Como ajudar a imunidade do bebé? - Pumpkin.pt

Patrocinado por

Como ajudar a imunidade do bebé?

sistema imunitário

O sistema imunitário do bebé é imaturo, mas os pais podem ajudá-lo com atos cheios de amor.

Aquilo que queremos desde o momento em que descobrimos que vamos ser pais é que os nossos filhos sejam saudáveis e felizes! A boa notícia é que parte desse objetivo está-nos, como eles, no colo e em mãos.

A juntar a escolhas conscientes na alimentação, são vários os gestos que todos os pais podem ter para ajudar a imunidade do bebé. Com o apoio Aptamil Leites de Transição, dizemos quais.

Como desenvolver o sistema imunitário do bebé?

O sistema imunitário é composto por uma rede complexa de células, tecidos e órgãos que trabalham em conjunto para proteger o organismo de infeções: é da interação destas características genéticas com o meio externo ao nosso redor – as vacinas, por exemplo – que resulta a nossa imunidade.

Os bebés nascem com um sistema imunitário bastante imaturo, que deve ser fortalecido nos primeiros meses de vida, mas aqueles que chegam aos braços da mãe por parto natural estão por norma mais escudados de agressões. É que a passagem pelo canal de parto é o primeiro impulso para o reforço de imunidade.

O conjunto de microorganismos benéficos que desenvolvemos no momento do nascimento constitui a nossa primeira barreira de defesa, e uma alimentação adequada tem também um papel importantíssimo no crescimento saudável do bebé.

Oferecer os nutrientes necessários

reforçar sistema imunitário

O leite materno é a nutrição ideal para o bebé pelo menos durante os seis primeiros meses de vida, precisamente porque este leite inclui nutrientes básicos essenciais como hidratos de carbono, proteínas, gordura e muita água para hidratar o bebé.

No entanto, por impossibilidade ou por opção, são muitas as mães que optam por alimentar a abobrinha com recurso a leites de transição, depois de atingida a janela temporal recomendada pela Organização Mundial de Saúde – e está tudo bem.

A Nutricia investiga e estuda o leite materno e o sistema imunitário dos bebés há mais de quarenta anos e criou Aptamil Profutura 2, uma nova geração de leites de transição para bebés a partir dos 6 meses.

Aptamil Profutura 2 é um produto revolucionário porque é composto por ingredientes únicos com mais componentes idênticos aos encontrados no leite materno.¹

Imagens ilustrativa. Os vários elementos das gotas não estão representados de forma proporcional. As camadas brancas representam os nutrientes obrigatórios por lei, em leites de transição. As gotas indicam os tipos de oligossacáridos aos leites de transição.

O novo formato das embalagens Aptamil Profutura 2  é também ele inovador e pensado para facilitar a vida aos papás, que com a chegada de um bebé vão sempre privilegiar o fácil e bom. As embalagens são agora ainda mais:

  • Práticas, já que permitem preparar o biberão só com uma mão (mesmo com o bebé ao colo) e tem um alisador para destros e canhotos – ou seja, dá mesmo para todos.
  • Higiénicas, pois têm uma abertura mais larga que minimiza o contacto com o leite em pó, mesmo com mãos grandes como as do papá.
  • Seguras, trazendo selo no exterior e lâmina interior.

Com Aptamil Profutura 2, as vossas abobrinhas vão receber tudo aquilo de que precisam de um leite de transição. Aptamil Profutura 2 contém Vitamina D, que ajuda o sistema imunitário dos bebés.²

Depois, o amor e cuidado fazem o resto!

Ter cuidados de higiene redobrados

higiene sistema imunitário

O sistema imunitário do bebé, além de reforçado, deve ser protegido. Devem, por isso, ter em especial atenção os contactos regulares dos outros – e os vossos – com o bebé:

  • É essencial lavar sempre as mãos dos bebés e pedir a quem nele toque que o faça também;
  • Não frequentem locais onde o fumo passivo possa obstruir as vias respiratórias do bebé, e não permitam que ninguém fume na sua presença;
  • Evitem ajuntamentos ou ambientes fechados com muitas pessoas – em contexto pandémico mais ainda, mas esta sempre foi uma norma essencial para proteger os lactentes e crianças mais pequenas;
  • O mesmo em relação a partilhas de comida, principalmente quando o bebé tem tendência a comer com as mãos: a comida da abobrinha é só sua!
  • Evitem também os contactos diretos desnecessários do bebé com ambientes e objetos externos, como por exemplo o carrinho do supermercado – não sendo possível, optem por desinfetar antes todas as superfícies onde a abobrinha possa tocar;
  • Desinfetem, por fim, os brinquedos do bebé com alguma regularidade, principalmente aqueles que levam convosco em passeio.

Criar uma rotina de sono adequada

rotina de sono sistema imunitário

O descanso e a imunidade são melhores amigos: não vivem um sem o outro, e esta é uma verdade que atinge crianças e adultos.

O sono auxilia no fortalecimento do sistema imunológico no combate a doenças virais, já que a melatonina produzida enquanto dormimos é responsável pelo fortalecimento do organismo.

Quando dormimos menos do que o recomendado, ou dormimos mal, o nosso corpo liberta hormonas de stress, o cortisol, e nem os bebés a ela são imunes. 

Por isso, e como somos seres de hábitos, adotar uma rotina na hora que antecede o sono levará as abobrinhas a adormecer mais facilmente e a dormir por mais tempo.

Procurem definir uma hora de deitar e manterem-se fiéis a esse horário. Depois, sigam a regra dos 3 B’s: banho, biberão, berço. É importante que este período que antecede o deitar seja o mais silencioso e tranquilo possível.

A qualidade e quantidade de sono não devem ser menosprezadas na infância, por isso já sabem: bons sonhos e bom reforço imunitário!

Também vos pode interessar: 

Nota importante: A gama Aptamil, leites de transição, destina-se a fins nutricionais específicos de bebés com mais de 6 meses, como parte da dieta diversificada: não deve ser usado como substituto do leite materno até essa idade.

¹ Aptamil® Profutura® 2 tem mais componentes encontrados no leite materno do que Aptamil® Pronutra® Advance 2, por 100 ml de produto preparado. Alguns nutrientes naturalmente encontrados no leite materno: Omega 3 & 6, beta-palmitato, vitaminas C e D. Contém3’ GL HMO (3’ – Galactosil-lactose Oligossacárido de estrutura idêntica à encontrada no leite materno) – tem origem no nosso processo único. 2’Fl HMO – 2’- fucosil-lactose Oligossacárido de estrutura idêntica à encontrada no leite materno).

*Dados Nielsen & HMR total de mercado, fevereiro de 2021. Aptamil® Profutura ® 2 tem pelo menos 30% mais oligossacáridos do que a média de mercado dos Leites de Transição etapa 2, e pelo menos 27 vezes mais oligossacáridos que o produto homólogo do principal concorrente de mercado (estudo comparativo de rótulos de Leites de Transição etapa 2, por 100 ml de produto, disponíveis em Portugal, em fevereiro de 2021). 1. Galacto-oligossacáridos e Fruto-oligossacáridos. 2. 3’ GL HMO (3’ – Galactosil-lactose Oligossacárido de estrutura idêntica à encontrada no leite materno) – tem origem no nosso processo único. 3. 2’Fl HMO – 2’- fucosil-lactose Oligossacárido de estrutura idêntica à encontrada no leite materno). 4. Aptamil® Profutura® 2 tem mais componentes encontrados no leite materno do que Aptamil® Pronutra® Advance 2, por 100 ml de produto preparado. Alguns nutrientes naturalmente encontrados no leite materno: Omega 3 & 6, beta-palmitato, vitaminas C e D. Contém 3’ GL HMO – tem origem no nosso processo único e 2’Fl HMO

² Nota Importante: O leite materno é a nutrição ideal para o bebé. Consulte sempre o profissional de saúde sobre a melhor nutrição do bebé. Contém vitamina D que contribui para o funcionamento normal do sistema imunitário de lactentes e crianças.

Conteúdo escrito com o apoio de Milupa Comercial.

Este artigo foi útil para si?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

<