Bebés > Saúde e segurança > Saúde do bebé

Os prébióticos no cuidado da pele do bebé

prébióticos cuidado pele bebé

Cada vez mais estudos provam os benefícios do uso de prébióticos dermatológicos. Fique a saber o que são e qual o papel que desempenham na saúde da pele do bebé com a ajuda da Dra. Graça Oliveira e da Família Barral.

 Barral

A pele é a proteção essencial á vida

A pele é essencial à vida, é ela que, nos envolve e protege desde o nascimento. Protege-nos da desidratação, da absorção de substâncias tóxicas, da invasão por microrganismos, protege-nos dos traumas e da radiação ultravioleta. É a pele que regula a nossa temperatura e que nos permite ter sensibilidade. É pois essencial cuidar adequadamente o maior órgão do nosso corpo desde o primeiro dia.

 

A sensibilidade da pele do bebé

A pele do bebé é mais fina do que a do adulto, é imatura e frágil e particularmente suscetível a agressões externas tais como trauma e infeções. A superfície cutânea do bebé em relação ao seu peso corporal é 3 a 5 vezes superior em relação ao adulto, o que torna a pele do bebé mais permeável aos agentes agressivos: microorganismos, alergénos ou toxinas.

 

Importância dos microorganismos no equilíbrio da pele

À superfície da pele existe uma comunidade de microorganismos, denominada microbiota, que é composta por uma grande variedade de micro-organismos, que vivem em equilíbrio perfeito.  

Existem dois tipos de microbiota, a residente e a transitória. A microbiota residente é composta por microorganismos benéficos que impede a pele de ser colonizada por microorganismos agressivos, que provocam infeção.

A preservação da microbiota residente e dos seus microorganismos benéficos é essencial para conseguir a manutenção saudável das funções da pele.

 

Microrganismos benéficos são alimentados pelos prébióticos

Ao nutrirem os microorganismos benéficos, os prebióticos têm a capacidade de estimular as defesas naturais da pele, impedindo assim o crescimento de bactérias nocivas para a pele. Educam o sistema imunológico na prevenção da infeção e doença alérgica cutânea, reforçam a função de barreira da pele, diminuindo a doença cutânea por trauma, infeção ou alergia.

 

Desiquilibrios na pele do bebé

Sendo a pele do bebé uma pele estruturalmente frágil e fisiologicamente imatura, a microbiota desempenha um papel preponderante na sua função de defesa.

Fatores como a utilização de produtos agressivos, carências nutritivas ou o meio ambiente, podem potenciar o desenvolvimento dos microrganismos agressores, levando ao desequilíbrio da microbiota da pele do bebé.

 

Vantagens do uso de prébióticos no cuidado diário da pele do bebé

Quando a pele do bebé perde o seu equilíbrio, as bactérias benéficas deixam de conseguir desenvolver-se e de proteger a as bactérias nocivas penetram na pele, originando problemas como irritação, vermelhidão, prurido ou inflamação.

Quando esta situação se verifica, o uso de produtos com Prebióticos, releva-se favorável porque vai alimentar apenas as bactérias benéficas, que impedirão o crescimento de microrganismos agressores.

Estudos demonstram que a utilização dos prebióticos em produtos para higiene e cosmética é importante para a manutenção de uma pele saudável do bebé.

Ao associar prebióticos à composição de produtos de higiene, cosmética e tratamento para a pele do bebé, para além de limpar e hidratar,  a microbiota é regulada , o  equilíbrio biológico da pele é retomado, impedindo a proliferação de microorganismos patogénicos.

 

O que são Probiótico?

São microorganismos vivos (não patogénicos) que, promovem o crescimento e a sobrevivência da flora benéfica para a saúde.

 

O que são Prébióticos?

Componentes alimentares não digeríveis que estimulam crescimento e/ou atividade de número limitado de bactérias benéficas para o organismo humano. Os prebióticos são o alimento dos probióticos.

 

O que são Prébióticos Dermatológicos?

São componentes ativos que estimulam as defesas naturais da pele, ao nutrirem os microorganismos benéficos, que impedem o crescimento de bactérias nocivas na pele.

 

Quais são as vantagens do uso de prébióticos?

A associação de prebióticos à composição de produtos de higiene, cosmética e tratamento  para a  pele do bebé permite :

  • Regular a flora cutânea (microbiota da pele);

  • Manter e promover o equilíbrio biológico da pele;

  • Impedir a proliferação de microorganismos patogénicos;

  • Prevenir o eczema atópico.

 

 

 

Dra. Graça Oliveira, Neonatologista

Centro Hospitalar de Lisboa Norte – Hospital de Santa Maria

Família Barral