sonhos de muitas crianças existem animais fantásticos como peixes que voam, dragões que deitam fogo pela boca, águias que falam e tantas mais espécies inventadas por eles…

No Museu de São Roque, como verdadeiros detetives, as crianças poderão seguir as pistas de animais com histórias tão maravilhosas como os seus amigos de estimação!

O que nos dizem as cores?

O que é a cor? O que é que cada cor nos faz sentir? Há cores alegres e tristes? Cores que acalmam? Se não houvesse luz não havia cor… então os objetos não têm cor? E o que são os comprimentos de onda de cada cor?

Com esta atividade exploramos o mundo apaixonante das cores, através de um percurso pelas obras de arte do Museu de São Roque.

Letras habitadas

A escrita fixa as nossas memórias e os arquivos são os seus guardiões. No Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa existem muitas letras habitadas: as capitulares dos livros.

As crianças vão decorar a sua capitular com objetos, figuras, pessoas e animais que os caracterizem ou lhes sejam particularmente queridos.

Personagens animadas. Histórias transformadas

Por algum toque de magia as personagens das obras de arte do Museu de São Roque ficaram paradas no tempo. Com a ajuda de um mapa, as crianças poderão ir ao seu encontro e desencantá-las, dar-lhes uma vida nova, uma vida criada por elas!

Venham descobrir os vossos talentos escondidos de escritores, desenhadores, pintores…!

Vamos conhecer a Capela de São João Baptista

As crianças vão viajar até Portugal do século XVIII, época em que foi construída a Capela de São João Baptista, uma encomenda de D. João V.

A diversidade das pedras que revestem a capela, a exuberância do ouro utilizado para bordar os paramentos, o esplendor das peças de ourivesaria, são elementos únicos que as crianças vão descobrir através de jogos que vão realizar em grupo.

D. Leonor, a Princesa Perfeitíssima

Princesa, Rainha e Regente do reino, D. Leonor de Lencastre foi a esposa do Príncipe Perfeito, D. João II. Ela é a protagonista de um teatro de marionetes no Museu de São Roque.

Nele retrata-se Portugal na transição do século XV para o século XVI e a rainha convida a um baile com danças de época, depois de nos mostrar o seu retrato!

A brincar construímos o passado

De uma forma participativa e divertida, as crianças vão explorar a Capela de São João Batista da Igreja de São Roque e as suas coleções de ourivesaria e têxteis que se encontram expostas no Museu de São Roque.

No final, irão construir peças inspiradas nesta coleção utilizando materiais recicláveis.

A terra treme! É um sismo!

Chuvas, ventos fortes, incêndios e terramotos tornam-se numa catástrofe apenas quando não sabemos como atuar ou tomar medidas protetivas que reduzam o risco. Explorar ideias e comportamentos para a prevenção é o desafio para esta sessão.

E já agora, sabiam que a Igreja de São Roque não sofreu praticamente nenhum dano com o Terramoto de 1755?

(Atividade desenvolvida em parceria com o Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georecursos do Instituto Superior Técnico.)

Segundo Ciclo

museu de são roque segundo ciclo

Personagens animadas. Histórias transformadas

Por algum toque de magia as personagens das obras de arte do Museu de São Roque ficaram paradas no tempo. Com a ajuda de um mapa, as crianças poderão ir ao seu encontro e desencantá-las, dar-lhes uma vida nova, uma vida criada por elas!

Venham descobrir os vossos talentos escondidos de escritores, desenhadores, pintores…!

Vamos conhecer a Capela de São João Baptista

As crianças vão viajar até Portugal do século XVIII, época em que foi construída a Capela de São João Baptista, uma encomenda de D. João V.

A diversidade das pedras que revestem a capela, a exuberância do ouro utilizado para bordar os paramentos, o esplendor das peças de ourivesaria, são elementos únicos que as crianças vão descobrir através de jogos que vão realizar em grupo.

Pelos Sentidos do Barroco

As obras de arte da Igreja e do Museu de São Roque proporcionam uma experiência sensorial do barroco.

Através de um conjunto de exercícios, com recurso aos diferentes sentidos, os jovens experimentam sensações que lhes permitem perceber melhor este estilo artístico.

A Peste em São Roque

As quatro tábuas pintadas da vida e lenda de São Roque transportam as crianças para um universo do final da Idade Média, permitindo introduzir o tema da Peste.

Como seria viver nesse tempo e tratar este problema? Hoje em dia existem outras epidemias, mas o avanço da Medicina permite-nos controlá-las.

D. Leonor, a Princesa Perfeitíssima

Princesa, Rainha e Regente do reino, D. Leonor de Lencastre foi a esposa do Príncipe Perfeito, D. João II. Ela é a protagonista de um teatro de marionetes no Museu de São Roque.

