Bebés > Mãe no pós parto > Recuperação pós parto

Anemia pós-parto: o que é, sintomas e tratamento

anemia pós-parto

A anemia pós-parto é um problema recorrente entre as recém-mamãs. Conheça as causas, os sintomas, os riscos e tratamentos!

Normalmente, as recém-mamãs costumam estar tão ocupadas a cuidar do seu bebé e esquecem-se de cuidar de si, o que pode originar várias complicações, como a anemia pós-parto. Estes problemas são mais recorrentes nos países em desenvolvimento e cujas implicações podem resultar na mortalidade materna.

Anemia pós-parto

O que é?

A anemia pós-parto é uma eficiência de ferro crónica após o nascimento do bebé. Acontece quando os níveis de hemoglobina estão abaixo das 110 gramas/litros de sangue (g/L) na primeira semana depois do nascimento e abaixo das 120 g/L oito semanas depois do parto.

O seu desenvolvimento

A anemia pós-parto passa por três fases distintas.

1.ª fase

A quantidade de ferro presente na medula óssea começa a escassear, o diminui os níveis de ferro na corrente sanguínea. Nesta primeira fase não é normal haver sintomas.

2.ª fase

Os efeitos secundários de uma anemia começam a aparecer. Pode começar a sentir-se mais cansada e terá mais tendência para ter dores de cabeça. Nesta altura, se fizer um exame de diagnóstico de sangue a deficiência pode já ser visível. Nesta altura a produção de hemoglubina começa a ser afetada.

3.ª fase

Os níveis de hemoglubina continuam a baixar, causando uma anemia severa. Isto revela-se numa sensação extrema de cansaço e exaustão, sentindo-se fraca e como se tivesse doente.

Causas de anemia pós-parto

As principais razões para desenvolver a patologia são:

  • Dieta pobre em ferro antes ou durante a gravidez. Pode não conseguir adquirir a quantidade de ferro necessária só com a alimentação e pode necessitar de tomar suplementos que contêm esta substância química.
  • Muita perda de sangue durante o parto pode originar insuficiência de ferro, resultando consequentemente um quadro de anemia pós-parto. Quanto mais sangue perder, maior é o risco de ficar anémica.
  • Doenças intestinais que impedem uma correta absorção de ferro, como a doença celíaca, a doença de Crohn e a doença inflamatória intestinal.

Sintomas

Como em qualquer outra questão de saúde, a anemia pós-parto tem determinados sintomas:

  • Sentir-se demasiado cansada e exausta;
  • Face pálida;
  • Sensação de fraqueza;
  • Redução da qualidade e quantidade de leite materno, que está associado ao pouco ganho de peso dos bebés;
  • Falta de ar;
  • Tonturas;
  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Dores de cabeça;
  • Irritabilidade;
  • Mudanças de humor;
  • Imunidade reduzida.

Atenção que estes podem ser sintomas que podem estar relacionados com qualquer outra doença. Aconselhamos que se desloque ao médico se se sentir mais fraca, com dores de cabeça ou mais cansada do que o normal.

Riscos

Caso a anemia pós-parto não for devidamente tratada existem algumas consequências, entre as quais:

  • Falta de concentração;
  • Falta de capacidade para terminar as tarefas;
  • Um maior risco de ter um bebé prematuro ou outras complicações nas gravidezes seguintes.

Tratamento da Anemia pós-parto

O tratamento da anemia passa, necessariamente, por mudanças na rotina alimentar e de vida. A Pumpkin deixa alguns conselhos para curar a anemia:

  • Tome suplementos com ferro para melhor os níveis de ferro no sangue. No entanto, deve esperar que o médico decida exatamente que tipo de suplemento deve tomar.
  • Coma alimentos ricos em ferro, tais como os legumes de folha verde (espinafres), feijões, lentilhas, abóboras, tofu, arroz castanho, espargos, batatas, ervilhas, carne, ostras, frango, morangos.
  • Reduza a ingestão de chás, porque contém um ingrediente chamado tanino e que diminui a absorção de ferro pelo corpo. Também uma grande ingestão de cálcio pode reduzir a absorção deste mineral
  • Ingira alimentos ricos em vitamina C, uma vez que esta ajuda à absorção do ferro. A laranja e os morangos são algumas das frutas com alto teor de vitamina C.
  • Beba mais líquidos. Assim não só manter-se-á hidratada, como o fluxo sanguíneo também sairá beneficiado, visto prevenir coágulos de sangue. Além disso, previne as infeções urinárias. Beba cerca de dois litros de líquido por dia, não mais do que isso, pois o excesso de ingestão de líquidos pode diluir o sangue.
  • O uso de laxantes podem ajudar com a prisão de ventre, um efeito secundário da anemia. Também pode ser útil aumentar a ingestão de líquidos.
  • Descansar muito, procurando evitar o esforço excessivo se se sentir muito cansada.
  • O risco de apanhar infeções aumenta exponencialmente, uma vez que os baixos níveis de ferro baixam bastante o sistema imunológico do seu corpo. Caso note algum sinal de infeção, contacte o seu médico de imediato e veja se existe a necessidade de tomar antibióticos.

Por fim, se for diagnosticada com anemia pós-parto é importante ser analisada por um médico e seguir as suas indicações. Além disso, se sentir algum sintoma pós-parto fora do comum deve deslocar-se de imediato a uma unidade de saúde mais próxima de si.

Se encontrar alguma incorreção contacte-nos por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *