Um livro é sempre um bom presente! Miúdos e graúdos perdem-se nas palavras, reinventam mundos, aprendem com personagens nos quais se reconhecem ou se afastam, e, sobretudo... divertem-se! A Pumpkin traz algumas sugestões para todos os gostos e para todas as idades.

Para bebés dos 0 aos 2 anos.

Para crianças dos 3 aos 5 anos.

Para crianças dos 6 aos 12 anos.

Para crianças dos 13 aos 15 anos.

Para mães, pais e avós

Para bebés dos 0 aos 2 anos:

Pop-ups Cucu! As Cores.

Os emocionantes pop-ups estimulam a memória, a imaginação e a interacção entre pais e filhos. Brincar torna a aprendizagem divertida.

 

 

Galinha e Pintainho.

O bebé vai adorar estes livros de pano coloridos. Como pega, estes livros trazem um adorável animal chocalho que certamente despertará a atenção das crianças.

 

Canal Panda - Primeiros Livros

Estes 10 minilivros apresentam temas de grande interesse para as crianças, abordados de forma simples e cuidada, de fácil manuseamento para mãos pequeninas e repletos de cor. Uma boa aposta para as primeiras aprendizagens, acompanhados pelo simpático Panda, um dos personagens favoritos das crianças.

 

Para crianças dos 3 aos 5 anos:

O Principezinho Para os mais Pequeninos

A maravilhosa história do Principezinho, para partilhar com os mais pequeninos. Porque nunca é demasiado cedo para se deixar embalar pela poesia do Principezinho, ofereça uma primeira abordagem desta história intemporal. 

 

 

Nonô e o Bacio.

A Nonô está a crescer. Com as suas histórias amorosas e ternurentas, vamos descobrir como o crescimento é uma etapa divertida!

 

 

Até as Princesas dão Puns.

Afinal, ninguém é perfeito. A Branca de Neve, a Pequena Sereia e a Cinderela dão, como nós, puns! Mas vão continuar sempre lindas, claro! 

 

 

Para crianças dos 6 aos 12 anos:

O Diário de um Banana, Livro 11 - Tudo ou Nada

O Greg Heffley está sob uma pressão enorme. A única coisa em que ele parece ser realmente bom é em videojogos, mas a mãe quer que ele alargue os seus horizontes e faça mais alguma coisa - QUALQUER coisa! Quando o Greg encontra uma velha câmara de filmar, perdida na cave lá de casa, ele tem a certeza de que descobriu a forma ideal de, finalmente, mostrar a todos os seus grandes talentos escondidos. Com a ajuda do Rowley, o seu melhor amigo, o Greg inventa um plano para fazer um filme de terror e assim se tornar rico e famoso. Mas será que apostar apenas no filme é mesmo um plano inteligente ou será que os problemas do Greg vão aumentar ainda mais? De uma coisa podes ter a certeza: não há espaço para meio termo… é TUDO OU NADA!

Manual das 50 Aventuras Para Viver Antes dos 13 Anos

Corre, salta, escorrega, trepa, esconde-te, descobre, inventa, constrói, Pensa, escreve, sonha... Um Manual para 50 Aventuras, ou 50 Missões, só para os verdadeiramente destemidos. 

 

 

Natalossauro: O Dinossauro que Salvou o Natal. 

Um menino especial e um dinossauro vivem a história mais fantástica deste Natal! O Natalossauro é um livro sobre amizade, família, sinos, o Pai Natal, duendes cantores, renas voadoras, música e magia. É sobre a descoberta dos desejos mais secretos e aprender que o impossível pode tornar-se possível...

 

Eu Vou Sempre Gostar de Ti.

Esta é a história de um cão muito malcomportado que destrói tudo, persegue carros e não vai parar de fugir! Apesar dos constantes disparates, um dia, quando se encontra perdido e sozinho, descobre que poderá contar sempre com uma pessoa, o seu dono.

 

Para crianças dos 13 aos 15 anos:

O Clube dos Ténis Vermelhos - Livro 1.

Um livro sobre a amizade entre raparigas. Lúcia, Rita, Bia e Marta são amigas inseparáveis desde sempre e para sempre. Um dia Marta traz uma má notícias: ela e a família vão mudar de casa para Berlim! As quatro amigas decidem criar "O Clube dos Ténis Vermelhos", para ficarem juntas para sempre e provarem que a verdadeira amizade é mais forte que a distância. 

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada.

A oitava história. Dezanove anos depois. Baseada numa história original de J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne, "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" - a nova peça de teatro de Jack Torne -, cuja estreia mundial decorreu no West End em Londres no passado dia 30 de Julho, é a primeira história oficial de Harry Potter a ser apresentada em versão teatral. Foi sempre difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele se tornou num muito atarefado funcionário do Ministério da Magia, casado e pai de três crianças em idade escolar.Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar para trás, o seu filho mais novo, Albus, tem de se debater com o peso de um legado familiar que nunca desejou. Quando o passado e o presente se cruzam, pai e filho confrontam-se com uma desconfortável verdade: por vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

O Lar da Senhora Peregrine Para Crianças Peculiares.

Uma ilha misteriosa. Uma casa abandonada. Uma estranha coleção de fotografias peculiares.Uma terrível tragédia familiar leva Jacob, um jovem de dezasseis anos, a uma ilha remota na costa do País de Gales, onde encontra as ruínas do lar para crianças peculiares, criado pela senhora Peregrine.Ao explorar os quartos e corredores abandonados, apercebe-se de que as crianças do lar eram mais do que apenas peculiares; podiam também ser perigosas. É possível que tivessem sido mantidas enclausuradas numa ilha quase deserta por um bom motivo. E, por incrível que pareça, podem ainda estar vivas…Um romance arrepiante, ilustrado com fantasmagóricas fotografias vintage, que fará as delícias de adultos, jovens e todos aqueles que apreciam o suspense.

Eleonor & Park.

Dois inadaptados. Um amor extraordinário. Eleanor é uma miúda nova na escola, vinda de outra cidade. A sua vida familiar é um caos; sendo roliça e ruiva, e com a sua forma estranha de vestir, atrai a atenção de todos em seu redor, nem sempre pelos melhores motivos.Park é um rapaz meio coreano. Não é propriamente popular, mas vestido de negro e sempre isolado nos seus fones e livros, conseguiu tornar-se invisível. Tudo começa a mudar quando Park aceita que Eleanor se sente ao seu lado no autocarro da escola.A princípio nem sequer se falam, mas pouco a pouco nasce uma genuína relação de amizade e cumplicidade que mudará as suas vidas. E contra o mundo, o amor aparece. Porque o amor é um superpoder. 

Para mães, pais e avós:

O Livro de Magia das Mães.

Depois do sucesso de "Os Bebés Também Querem Dormir", o novo livro de Constança Cordeiro vem falar das mães e das suas necessidades:- Como as mães podem e devem continuar a cuidar delas, enquanto cuidam do bebé- aAs principais decisões e dilemas que envolvem o processo da gravidez, o pós parto, a amamentação, o sono, a relação com a família e a gestão do dia-a-dia com um bebé nos primeiros 2 anos- Conselhos práticos e estratégias para que a maternidade seja uma aventura vivida em paz e harmonia como bebé- Histórias reais de mães, que falam da maternidade tal como ela é.

Pais à Maneira Dinamarquesa.

O que faz da Dinamarca o país mais feliz do mundo? E quais são os segredos dos pais dinamarqueses para criarem crianças bem-sucedidas, confiantes e felizes? Este guia optimista e prático reúne as ideias de uma psicoterapeuta e de uma mãe — uma dinamarquesa e uma americana casada com um dinamarquês, respectivamente — sobre os hábitos das famílias mais felizes na Terra. O livro oferece conselhos sobre como incentivar jogos livres, potenciar a autenticidade e a confiança, fomentar a empatia, enfatizar o trabalho em equipa sobre as lutas de poder e celebrar a união. 

Nós os Pais

Os pais mudaram. Eles gozam licença de paternidade, mudam fraldas, cantam canções de embalar (e conseguem mesmo adormecer os filhos), levam e vão buscar as crianças à escola, vão ao pediatra e conseguem não errar a medida certa do medicamento. No entanto, há um senão nesta nova paternidade: é que as mães continuam as mesmas mães de sempre. E entre um pai e um filho há sempre uma mãe com instinto maternal, dores de parto e uma certeza absoluta sobre aquilo que é melhor para o seu filho. Como é ser um novo pai apesar das mães? Como é que se consegue autonomia se elas continuam as mesmas mães-galinha de sempre? Seis pais falam do que fizeram, fazem e querem fazer na relação com os filhos. Falam do papel das mães nesta relação e na importância de cada um na vida dos filhos. Um livro que todos os pais e mães devem ler.

O Grande Livro do Bebé: O Primeiro Ano de Vida.