Nele retrata-se Portugal na transição do século XV para o século XVI e a rainha convida a um baile com danças de época, depois de nos mostrar o seu retrato!

A terra treme! É um sismo!

Chuvas, ventos fortes, incêndios e terramotos tornam-se numa catástrofe apenas quando não sabemos como atuar ou tomar medidas protetivas que reduzam o risco. Explorar ideias e comportamentos para a prevenção é o desafio para esta sessão.

E já agora, sabiam que a Igreja de São Roque não sofreu praticamente nenhum dano com o Terramoto de 1755?

(Atividade desenvolvida em parceria com o Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georecursos do Instituto Superior Técnico.)

Terceiro Ciclo

museu de são roque terceiro ciclo

Desenhar a cidade. Exercícios sobre urbanismo e arquitetura

Os conceitos de arquitetura e de urbanismo são trabalhados em grupo através de um exercício de desconstrução de palavras.

Uma vez discutidos os conceitos, passa-se para a análise do real, questionando a cidade, os bairros, as ruas e os edifícios que nos rodeiam. A dialética entre função e forma assume protagonismo neste debate.

Vamos conhecer o Oriente em São Roque

O núcleo de arte oriental do Museu de São Roque e a viagem de São Francisco Xavier ao Oriente, representada num conjunto de vinte telas da sacristia da Igreja, servem de mote para trabalhar, através de um jogo de equipa, temas relacionados com a história da expansão portuguesa.

Pelos Sentidos do barroco

As obras de arte da Igreja e do Museu de São Roque proporcionam uma experiência sensorial do Barroco. Através de um conjunto de exercícios, com recurso aos diferentes sentidos, os jovens experimentam sensações que lhes permitem perceber melhor este estilo artístico.

Secundário e Profissional

museu de são roque secundário

O Padre António Vieira e o Barroco em São Roque

De seiscentos, brada ainda a voz veemente e apaixonada do Padre António Vieira, comovendo multidões de todas as classes sociais, mas também indignando, pela denúncia que opera àqueles que critica, nomeadamente aos que exploram o seu semelhante.

Vieira preconiza, assim, a utopia de um mundo intercultural e é apresentado na Igreja de São Roque, no contexto da prédica barroca.

O Mundo das Bibliotecas

O objetivo essencial desta atividade é incentivar os jovens para a descoberta do livro e da leitura.

A metodologia de trabalho inclui uma parte expositiva e exercícios práticos, de reflexão em grupo, em que se exploram questões como “A minha experiência na biblioteca”, “o que faz um bibliotecário”, “a biblioteca do futuro”, “a importância da biblioteca na minha vida”.

Paiaçú ou Pai Grande. Encenação dos sermões do Padre António Vieira na Igreja de São Roque

Para alguns autores contemporâneos o Padre António Vieira (“Paiaçú” ou Pai Grande, como lhe chamavam os gentios no Brasil de seiscentos) foi um pioneiro e paradigma de interculturalidade.

No magnífico enquadramento da Igreja de São Roque, o ator João Grosso, acompanhado musicalmente pela voz melódica de Sílvia Filipe, encarna esta figura maior da cultura ocidental.

Tempos de Poesia. Poetas em São Roque

Projeto em que se pretende partilhar a obra literária de autores portugueses e fomentar o gosto pela poesia, dando a conhecer, ao mesmo tempo, a história da Companhia de Jesus e o acervo da Igreja e do Museu de São Roque. Sophia de Melo Breyner, Fernando Pessoa, Luís de Camões e Marquesa de Alorna estarão na igreja e no museu a receber os jovens.

Visitas guiadas temáticas à Igreja e Museu de São Roque

  • Arte portuguesa: Maneirismo e Barroco;
  • Companhia de Jesus: História e Arte;
  • Reforma Protestante e Contra-Reforma;
  • D. João V: Poder, Arte e Cultura. A capela de São João Baptista e o seu Tesouro.

Informações Úteis

A participação em todas as atividades é gratuita, mediante marcação prévia, com exceção da visita encenada “PAIAÇÚ ou Pai Grande” que tem um valor de participação de 5,00 € /aluno, que reverte na integra para a Cassefaz – Produção Cultural, parceira da Cultura Santa Casa nesta atividade.

Podem contatar a Cultura Santa Casa através dos seguintes meios:

Telefone: 21 324 08 69/87/66.

E-mail: [email protected]

Como chegar?

O Museu de São Roque, Arquivo Histórico e Biblioteca da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa estão localizados junto ao Bairro Alto, em Lisboa. A morada é a seguinte:

Largo Trindade Coelho, 1200-470 Lisboa.

Também podem chegar de transportes:

Carris: 758, Elevador da Glória.

Metro: Baixa Chiado.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Um comentário em “Cultura Santa Casa: Programa Educativo 2019/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *