O livro "Petalassónia" é inspirado pela história de uma verdadeira (agora já adulta) menina Sonia, uma doente renal que continua a sua batalha pela vida, e cuja história Anastasiia Volkhovska quis compartilhar. O livro é ilustrado por Yana Fefelova. Todos os lucros desta campanha serão doados à Operação Nariz Vermelho, que ilumina os dias de crianças, cada um com a sua própria batalha em hospitais portugueses, com a ajuda de Doutores Palhaços profissionais.

Sobre a Sónia e o livro Petalassónia.

Chamo-me Sónia, tenho 36 anos, sou Designer, adoro crianças, amo o meu marido, a minha família, os meus amigos… e o meu grande sonho… é ser feliz! Seria uma menina igual a tantas outras não fosse uma pequena diferença… a minha doença. Desde os meus 6 anos que vivo com uma insuficiência renal, ou seja os meus rins não funcionam bem. Já passei por momentos em que estive muito doente e por outros em que me sentia uma menina normal… mas a verdade é que sempre adoeci muito facilmente. Passei muito tempo no hospital mas isso não me impediu de brincar ou de ir à escola. Nem sempre a vida corre como gostaríamos e por vezes  parece mesmo que o mundo está contra nós. Parece, mas não está! Nessas alturas é importante pensarmos em tudo o que temos de bom  na nossa vida... como a nossa família e os nossos amigos. Temos de aprender a viver com o que temos e a aceitar que temos algumas limitações. O importante é nunca desistir e lutar sempre por aquilo que queremos! Temos de acreditar que tudo é possível e que podemos, e devemos, ser felizes!

Como é que pode ajudar? 

Contribuindo na campanha de angariação de fundos levado a cabo para o lançamento de Petalassónia. Pode, para isso, adquirir:

  • A cópia digital do livro (5€); 

  • Um conjunto de postais com ilustrações do livro (10€);

  • Um livro de capa dura, numa língua à sua escolha - inglês, português ou russo. (18€)

  • 2 por 1! Um livro para si e outro para oferecer. (32€)

  • Ilustrações originais do livro. (100€)

Por cada livro comprado, é doado 1€. 

Para mais informações e para contribuir com esta causa, visite o site da campanha Petalassónia. Pode ler um excerto da história aqui