Agora que as aulas já regressaram, é capaz de o sentir, ou de conhecer alguém que se queixe deste mal: a rotina matinal, os horários e a pressa podem ser stressantes e trazer à tona conflitos desnecessários. Para evitar que a harmonia familiar seja abalada, a Pumpkin traz-lhe algumas dicas que vão transformar manhãs caóticas em momentos de organização, cumplicidade e paz! 

15 minutos fazem toda a diferença.

Levante-se mais cedo. Esta frase pode ser o equivalente moderno de tortura para mães com filhos em idade escolar, mas às vezes quinze minutos podem mesmo fazer toda a diferença na rotina e no ânimo. Experimente acordar antes das crianças e beber um café, ler as notícias no seu telefone, ou fazer um treino rápido mas funcional: o segredo é escolher uma atividade que saiba à partida que a vai estimular, acordar e melhorar a disposição. Quando os miúdos se levantarem, já se vai sentir desperta e com energia, pelo que tudo fluirá muito melhor. 

Uma mãe prevenida vale por duas! 

Deixe tudo pronto na noite anterior. Fazê-lo vai não só permitir que os processos fluam muito mais rapidamente, como evita indecisões, atrasos e discussões. Organizem as mochilas, coloquem os sapatos à porta, escolham, em conjunto se quiser, a roupa. Pode até preparar o pequeno-almoço ou deixar tudo pronto para que de manhã seja apenas preciso confeccionar os alimentos. O importante aqui é rentabilizar o tempo. 

Três ou quatro alarmes por dia não sabe o bem que lhe fazia.

O despertador é óptimo para acordar a prole, mas pode ter também outras utilidades: ao invés de passar a manhã a gritar ordens aos seus filhos, programe alarmes no telemóvel com a voz deles: "hora de lavar os dentes!", "agora veste-te, e não te esqueças das meias!". 

Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Se acha que os alarmes vão trazer ainda mais confusão à sua manhã, não tema, há mais soluções: crie lembretes visuais! E o que são lembretes visuais? Uma espécie de calendário ilustrado com todas as tarefas matinais das crianças. Quase um baralho de cartas, mas muito mais útil - e, porque não, divertido? Inspire-se nesta ideia (os textos estão em inglês, mas as imagens são óbvias e auto-explicativas).

Última paragem? Vestir! 

Conhece a Lei de Murphy, aquela que diz que "qualquer coisa que POSSA correr mal, VAI correr mal"? Pois é. De certeza que já teve que mudar os seus filhos incontáveis vezes, à pressa, num nervosismo incomparável, porque se sujaram durante o pequeno-almoço, entornaram leite nas calças ou mancharam a t-shirt com pasta de dentes. Primeiro, tudo o resto. Por último, vistam-se e saiam de casa a correr, não vá o Diabo tecê-las... 

Todos os dias são dias de listas.

Listas, listas, listas! Tão old school e ainda assim tão úteis. É como nas férias: antes de sair de casa, confirma sempre se tem tudo na mala de viagem, não é? Para evitar esquecimentos, cole na porta de casa uma lista de essenciais e sempre que saírem para a escola veja se as crianças têm tudo o que é necessário (inclusive, os sapatos calçados...). Trabalhos de casa? Check! Lancheira? Check! Chapéu para a visita de estudo? Check!Roupa para o dia das fotografias? "Ups... toma, leva lá a camisa na mochila e pede à professora para vestir antes do grande momento", mas pelo menos o mal está remediado. É especialmente útil para os dias de Educação Física, nos quais convém que as crianças tenham o fato de treino e os ténis com elas. Pode também listar os seus essenciais: chave do carro e de casa, óculos, pasta do computador, etc. A organização é a chave!