Queda de cabelo no pós-parto: é ou não normal? - Pumpkin.pt

Queda de cabelo no pós-parto: é ou não normal?

queda de cabelos pós-parto

A queda de cabelo no pós-parto, também conhecida como eflúvio telógeno gravídico, é algo normal. Contudo, é uma situação que se pode prolongar durante alguns meses.

Por isso, é importante estar alerta e ter alguns cuidados diários, de modo a garantir que a queda de cabelo no pós-parto não se torna excessiva, nem põe em causa a saúde capilar da recém-mãe. Fiquem a perceber melhor.

Por que acontece a queda de cabelo no pós-parto?

Enquanto na gestação a densidade capilar aumenta (fase anágenica), no pós-parto o cabelo cai (fase telogénica). A explicação para isso é simples: durante a gravidez, o organismo produz mais estrogénio e progesterona, os quais contribuem para um maior crescimento do cabelo e para uma menor queda dos fios.

Porém, depois do nascimento do bebé, os níveis dessas hormonas diminuem e isso tem consequências no ciclo
de crescimento capilar, originando a queda de cabelo. Além disso, as mulheres que fizeram cesariana podem sofrer de stress cirúrgico e a sua queda de cabelo estar ainda associada à toma de anestésicos, por exemplo.

Mais de metade do seu cabelo pode entrar numa espécie de fase de estagnação do seu crescimento. Em alguns casos, esta situação pode não ser imediata e só se manifestar 3 meses depois do parto, altura em que determinadas recém-mães verificam uma queda de cabelo superior ao normal. Isto acontece porque a queda de cabelo pode acontecer toda ao mesmo tempo.

No entanto, este é um acontecimento geralmente temporário e que não é suficiente para originar peladas, nem calvície, por exemplo. Normalmente, esta condição não se estende além dos 12/18 meses, após o nascimento do bebé.

Caso a queda se mantenha após este período temporal, então deve consultar-se um médico, de modo a avaliar se o cabelo pode estar a cair por outro motivo (anemia; depressão; alterações na função tiroideia; doenças autoimunes;…).

Apesar de, habitualmente, a queda de cabelo no pós-parto estar associada a questões hormonais, o stress e a falta de sono, algo comuns nas recém-mães, também podem contribuir para esta situação. Assim, nestes casos, para melhorar a saúde capilar, é benéfico adotar técnicas de relaxamento e de respiração e praticar regularmente exercício físico.

Cuidados a ter com a queda de cabelo no pós-parto

Apesar de a queda de cabelo no pós-parto ser uma situação normal, ela pode ser prevenida ou combatida com determinados cuidados que tornam o cabelo mais saudável, tais como:

  • manter os níveis hormonais equilibrados;
  • não fazer penteados que puxem demasiado o cabelo, como tranças;
  • não lavar o cabelo diariamente;
  • evitar certos procedimentos, como colarações capilares ou permanentes;
  • usar um champô anti-queda e que dê volume ao cabelo;
  • aplicar nas pontas um condicionador para cabelos finos;
  • pentear o cabelo delicadamente;
  • secar o cabelo a frio;
  • hidratar-se, bebendo água e sumos ricos em vitaminas;
  • apanhar sol, nas horas menos perigosas, para receber os níveis de vitamina D necessários;
  • fazer uma alimentação rica em frutas e vegetais, cujos flavonoides e antioxidantes protegem os folículos capilares e contribuem para o crescimento do cabelo;
  • dormir e descansar;
  • falar com o médico sobre a possibilidade de fazer suplementação alimentar, tomando nomeadamente um complexo de vitamina B, vitamina C, vitamina E, zinco, ferro e ómegas 3 e 6.

Como lidar com a queda de cabelo no pós-parto?

Embora a queda de cabelo no pós-parto seja, habitualmente, uma situação benigna e passageira, ela pode interferir bastante com a confiança e com a auto-estima da recém-mamã.

Afinal, o período do puerpério carateriza-se por uma série de alterações hormonais, físicas e psicológicas na mulher e, também, na sua rotina diária.

Assim, mesmo sendo uma situação normal, a recém-mãe deve conversar com o médico que a acompanha sobre este tópico, caso sinta que isso está a interferir com o seu bem-estar emocional.

Também vos pode interessar: 

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<