Conheça os restaurantes baby-friendly no Porto com a ajuda de João Moreira Pinto.

Como explica João Moreira Pinto, o conceito de restaurante baby-friendly é subjectivo.

Para nós (família Pumpkin), um restaurante baby&child-friendly tinha de ter atividades para entreter as crianças. Foi com base neste critério e com a ajuda de outras familias que criámos a lista de restaurantes child friendly de Lisboa.

Quando estivemos no Porto não encontrámos nenhum restaurante com atividades para entreter as crianças (provavelmente por ser Inverno). Mas seguimos as recomendações do João e adorámos os restaurantes, a comida e a simpatia com que nos receberam! Sem duvida baby&child friendly! 

 

  • Restaurantes baby-friendly no Porto

por João Moreira Pinto

O conceito do restaurante baby-friendly é subjectivo.

Eu entendo-o como um local onde podemos almoçar ou jantar à vontade com as nossas crianças. Não pode ser demasiado silencioso (porque se a criança faz birra pode destoar e captar os olhares reprovadores em volta) mas também não pode ser demasiado caótico (não vá o piolho querer dormir uma soneca).

Deve-se comer bem, mas deve haver opções infantis como a sopa passada, o esparguete à bolonhesa, o bife com com ovo ou as pizzas (vencedoras entre os mais pequenos).

O restaurante baby-friendly deve ter espaço entre as mesas, seja para passar um carrinho ou para a criança espernear à vontade; não é obrigatório ter um parque infantil, desde que os empregados sejam brincalhões e atenciosos com os mais pequenos; não é obrigatório ter um fraldário, desde que se ajeite um cantinho longe dos narizes dos restantes convivas.

Um restaurante baby-friendly não tem que reunir todas estas condições, mas quantas mais melhor.

Na cidade onde vivo, o Porto, existem vários restaurantes baby-friendly. Estes são aqueles que gosto de visitar mais. A ordem porque aparecem é arbitária.

 

  • Restaurante dos Clérigos

ClerigosPrimeiro ponto a favor, tem espaço. Cabem cadeirinhas, brinquedos e algumas correrias. Segundo, as mesas laterais têm daqueles sofás compridos, onde as crianças adoram sentar-se e onde se podem espreguiçar longe dos olhares dos vizinhos de mesa.

Terceiro, as entradas e os pratos gourmet intercalam com massas com tomate e pizzas marguerita. É muito difícil almoçar em locais com comida mais refinada e levar as crianças, quando não existem pratos que elas gostem.

Quarto, é na baixa do Porto, que (como já referi) está cada vez mais cosmopolita e repleta de sítios onde passear com os mais novos.

Para mais informações: 

Al forno CaféAl Forno Café

Este era o restaurante onde mais íamos quando o JM começou a dar os primeiros passos e a ficar inquieto na cadeira.

A marca Al Forno é conhecida pelas pizzas de massa fina (que são óptimas), mas eu gosto muito mais das massas frescas.

A sangria branca é de perder a cabeça. O acesso ao piso de baixo exige o transporte do carrinho 'em braços', mas o jardim interior e o espaço amplo para os pequenos correrem à vontade compensa o esforço. O almoço de Domingo quase se transforma num infantário.

Para mais informações: 

 

My PalaceMy Palace

Uma das melhores francesinhas do Porto comia-a no Café Diu, que fica na Rua da Boavista, junto ao antigo Hospital Maria Pia. O mesmo dono abriu a Cervejaria My Palace, mesmo em frente ao Parque da Cidade (o que pode ser muito útil para quem acaba de meter uma francesinha no bucho). Apesar de não haver muito espaço para a cadeirinha, a boa vontade dos funcionários e os bancos corridos são baby-friendly q.b..

Para mais informações: 

 

  Treze % RestauranteTreze % Restaurante

Tem um jardim enorme para trás, onde os miúdos são literalmente convidados a brincar. Há um quadro de xisto com giz, há pufs e brinquedos espalhados pelo chão. Nota-se uma preocupação de tornar o ambiente agradável para quem leva crianças. Uma das especialidades da casa é o rosbife e granto-vos é de chorar por mais.

A Time Out Porto elegeu-o como tendo uma das melhores esplanadas do Porto, elogiou os seus mini-hamburgers.

Para mais informações: 

 

Varanda da BarraVaranda da Barra

Este é bem capaz de ser o restaurante baby-friendly mais velhinho do Porto. Era o local onde os meus pais nos levavam, por ser um ambiente suficientemente relaxado sem ser a bagunça total. A comida é óptima. Tem as opções italianas (pizzas e massas) que as crianças adoram e comida mais sofisticada para os pais.

Pessoalmente, adoro o bife de lombo com pimenta verde. Aos Domingos, sucedem-se almoços de família que, nos dias de Verão, podem ser aproveitados na varanda que dá para o Rio Douro.

Para mais informações: 

 

Casa de PastoCasa de Pasto Ribatejo

Esta é a opção quando andamos pela Baixa do Porto. Este restaurante fica para os lados do Jardim de São Lázaro. É um restaurante de comida tradicional portuguesa, onde os donos, que estão geralmente presentes, se esforçam por agradar os pequenos, adaptando os pratos ao paladar deles, no momento.

Tem um pátio interior com uma vinha, que, para além do efeito visual, protege do sol excessivo e do vento. O corredor central entre as mesas ficou propositadamente mais largo, para permitir que as crianças se espraiem à vontade.

Para mais informações: 

  • Telefone: 222 008 991

 

Padaria RibeiroPadaria Ribeiro

 

Famosíssima pelos seus biscoitos tradicionais, pelos lanches mistos, pelas empadas, pelas tartes de maracujá, pelo bolo-rei de chocolate, por um sem número de coisas deliciosas que ali se produzem (e comem), a Padaria Ribeiro nasceu na Baixa do Porto e expandiu-se para a Foz (Pinhais da Foz).

E, daí para Ermesinde e Matosinhos. Em qualquer uma das Padarias Ribeiro, o serviço é óptimo e a qualidade dos produtos excelente, mas é em Matosinhos que as crianças se sentirão melhor. É que, no fundo da padaria, tem uma esplanada e um jardim a sério (com árvores e tudo).

As crianças podem pular e correr à vontade, sob o olhar vigilante dos pais que tomam um pequeno-almoço tardio ou um almoço leve de fim-de-semana.

Mais recentemente, abriu a Padaria Ribeiro na Maia, que não tem um jardim interior, mas tem bancos corridos (todas as crianças adoram) e a grande praça do Município mesmo em frente (óptima para trotinetes, patins, bicicletas, e outros veículos movidos ‘a crianças’).

Para mais informações 

  • Telefone: 934 210 217