A alimentação de um bebé de 8 meses: o que muda? - Pumpkin.pt

A alimentação de um bebé de 8 meses: que introduções fazer?

alimentação de um bebé de 8 meses

Está na altura de o bebé experimentar novas texturas!

Como é a alimentação de um bebé de 8 meses?

Já vimos que a chegada aos 6 meses de vida coincide com o momento da diversificação alimentar do bebé, ao qual podemos oferecer pela primeira vez alimentos sólidos.

Aos 8 meses, a descoberta de novos alimentos e sabores prossegue, mas agora é tempo de estimular o desenvolvimento da mastigação oferecendo ao bebé novas texturas, progressivamente mais sólidas.

Comece por deixar os purés com uma textura mais granulosa (mal triturados) e depois passe aos pedacinhos que devem ser muito pequenos e macios.

Alimentação de um bebé de 8 meses: o arroz, a massa e a batata

A partir dos 8/9 meses pode começar a juntar arroz ou massa (bem cozidos) ou puré de batatacomo acompanhamento da carne ou do peixe e dos legumes.

Alimentação de um bebé de 8 meses: as leguminosas

Entre os 9 e os 11 meses podem começar a ser oferecidas leguminosas. Devem ser servidas em pequenas quantidades, sem casca e muito bem cozinhadas e trituradas.

Alimentação de um bebé de 8 meses: o ovo

gema de ovo pode ser introduzida a partir do 9º mês (começando por dar metade da gema sempre bem cozida), em substituição da carne ou do peixe, no máximo 2 a 3 vezes por semana.

Caso não haja histórico individual de atopia, a clara pode ser oferecida ao bebé a partir dos 11 meses de idade, sempre de acordo com a indicação do profissional de saúde assistente.

Alimentação de um bebé de 8 meses: a água

Lembre-se de oferecer água ao bebé várias vezes ao longo do dia. Ofereça a água no copo adaptado, em vez do biberão.

Alimentação de um bebé de 8 meses: menu e refeições

O seu bebé está a crescer e irá continuar a sua descoberta de novos sabores, transitando progressivamente de uma textura homogénea para uma textura granulosa, e por fim com pequenos pedacinhos.

Aos poucos irá aproximar a sua alimentação à da família, mas ainda não é um adulto, pelo que deverá ter atenção que as suas necessidades e capacidades continuam a ser específicas.

Cada criança é única e diferente, por isso é primordial respeitar o apetite do seu bebé!

Também lhe pode interessar:

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *