Protetor solar mineral é mais adequado a crianças e bebés! - Pumpkin.pt

Protetor solar mineral: sabem do que se trata?

Porque é que deve escolher um protetor solar de mineral?

Já ouviram falar em protetor solar mineral? Sabem o que o distingue das fórmulas químicas? Explicamo-vos tudo em seguida! 

O verão está à porta e os dias quentes já convidam a banhos. Mas, para que as idas à praia sejam feitas em segurança, é necessário apostar numa adequada proteção da pele. Para isso, além de ter em conta o fator de proteção solar, há que saber se deve escolher um protetor físico/mineral ou químico. 

Já ouviram falar do protetor solar mineral? Sabem quais as suas caraterísticas? E o que o distingue dos demais protetores? Fiquem a saber tudo!

Protetor solar mineral: tudo o que precisam de saber

O protetor solar mineral é uma fórmula capaz de proteger a pele dos raios solares, do envelhecimento precoce, das manchas (melasma) e das doenças associadas à exposição solar. 

Ele possui óxido de zinco e dióxido de titânio, substâncias que contribuem para criar uma barreira que reflete os raios UVA, UVB e ultravioleta e para proteger a pele da radiação infravermelha e GAMA e da luz visível (emitida pelos dispositivos eletrónicos), impedindo assim que a pele absorva estes raios e radiações. 

Este tipo de protetor costuma apresentar uma cor branca e uma textura mais densa e espessa e, como tal, mais difícil de espalhar na pele. Contudo, importa dizer que já existem fórmulas mais leves e fluidas e de aplicação mais fácil e prática, em muito semelhantes às dos protetores solares químicos.

Outro aspeto digno de nota é que, ao contrário das fórmulas químicas, o protetor solar mineral tem um efeito de proteção imediato, ou seja, não é preciso esperar 30 minutos para iniciar uma exposição solar protegida. Além disso, a sua eficácia é maior e não possui propriedades perigosas para a saúde.

Quem deve usar protetor solar mineral?

O protetor solar mineral é especialmente recomendado para alguns indivíduos como, por exemplo, pessoas:

  • com problemas de pele, como rosácea, dermatite, alergias ou outros;
  • sujeitas a procedimentos dermatológicos, como peelings ou lasers;
  • grávidas;
  • com pele reativa, sensível ou intolerante ao sol;
  • com pele oleosa (desde que se trate de um protetor solar mineral com ativos micronizadosas. Caso se trate de um fotoprotetor mineral com textura de mousse ou de sílica, ele é capaz de absorver a oleosidade, removendo o efeito brilhante, caraterístico da pele oleosa);
  • como bebés e crianças.

Protetor solar mineral para bebé

A sensibilidade da pele dos bebés e das crianças faz com que se deva ter cuidados redobrados na hora de as levar à praia. Primeiro, importa dizer que, de acordo com os pediatras, os bebés com menos de 12 meses não devem ir à praia, mesmo que permaneçam debaixo do guarda sol.

A partir dessa idade, já podem ser sujeitos a alguma exposição solar, embora até aos 24 meses devam evitar as fórmulas de proteção químicas, pelo que o protetor solar mineral para bebé é altamente recomendado para as crianças entre 1 e 2 anos de idade.

Cuidados a ter com a pele, durante a exposição solar

  • Evitar a exposição solar entre as 11h e as 17h e moderar a quantidade de tempo passado ao sol, fazendo intervalos, após cada 20 minutos de exposição solar;
  • Proteger a pele do corpo com t-shirt ou outra roupa protetora;
  • Optar por um protetor solar mineral.

Apesar das vantagens do protetor solar mineral, especialmente para quem tem pele mais sensível, convém dizer que o uso permanente deste tipo de fórmula não é consensual entre os especialistas, já que há dermatologistas que consideram que, assim, a absorção de vitamina D através dos raios solares fica comprometida, o que também pode ser prejudicial para a saúde.

Deste modo, é importante que se aconselhem sempre junto do vosso médico, quanto ao melhor protetor solar para vocês.

Também vos pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<