Bebés > Saúde e segurança > Segurança do bebé

Guia Digital de Segurança: produtos para crianças

cama-grades

Os artigos de puericultura causam ferimentos a 30 mil crianças, na Europa. A APSI lançou um Guia com o objetivo de aumentar o conhecimento dos consumidores.

Todos os dias várias crianças sofrem acidentes e ficam magoadas por causa de produtos que as famílias utilizam no seu dia-a-dia. Na União Europeia, entre 2010 e 2012, 30 mil foram as crianças que ficaram feridas na sequência do uso de artigos de puericultura, a sua grande maioria utilizados em casa (como por ex: cadeiras da papa, mesas de muda, berços, etc).*

Na maior parte dos casos, os consumidores não estão conscientes dos riscos associados a determinados produtos nem à necessidade de considerar aspetos como o peso da criança, as características do seu carro e/ou da sua casa, no momento da escolha e compra.

A APSI – Associação para a Promoção da Segurança Infantil lança hoje o Guia Digital de Segurança – Produtos para Crianças com o objetivo de aumentar o conhecimento dos consumidores sobre a escolha e utilização adequada de artigos de puericultura e algum mobiliário para crianças.

Este guia fornece informações, de forma clara e intuitiva, sobre aspetos essenciais no momento da compra destes produtos e também os cuidados a ter na sua utilização. Permite ainda que sejam impressas fichas específicas de cada produto com diversas informações que as famílias podem levar para o momento da compra.

Consulte as recomendações de utilização da APSI para os seguintes produtos:

A APSI compilou também alguns conselhos gerais de utilização:

– Confirme sempre que o produto é o mais indicado para as suas necessidades e que se adapta às funções pretendidas e ao espaço disponível.

– Se o produto exigir montagem ou instalação respeite sempre as instruções do fabricante.

– Confirme que o produto tem instruções de utilização em Português. Leia-as e guarde-as sempre para consulta futura.

– Opte por artigos que cumpram a respetiva norma de segurança (pode ser europeia ou portuguesa). As normas, apesar de serem facultativas, definem os requisitos de segurança na concepção e construção do produto, oferecendo mais garantias de evitarem acidentes na sua utilização.

– Não compre artigos de puericultura em 2ª mão, sobretudo cadeiras para o carro. É muito difícil conhecer as condições em que foram usados e avaliar a sua segurança.

– Se optar por usar artigos emprestados, utilize apenas os que estão em bom estado de conservação, de preferência recentes e que tenham as instruções de montagem e utilização.

– Se na utilização de algum produto ocorrer um acidente, se tiver dúvidas sobre a sua segurança ou considerar que é perigoso, deve participá-lo. Contacte imediatamente a Direção Geral do Consumidor ou a ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica). Poderá apresentar a situação através dos formulários disponibilizados em www.consumidor.pt e www.asae.pt

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *