Os primeiros 1000 dias de vida: o bebé tem 2 anos! - Pumpkin.pt

Como é a vida de um bebé de 2 anos?

1000 dias do bebé

Os primeiros 1000 dias compreendem a gravidez mais os 2 primeiros anos de vida. É uma altura de enorme crescimento e desenvolvimento corporal.

O Doutor Hugo Rodrigues, autor do conhecido blog Pediatria para Todos, conta-nos quais os marcos de desenvolvimento mais comuns quando o bebé atinge os mil dias de vida… ou seja, os 2 anos!

O crescimento e desenvolvimento de um bebé de 2 anos

  • É durante este período que a velocidade de crescimento é a maior de toda a vida (bem mais elevada do que no chamado “pico de crescimento” da adolescência).
  • Aos 2 anos, o comprimento da criança é de cerca de metade da altura que vai ter na idade adulta.
  • Aos 2 anos, o cérebro atinge cerca de 80% do tamanho que vai ter na idade adulta.

Por este facto se compreende que este é, sem dúvida, um período crítico na vida de qualquer ser humano.

Todas as mudanças e estímulos que se façam sentir nesta altura vão ter repercussões para o presente da criança, mas, acima de tudo, podem ter efeito também a longo prazo, no seu futuro, com a regulação do sistema imunitário, metabolismo ou desenvolvimento cerebral, por exemplo.

Por esse motivo, é uma altura-chave para se optimizar todos os cuidados necessários a um crescimento e desenvolvimento ideais, de forma a que o seu filho possa ter o melhor início de vida possível. Ele merece! Como é, então, a vida de um bebé de 2 anos?

a um ano andante

Quase toda a gente tem a ideia de que os bebés devem andar por volta do ano de idade e isso não é, de todo, a realidade. Há efectivamente alguns que o fazem, mas a maioria fá-lo mais tarde, em média cerca dos 14 meses.

Mas mesmo essa idade é bastante variável, pelo que a normalidade vai um pouco “mais longe”. O normal é as crianças aprenderem a andar até aos 18 meses e só a partir dessa idade é que pode ser considerado “anormal”.

Também em relação a este aspecto importa esclarecer que um dos factores que tem alguma influência no processo é a forma como os bebés aprendem a deslocar-se antes de andar. Podem fazê-lo de uma das seguintes formas:

Gatinhar: é a forma mais comum dos bebés aprenderem a movimentar-se, embora não seja obrigatório que o façam.

Arrastar-se “tipo tropa”: é relativamente frequente e é uma alternativa a gatinhar.

Arrastar-se sentado: é um pouco menos frequente, mas também uma alternativa. O mais importante nestes casos é explicar aos pais que os seus filhos não irão ser dos primeiros andar, porque não trabalham o movimento alternado das pernas, mas que irão fazê-lo até aos 18 meses.

Andar de forma directa, sem passar por nenhuma etapa prévia: não é muito frequente, mas por vezes acontece.

Como se expressa um bebé de 2 anos?

bebé falante

É muito interessante acompanhar o desenvolvimento da linguagem das crianças, porque é pouco linear e acontece muito “por etapas”. De um modo resumido e simples, o que se passa é o seguinte:

Até aos 9 meses: a linguagem é muito rudimentar e praticamente desprovida de intenção.

Entre os 9 e os 12 meses: os bebés começam a perceber que os sons diferentes têm significados também diferentes e passam a ter algum entendimento do que se lhes diz. É fundamental nesta fase conversar com eles e ir falando sobre tudo o que se está a fazer e ver, para eles perceberem como se utilizam os sons

Entre os 12 e os 18 meses: aos 12 meses os bebés entendem já algumas ordens simples, tais como “diz adeus” ou “dá cá” (não é obrigatório obedecer, só é preciso haver entendimento!) e, a partir daí, desenvolvem cada vez mais a compreensão. Não é habitual que haja uma grande evolução no número de palavras que dizem e, por volta dos 18 meses, grande parte das crianças entende tudo o que se lhe diz, mas só consegue verbalizar intencionalmente 5-10 palavras.

Entre os 18 meses e os 2 anos: é neste intervalo que se inicia o grande desenvolvimento da linguagem expressiva e é suposto que cerca dos dois anos de idade as crianças sejam já capazes de construir frases simples, com 2-3 palavras (por exemplo, “mamã dá” ou “papá água não”).

Bebé com 2 anos: a linguagem desenvolve-se exponencialmente e de forma progressiva.

Em jeito de conclusão, pode-se afirmar que apesar de não estar completamente errado, seria mais correcto se o ditado afirmasse que “Ao ano (ainda não) andante, aos dois (realmente) falante”! Certamente estaria um pouco mais adequado e espelharia melhor o desenvolvimento das nossas crianças…

A alimentação de um bebé de 2 anos

Entre o primeiro e o terceiro ano de vida, as crianças experimentam um crescimento muito rápido, em peso e altura, que abranda por volta dos dois anos. Durante este período, as necessidades nutricionais adaptam-se ao ritmo de desenvolvimento dos bebés, existindo por isso uma natural diminuição do apetite.

Este fenómeno é conhecido como anorexia fisiológica e não é preocupante. Nestes casos, os especialistas aconselham a não forçar a criança a comer mais do que a quantidade pela qual a criança manifesta interesse ou vontade.

Saibam como incentivar o vosso bebé de 2 anos a comer melhor e sem birras.

O livro do seu Bebé: descubra tudo o que acontece nos 2 primeiros anos de vida

o livro do seu bebé

O Livro do Seu Bebé, o mais completo e inovador manual para ajudar os pais durante estes primeiros
1000 dias.

Este é um livro muitíssimo completo, ilustrado e cheio de conselhos e informações úteis para que os pais consigam ajudar os seus filhos a crescerem e a desenvolver-se de forma saudável e harmoniosa. Neste livro, o também autor do site de pediatria mais visitado do país revela como lidar da melhor maneira com esse período crucial na vida de pais e filhos, colocando o foco na ideia de que os cuidados com os bebés começam logo durante a gravidez.

Hugo Rodrigues, médico pediatra, professor universitário e presença assídua na comunicação social, transmite de forma prática e muito acessível orientações adaptadas às diferentes idades do bebé acerca da alimentação, sono, higiene, segurança e desenvolvimento cognitivo.

O Livro do Seu Bebé é um guia completo e abrangente que procura responder às principais preocupações dos pais e rapidamente se irá transformar numa obra de referência na área.

Veja também: Como é a vida de um bebé de 1 ano?

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *