Ao engravidar deve ter um cuidado ainda maior com a alimentação. Ela vai ser importante para si e para o seu bebé.

Lembra-se da roda dos alimentos? É de grande importância que as refeições sejam compostas de alimentos dos diversos grupos alimentares: vitaminas, minerais, hidratos de carbono e proteínas.

E já agora aproveite para continuar com este tipo de alimentação. Comer de forma saudável nunca fez mal a ninguém.

  • Frutos  frescos e vegetais em todas as refeições - vitaminas e sais minerais. Escolha fruta fresca e sumos naturais sem açúcar.  Deve ser dada preferência aos vegetais folhosos verde escuros tais como espinafres e brócolos.
  • Ovos, carne, peixe – proteínas. Deve dar-se preferência às carnes magras, evitando-se os assados e fritos com gordura.
  • Leite, iogurte, queijo e manteiga - proteínas, fósforo, vitaminas e cálcio, importantíssimos para o desenvolvimento ósseo do bebé.
  • Ervilhas, feijão, grão - proteínas vegetais indispensáveis ao bebé.

Que cuidados devo ter?

  • Lave muito bem os alimentos que se ingerem crus;
  • Prepare e cozinhe os alimentos de forma simples;
  • Beba cerca de 1,5 litro de água por dia, assim como entre 0,5 e 1 litro de leite ou dos seus derivados.
  • Retire sempre a gordura visível da carne e evite as partes queimadas;
  • Reduza os alimentos muito condimentados e com demasiado sal.

Que alimentos devo evitar?

  • Doces e bolos;
  • Café, chá, álcool e bebidas com gás;
  • Mariscos (devido ao risco de salmonelas);
  • Carne mal passada (devido ao risco da toxoplasmose);
  • Queijo fresco de leite não pasteurizado (devido ao risco de contrair brucelose).

Há doenças, como a toxoplasmose, que se transmitem através dos alimentos mal lavados e mal cozinhados. Fale com o seu médico para saber se é, ou não, imune à toxoplasmose e outras doenças que podem implicar riscos para o bebé.

Fotografias: Marjan Hols Reis