O nascimento de um filho é um momento único na vida dos pais. Chegados a casa, inicia-se uma fantástica aventura onde todas as horas, noites, dias, semanas, meses, contam. O primeiro ano de vida é longo, repleto de dúvidas, perguntas, inquietações e momentos críticos. Estes doze meses intensos são fundamentais para a personalidade e o desenvolvimento do vosso filho. Infelizmente, ou felizmente, o vosso bebé não vem com «manual de instruções». O autor foca todas as necessidades fundamentais do bebé - alimentação, sono, desenvolvimento, saúde e conforto - que são objecto de grande preocupação por parte dos pais. 

Mãe, Quero Mais!

Receitas saudáveis, saborosas e sem açúcar para bebés e crianças. Um conjunto de receitas fáceis e apetitosas que preparam as crianças para uma vida inteira de saúde. Esqueça os refogados, as sobremesas cheias de açúcar, as sopas sem paladar e os legumes no canto do prato. Este é o livro que vai aproximar as crianças da comida saudável e fazer da hora das refeições um momento único de prazer e diversão para toda a família.

Querida Mãe.

As mães sabem coisas que ninguém mais sabe. Parece que têm apenas cinco sentidos, mas não. Porque os olhos das mães têm superpoderes, atravessam paredes e veem os disparates dos filhos ainda antes de eles pensarem sequer em fazê-los. Ouvem também sons impossíveis, como o silêncio, que nunca é bom sinal. Do olfato não se fala, porque ao nariz de mãe não escapa nada. Tão depressa descobre a t-shirt enrolada atrás do sofá, como deteta o cheiro da malandrice iminente, ou, quem sabe, do mouro que se avizinha na costa. Paladar de mãe também é único, e não estamos a falar da comidinha especial nos dias de mimo (ou de doença). Só elas conhecem o sabor secreto dos filhos, e no sal das lágrimas adivinham logo o que mais nelas se esconde. E não vamos falar do tacto. Dedos de mãe lêem sempre em braille todas as emoções dos filhos, mesmo quando eles, convencidos de que são “crescidos”, recusam o cafuné. As mães têm tudo, mas às vezes esquecem-se. Teimam em ser melhores ainda do que as mães delas. E desafiam Deus, quando procuram estar em todo o lado ao mesmo tempo. E roídas pelo remorso, acham sempre que podiam ter feito melhor! "Querida Mãe" é uma espécie de carta de Eduardo Sá para as mães. Para lhes lembrar (com muito jeitinho) que elas não têm (mesmo) de ser perfeitas. Podem arriscar e errar um pouco mais. E ainda assim – fiquem descansadas – nunca andarão muito longe da perfeição.

Histórias para os Avós Lerem aos Netos - Livro 2

Depois do enorme sucesso de Histórias Para os Avós Lerem aos Netos 1, chegam mais histórias testadas em netos de carne e osso. Estas são histórias inspiradas em episódios da vida real, em que a semelhança com a realidade de avós e netos não é pura coincidência. Têm birras e dentes a abanar, medo do desconhecido e do escuro, meninas que não querem tomar banho, meninos que fogem da escola e, claro, manas do meio esmigalhadas entre os irmãos. Histórias cheias de magia, de magia verdadeira, porque os avós sabem que os netos vão precisar delas para serem felizes. Histórias "verdes", com monstros vegetarianos e gente que tem árvores em vez de dedos — o que só incomoda no Outono, quando as folhas começam a cair —, e cheias de propostas de descoberta, a aplicar em netos perto de si: onde vivem as formigas, quantas patas têm os insectos, por que é que algumas ovelhas têm asas? Mas, acima de tudo, são histórias para a voz dos avós. Pontos de partida para tantas outras, pretexto para momentos especiais em que, por um bocadinho, os pais não podem entram. 


As Pérolas das Nossas Crianças

Todos nós, pais, avós e tios, somos apanhados desprevenidos por aquelas frases das nossas crianças que nos fazem rir à gargalhada, que nos deixam de boca aberta e que, em alguns casos, nos causam embaraço. Contudo, na maior parte das vezes, deixam-nos emocionados pela ternura, pela inocência ou pela forma absolutamente surpreendente como as crianças veem o mundo. Infelizmente, não anotamos a maior parte dessas «pérolas» dos nossos filhos e o tempo passa e acabamos por nos esquecer delas. Neste livro, vai poder registar todas essas frases e guardá-las como verdadeiros tesouros!