Métodos contraceptivos no pós-parto: quais e quando? - Pumpkin.pt

Métodos contraceptivos no pós-parto: quais e quando?

métodos contraceptivos pós-parto

O corpo da mãe precisa de tempo para se recuperar da gravidez.

Evitar uma nova gravidez nos primeiros meses no pós-parto é fundamental para assegurar uma recuperação total do corpo da mulher. Que métodos contraceptivos utilizar no pós-parto?

Na verdade, existem riscos acrescidos nas gestações que acontecem com um intervalo inferior de 24 meses em relação à anterior, pelo que o mais certo é espaçar os nascimentos. Há estudos que sugerem inclusive que o intervalo ideal é de entre 3 a 5 anos.

É que existe um risco reconhecido de a grávida sofrer de problemas como o sangramento vaginal, a rutura prematura da placenta, a inflamação do útero, a anemia, a diabetes gestacional e o aumento significativo de peso quando o organismo não tem tempo de “voltar ao normal”.

Já o bebé pode nascer prematuro, ou com baixo peso, paralisia cerebral e/ou subnutrição.

Quais são então os métodos contraceptivos indicados para o pós-parto e quando começar a tomá-los?

Os métodos contraceptivos mais indicados no pós-parto

Como acontece em quase todos os aspectos relacionados com a saúde e bem-estar do ser humano, o método contraceptivo mais indicado para cada casal vai depender de uma série de factores: a amamentação, por exemplo, não é compatível com a toma de algumas pílulas anticoncepcionais, que possuem componentes de risco para o bebé.

Conversem com o vosso médico assistente na consulta do puerpério, que por norma acontece entre a quarta e a sexta semana pós-parto.

Não deverão ter que preocupar-se antes com o assunto, já que a retoma da vida sexual está precisamente apontada para esta fase da recuperação.

Antes, o sexo pós-parto não é recomendado: a ferida estará a cicatrizar e é provável que a mulher sofra ainda com o sangramento pós-parto.

Se não amamentam, ou se amamentam de forma espaçada, a ovulação pode ocorrer por volta do 27º dia após o parto – a duração média de um ciclo menstrual.

Também vos pode interessar: 

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *